Batida do Coração - Após anos de relacionamentos ruins e um noivo infiel, Mia Martinelii, de vinte e oito anos, prefere curar o coração de seus pacientes, em vez de correr o risco de ter seu coração partido novamente. Mas tudo isso cai por terra quando, ao cuidar do encarregado dos roadies da Runaway Train, coloca em sua vida o baterista e amante latino, AJ Resendiz.
Depois de um fim de semana de paixão ardente, a intenção de Mia de não machucar seu coração é colocada à prova pelo mulherengo de senso de humor malicioso, principalmente quando ele insiste em continuar a vê-la.
Porém quando ela se depara com a dura realidade da enorme quantidade de admiradoras de AJ, suas inseguranças chegam ao limite e Mia deixa AJ algemado no chuveiro.
AJ nunca imaginou que depois de duas semanas do melhor sexo com a melhor companhia possível, ele teria que ser resgatado por seus colegas de banda algemado dentro de um banheiro.
Embora ele tente esquecer a morena sensual, cujas curvas o faziam salivar, AJ não consegue tirá-la da mente e... do coração.
Meses depois quando ele finalmente procura Mia para descobrir por que ela foi embora, nada poderia prepará-lo para o reencontro que mudaria sua vida.
Poderia AJ provar a Mia que, apesar de todas as mulheres que ele teve, seu corpo e seu coração pertence apenas a ela?


O segundo livro da série Runaway Train traz AJ como protagonista. AJ é o cara brincalhão, que sabe muito bem conquistar uma mulher não apenas com o seu físico irresistível, mas também com palavras. Criado em uma família latina tradicional, AJ sabe muito bem a importância de se respeitar e cortejar uma mulher.

Mia é de uma família italiana, e tem uma personalidade forte e é extremamente teimosa. Às vezes seu temperamento leva a melhor, pois acaba agindo impulsivamente, mas é teimosa demais para voltar atrás e se desculpar. O seu último relacionamento não terminou bem, e tudo o que Mia quer é distância de homens mulherengos e extremamente sensuais.

O destino resolve juntar esses dois personagens tão diferentes em um primeiro encontro hilário. Sinceramente, foi uma das melhores cenas do livro, pois é capaz de arrancar gargalhadas do leitor. 


"- Puta merda, cara! Não acredito no que ela disse para você - exclamou Rhys, enxugando as lágrimas dos olhos.
Fiquei um instante olhando para a porta fechada antes que um sorriso se espalhasse por meu rosto.
- Aquela, senhores, é a futura Sra. Resendiz." (p. 31)


A química entre os dois é mais do que presente, porém alguns obstáculos irão surgir no caminho do casal. O fato de AJ ser uma pessoa pública, rodeado de groupies não facilita a construção da confiança entre os dois e Mia, uma mulher que já desconfia dos homens, não vai ter um caminho fácil para aceitar algumas situações.

Dos protagonistas, sem dúvida o AJ é o favorito. Ele é descontraído, engraçado e sabe muito bem encantar. É um personagem carismático ao extremo e repleto de boas intenções. Diferentemente do Jake Slater, ele não realiza nada com o objetivo de magoar a Mia.

A teimosia de Mia em alguns momentos a torna chata. Em algumas cenas é cheia de mimimi e isso irrita o leitor.

Até o momento, o segundo livro é o meu preferido!

Confiram a resenha de Música do Coração - Livro 01 - aqui







4 Comentários

  1. Nouuusssa já estou desenvolvendo um amor platônico pelo A J kkkkk mas também com tudo que você disse tem nem como se apaixonar. Eu já tinha ouvido falar da série, mas nunca tinha lido resenha nenhuma a respeito e fiquei encantada com a sua. Este já é um dos que mais quero ler.

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Nem sabia que o segundo livro tinha sido lançado... Acho que iria gostar bastante do AJ e sinceramente estou tentada a ler só o segundo livro por causa dele rs
    A história perece ser bem leve e divertida!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Karini!
    Já me identifiquei com Mia, por ter origem italiana, pela teimosia (embora não chegue a ser chata como ela) e por ter a personalidade forte.
    Bom quando o casal tem empatia.
    A capa está sexy!
    “Os homens não desejam aquilo que fazem, mas os objetivos que os levam a fazer aquilo que fazem.”(Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Karini.
    Confesso que estou meio de saco cheio de livros com protagonistas irritantes e cheias de mimimi!
    Acho que vou me acalmar primeiro antes de tentar ler essa série! hehehehe
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.