SinopseMaya continua sua série de suspense Slow Burn com este livro. Uma história com uma heroína em perigo e o herói alfa sexy que deve salvá-la. Abandonada ainda bebê na porta de um casal rico e crescendo em um mundo de privilégios, Aria não tem nenhum indício de seu passado ou quem são seus pais biológicos. Sua única ligação encontra-se em uma coisa que a distingue de todos os outros: seus poderes telecinéticos. Protegida por seus pais adotivos e vivendo em reclusão para manter seu dom em segredo, Ari é rodeada de segurança e proteção. Isto é, até que alguém começa a ameaçar sua vida. Para Beau Devereaux pessoas com dons não é algo estranho. Como chefe da Segurança Deveraux, ele é mais do que familiarizado com a existência de poderes psíquicos. O que Beau não está preparado é para a forte atração que sente por sua cliente. O que começou como uma tarefa simples, rapidamente se transforma em algo pessoal. Beau descobre que ele vai fazer alguma coisa para proteger Ari. Mesmo que isso lhe custe a vida. (sinopse provisória)

Bom dia Leitores do Acordei com Vontade de Ler. Como vocês devem ter percebido pela sinopse e pela capa, o segundo livro da trilogia Slow Burn ainda não foi lançado no Brasil. Porém, para a alegria dos nossos leitores (e a minha), recebemos uma prova adiantada para conhecer a história de Beau e Aria.
O título em português já foi divulgado e será "Salve-me", porém a capa e a sinopse ainda são um mistério.
Vamos conhecer a história desses protagonistas?

A história é narrada em terceira pessoa e inicialmente é focada no casal Gavin Rochester e Ginger. Gavin é obviamente apaixonado pela esposa e quer fazer de tudo para mantê-la feliz, custe o que custar. Infelizmente, nem sempre ser alguém rico garante a felicidade. O que Ginger mais quer é ter uma família, mas ela sofre inúmeros abortos e Gavin percebe que a esposa está perdendo a sua alegria. A primeira impressão que temos desse casal é que eles são perdidamente apaixonados e financeiramente abastados. Conforme avançamos nas páginas, observamos que Gavin tem uma vida não totalmente legal. Aparentemente, ele comanda alguns negócios que não são bem vistos pelos olhos da lei. Mas o que realmente importa durante a trama, é seu instinto protetor em relação à família.
Em uma noite extremamente fria, uma linda bebê é deixada na porta (diga-se de passagem, porta essa fortemente protegida) com um bilhete pedindo para que a protegessem e a amassem. Foi como se todos os desejos desse casal fossem atendidos. Alguns meses se passam e os três formam a família perfeita, até Aria dar sinais de que possui um dom. Então Gavin faz de tudo para protegê-la.
Avançamos na história e Aria já é uma mulher, que dá aulas de inglês em uma escola particular, até que um incidente a expõe. Após esse incidente, sua vida muda completamente. Seus pais são sequestrados e ela precisa de ajuda e vai parar na empresa da família Devereaux, onde terá seu primeiro contato com Beau.

