Sinopse -  "Os olhos de Jack estavam mais negros, até mesmo mais intensos, do que ela se lembrava conforme ele caminhava em sua direção. Ela se esforçou para suas pernas não tremerem, e para não sair correndo direto para os braços dele."
Para Mary Sullivan, reunir-se com os oito filhos, genros, noras e netos no chalé do Lago Tahoe é sempre um motivo de alegria. Cada um dos objetos que decoram a casa traz consigo um turbilhão de lembranças, todas elas guardadas com muito carinho em seu coração.
Ao acender a lareira em mais uma noite de inverno, Mary imediatamente volta aos dias do início do seu tórrido romance com Jack, vivenciando novamente o amor que mudaria a sua vida para sempre.





Minha resenha - Ah, o que falar da história da Mary e do Jack? Antes de começar a falar do livro, vou deixar bem claro que sou suspeita e um pouco imparcial, pois amo a família Sullivan!!! 
Então, falar da mãe desses rapazes de tirarem o fôlego sem elogiá-la é impossível!

Mary está se preparando para o natal no chalé do Lago Tahoe, colocando os enfeites feitos por seus filhos na árvore de natal e relembrando os doces momentos da infância deles. Quando chega o momento de colocar o enfeite de Jack, o livro volta ao passado, e conta como os dois se conheceram.

Mary era uma famosa modelo que estava pensando em se aposentar e Jack e seus dois amigos, são inventores que acreditam no produto que criaram: a agenda eletrônica. Só que os compradores da ideia querem que eles inventem um plano de marketing, já que estão perto do natal e as lojas precisam ter público interessado para adquirir as agendas.
O destino está a favor de Jack quando ele observa uma sessão fotográfica em um local público e fica hipnotizado pela Mary.
Mary, apesar de cautelosa com relacionamentos, sente uma atração imediata pelo Jack, e quando ele vai até ela conversar, ela aceita.

Jack é um cavalheiro sexy, inteligente e de tirar o fôlego. Após conhecer a sua história, dá para entender de onde surgiu a intensidade dos filhos. Mary é doce, mas também tem um gênio forte e tudo que quer é ser amada, o que explica o lado meigo de sua prole.
O livro é repleto de amor. Todas as cenas dos dois tem esse sentimento pairando no ar. É emocionante!

5 Comentários

  1. Carol!
    Para mim é o melhor livro de toda a série, porque fala da origem do amor entre os pais dos garotos mais sexy dos livros.
    Adorei!
    Muita luz e paz! E um domingo esplendoroso!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Como eu não acompanhei os outros livros da série, acho que nem faria muito sentido ler esse, mas o romance parece ser bonito. Gostei da ideia da autora de contar a história dos pais dos protagonistas dos outros livros.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Não sabia que tinha um livro com os pais dos Sullivan achei maravilhosa essa ideia e com certeza tinha que ter um espaço para nos mostrar como seus pais se conheceram espero que os Sullivan tenham puxando muitas características dos seus pais !!!

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhhhhhhh! Adorei! *-* Os dois parecem mesmo se completar e eu não li nada na resenha e nem na sinopse que me incomodasse com o livro. Os dois se encaixam de uma forma que eu não li em nenhuma outra resenha. Já senti uma química muito forte. Espero que no livro seja assim mesmo e não só impressão minha.

    Abs

    ResponderExcluir
  5. Interessante a autora contar a história dos pais deles, eu confesso que não chego a amar Os Sullivans mas eu gosto deles haha

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.