SinopseA autora do best-seller Entre o agora e o nunca traz uma história de paixão e sobrevivência...

“— Sarai, escute com atenção — diz ele. — Se escolher ir comigo, saiba que pode morrer. Vou fazer todo o possível para manter você a salvo, mas isso não é uma garantia. Por mais que você confie em mim, nunca, sob qualquer circunstância, deve confiar totalmente em alguém. No final, você só pode confiar em si mesma. Eu não sou seu herói. Não sou sua alma gêmea que jamais deixará que algo de ruim lhe aconteça. Sempre confie em seus instintos primeiro e em mim por último.”
Sarai sempre quis ser livre — e agora não consegue deixá-lo.
Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro.
Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar.
Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.
Em A morte de Sarai, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.




Minha opiniãoA Morte de Sarai – Na companhia de Assassinos é o primeiro livro de uma série que promete muitos suspiros e a adrenalina lá em cima! A tensão por suas páginas é intensa e transborda atingindo o leitor em cheio!
Sarai é mantida cativa há nove anos em uma fortaleza regida por um criminoso que trafica drogas e mulheres. Ela foi levada até ali por sua mãe que era uma viciada em drogas e se envolveu com Javier. Porém o interesse genuíno de Javier sempre foi Sarai e não sua mãe. Com isso logo ele a tomou para si, fazendo dela submissa aos seus caprichos sexuais e moldando-a conforme suas necessidades; chegando a exibi-la em eventos privados com outros corruptos mafiosos. Ela não gosta da forma como vive e sonha em ser livre, mas sempre cedeu aos desejos de Javier, como instinto de sobrevivência e com isso viu tantas outras garotas como ela serem mortas, estupradas, espancadas, vendidas; sem que fizesse nada para ajuda-las. Ela possui uma amiga, Lydia que foi raptada e levada para a fortaleza a mais ou menos um ano e desde então dividem um quartinho imundo na fortaleza. Apesar de ninguém ter permissão para tocar em Sarai, o irmão de Javier tenta estupra-la e só por ser seu irmão não é morto, mas é capado, como lição!
Sarai sonha com a liberdade e há anos traça um plano de fuga para quando for o momento certo e isso parece acontecer quando um americano surge na fortaleza para negociar um serviço com Javier. Na verdade não um americano qualquer; um assassino que dá arrepios. Mas mesmo assim, Sarai de alguma forma acredita que ele pode ser o passaporte para sua liberdade e segue com seu plano indo para o carro do mesmo e se escondendo ali para que possa se ver livre de todo esse tormento! Não antes de tentar levar Lydia consigo e de prometer, após a mesma não ter coragem de fugir, que um dia irá acabar com seu sofrimento!
A partir desse momento quem pensa que as coisas serão fáceis, está enganado, pois Sarai estará ainda mais perdida na companhia de um assassino frio cujas atitudes são imprevisíveis!
Por outro lado, mesmo Victor sendo um assassino, algo se dobra nele quando acontece Sarai em sua vida! E a partir daí ambos irão viver um jogo perigoso de fuga, tensão, paixão e muita adrenalina! 
A história é de leitura rápida e toda a situação incomum do casal apenas torna tudo ainda mais interessante! O perigo, a adrenalina o proibido.. Serem caçados, tudo faz com que devoremos cada página com necessidade ávida para saber o que vem a seguir!

4 Comentários

  1. Hey!
    História é o que não falta em "A morte de Sarai". Quan do vi a capa, imaginava um romance erótico. Vendo a capa + o título, imaginei um romance erótico com alguma morte huihahuih Por isso, me surpreendi, ao ler a sinopse e a resenha, que não se tratava disso. Só que, a sinopse não é muito específica na questão de Sarai se apaixonar por Victor, pois da forma que foi exposto na mesma, parece que ela desiste da liberdade por se apaixonar por Victor. Lendo sua resenha, dá para ver que não foi bem assim. Autores e editoras têm que tomar cuidado ao escrever uma sinopse, pois é ela quem "vende" o livro e, uma frase dando a entender algo diferente do que se quer passar, pode acabar com as chances de um ou mais leitores não comprarem o livro. Contudo, a história é bem pesada. Assistindo a um filme que retrata uma história parecida eu já me sinto mal, pensa só eu imaginando as cenas... Ai. Bom, espero que quem leia, goste. Se algum dia eu lê-lo, espero gostar.

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Qunado li a sinopse desse livro pela primeira vez não fiquei com muita vontade de ler, os temas são bem pesados e achei que seria um livro violento demais, mas li algumas resenhas e os comentários são tão positivos que estou a cada dia mais curiosa sobre a história. A morte de Sarai é diferente de tudo o que já li, mas acho que vou gostar da história.. Mesmo assim ainda acho essa capa muito tensa!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Bem, esse livro tem dado o que falar...
    O que sei é que acho bem interessante poder fazer essa leitura e quem sabe acompanhar a série.
    Sarai passa por momentos bem complicados na vida e ainda se apaixonar por Victor com quem não terá nenhum futuro, é demais.
    Quero só ver o que via dar...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Desde que vi a capa desse livro já fiquei curiosa sobre a historia, ao ler a resenha o livro me pareceu bem tenso já tinha ouvido falar e fiquei meio confusa com o livro principalmente pelos personagens fiquei sem entender direito o papel do Victor no decorrer da historia mas depois que fui lendo a resenha fiquei meio surpresa de a autora seguir com um romance pois imagina o livro meio diferente mas no final achei fantástico o romance criado em uma situação tão incomum, espero muitas cenas de ação e perseguição ao longo do livro !!!!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.