Sinopse - Jéssica, uma mulher madura,dona de casa e obesa, resolve tomar as rédeas de sua vida e algumas atitudes. Mudar seu corpo e deixar seu marido.  Na academia conhece Patrick, lindo e carinhoso, que sonhava com ela desde sua adolescência. Em suas aulas (e entre elas) eles se veem presos a uma atração selvagem, que os impedem de manter as mãos longe do outro. Traição, amor, romance e sexo apimentam essa história deliciosa! 

ESSE LIVRO É RECOMENDADO PARA MAIORES DE 18 ANOS.



Os livros adultos existem no mercado desde sempre, apesar de terem ganho destaque recentemente. Na maioria dos casos, são histórias recheadas de clichês e muitos dizem "se eu li um, já sei a história de todos". Mas, de vez em quando, surge um livro que atrai imediatamente o leitor, pela construção dos personagens. E foi o que aconteceu durante a leitura de "Calor Latente".

A história é narrada em primeira pessoa por Jéssica e Patrick (ou Rick). Jéssica é uma mulher de 37 anos, dona de casa, casada, mãe dos gêmeos de 18 anos Camille e Erik e é desvalorizada pelo marido. Ela tem seus receios com sua aparência, já que está acima do peso e não se sente sensual e esses receios são exacerbados quando descobre as atividades extracurriculares do marido. 

Sentindo-se traída e magoada, ela tem um novo objetivo de vida: cuidar de si mesma. Sem contar a ninguém, começa a frequentar a academia Swanson Fitness Club, com a intenção de ficar mais saudável e sensual. Conforme ela vai readquirindo a confiança, os homens ao seu redor começam a notá-la, mas apenas um desperta arrepios: Patrick Swanson ou Rick, como é chamado pelos amigos. Um homem de 39 anos, bonito, inteligente e que adora o fato da Jess ser cheia de curvas!Ele é tão doce e carinhoso, que se torna irresistível para qualquer mulher.

O fato dos personagens serem mais maduros e não ficarem de joguinho um com o outro é extremamente agradável de se ler. Rick sabe o que quer, mas respeita os limites de Jess, que quer fazer tudo da maneira mais correta possível. 

A interação não é apenas sexual, existe companheirismo, amizade e até um certo clima familiar entre os personagens, o que torna a leitura prazerosa. 

Os protagonistas são cativantes. Tanto Jess como Rick e até mesmo Camille e Erik tem personalidades marcantes. São inteligentes, engraçados e carismáticos.

A escrita da autora também cativa. Ela oscila entre a sensualidade e a agilidade, fazendo com que as cenas à dois não se tornem vulgares. A trama poderia ter sido um pouco mais desenvolvida. Houve certos momentos em que tive a impressão de que tudo acontecia rápido demais e o final foi um pouco exagerado. 

Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um bom trabalho. Existem alguns errinhos (como por exemplo na página 187), principalmente de pontuação. A capa é bonita mas não condiz com o enredo.

"Hoje eu sei o que é ser cuidada e amada. Sei qual a sensação de amar alguém e me sentir completa perto dessa pessoa". (p.111) 



5 Comentários

  1. Esse livro foge um pouquinho da mesmice de outros do gênero, gostei.
    Não é muito fácil encontrar livros com protagonistas mais "maduros", geralmente são mais jovens e acaba ficando chato com tanto blá blá blá...
    Gostei desse livro, vai estar na minha lista de desejados

    ResponderExcluir
  2. Eu leio bem pouco livros mais hot..rs. Não que tenha problema com as cenas, mas eu gosto quando tem uma historia e quase nunca esta historia é bem trabalhada e isto me cansa rs.
    Não sei se vou ler o livro, parece que a historia é pouco rasa e dai não vai funcionar comigo rs.
    A capa é muito simples, uma pena pois capa infelizmente vende livro, e eu gosto muito delas e esta não curti.
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo hots ha, ha. Meu primeiro livro neste estilo que li era da harlequin e desde então leio sempre que posso e apesar de ter odiado esta capa amei saber que a história é maravilhosa (pelo menos é o que parece) e fiquei realmente bem interessada pela obra. Viva o talento nacional.

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não costumo ler hots, apesar de gostar de um bom romance histórico, então não fiquei muto interessada por essa leitura... Mesmo assim é bom saber que existem livros que fogem da mesmice do gênero, só não gostei muito dessa capa...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Carol!
    Muito bom ver um livro que foge aos romances adolescentes.
    Um romance mais maduro e cheio de conflitos é atrativo a leitura e fiquei com vontade de apreciar a leitura, porque adoro os romances polêmicos e que fogem ao comum, como é o caso aqui.
    “Os homens não desejam aquilo que fazem, mas os objetivos que os levam a fazer aquilo que fazem.”(Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.