Os personagens: Mesmo que o foco da história seja Beau e Aria, inúmeros personagens roubam as cenas em suas aparições. Começando por Gavin e Ingrid, os pais da protagonista. É tocante observar o relacionamento deles e a forma como Gavin, um homem durão e perigoso, é totalmente controlado pela esposa ingrid. Não é um controle propriamente dito, mas sim, uma vontade arrebatadora de fazer todas os desejos dela. É muito fofo de ler.
Do primeiro livro, temos o retorno de Dane Elliot e Eliza Cummings, o chefe de segurança da empresa e sua parceira. Os dois tem um papel significativo na proteção de Aria. Temos também o retorno de Caleb e Ramie (o casal do primeiro livro). Esse retorno é marcado por conflitos, mas também por um forte sentimento de amor fraternal. Quem não aparece nesse livro e são apenas citados são Tori e Quinn, irmãos de Beau e Caleb. Sua ausência foi sentida, principalmente após algumas revelações no primeiro livro, mas espera-se que no final da trilogia, ambos tenham um final interessante.
O que falar dos protagonistas? Aria cresceu em uma gaiola de ouro. Sentindo-se anormal por conta de seu dom e sendo mantida praticamente em reclusão pela família, ela possui uma inocência em relação a forma de analisar o mundo. É uma jovem carinhosa, um pouco frágil, mas capaz de abdicar de tudo por aqueles que ama, inclusive a própria vida. 
Beau é o prático da família. Aquele que vê um problema e já tem a solução. Não é de sorrir muito e suas interações geralmente são desprovidas de humor, até o momento em que conhece Aria. Algo na jovem mexe muito com ele desde o início, mesmo ele tentando lutar ao máximo com os sentimentos. É leal, honrado e honesto, mesmo que isso cause dor aqueles que ama. 
Um novo personagem aparece no livro e aparentemente tem um passado envolto com alguém com habilidades: Zack. Zack trabalha na empresa de segurança e tem uma personalidade parecida com a de Beau: é prático e direto, mas também tem certo tormento em seu olhar por conta do passado.

Enredo/ Trama/ Narrativa e História: A história é muito envolvente. A autora conseguiu mesclar o passado da família de Aria com a família Deveroux e também amarrou o enredo com a parte investigativa. Dessa forma o enredo é coeso e demonstra que existe mais mistérios a serem desvendados no terceiro livro. Como mencionado anteriormente, a narrativa é realizada em terceira pessoa, dando uma maior agilidade ao texto. Como no primeiro livro, existem cenas adultas com linguajar explícito, porém eu não classificaria o livro como um livro adulto, pois as cenas são espaçadas e não exageradas, combinando com o momento em que acontecem.

A escrita da autora: A autora Maya Banks tem uma escrita fluida e gostosa de se ler. Não é a toa que faz tanto sucesso! 

Revisão/ Diagramação/Layout e Capa: Como a leitura ocorreu em cima da prova do livro, não foi possível avaliar esses tópicos.


"Salve-me" é um livro sexy e instigante. Tem um lado investigativo que desperta atenção, assim como o romance entre os protagonistas, mas também fala de família e do que somos capazes de fazer para mantê-los a salvo.


Confiram a resenha do primeiro livro da trilogia: Proteja-me


8 Comentários

  1. Carolina!
    Uauuuuuuuuu!
    Fiquei totalmente envolvida pela resenha (adorei as letras azuis).
    Curiosa em saber quais são os poderes de Aria, por curtir o grande amor entre os pais dela e acabar desvendando todos os mistérios do enredo.
    “Nem sempre terás o que desejas, mas enquanto estiveres ajudando aos outros encontrarás os recursos de que precisas.”(Chico Xavier)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. Olá Adorei a resenha!
    Gosto da autora, mas confesso que não curto mto essas histórias paranormais.
    De qualquer forma vou ficar atenta ao lançamento!
    Beijos
    Isadora

    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol!
    Gostei da sinopse e da sua resenha, mas ainda não li o primeiro livro da trilogia e na verdade não sei se vou ler, até porque tenho certa implicância com livros hot. Mesmo assim fiquei curiosa sobre esse dom misterioso da Aria.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ei..esse nao hot..tb pensei..isso..mas as cenas de sexo sao tranquilas

      Excluir
  4. Oiiiiiii, tudo bom?
    Eu ainda não tinha ouvido falar do livro, ele parece ser muito bom, gostei muito do enredo dele, não li nada da Maya, mas tenho muita vontade de conhecer a escrita dessa autora, estou curiosa para começar a ler a trilogia.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  5. gostei da resenha, nao li nada da autora ainda mas ouvir dizer que os livros dela sao bem legais, fiquei interessada em ler.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha!
    Já tinha visto comentários sobre este livro, mais ainda não tinha lido resenhas se não me engano, mas em fim, amei sua resenha e preciso ler esse livro, adoro um suspense, adoro livros que tenham personagens com poderes como este, e pretendo ler o livro.

    ResponderExcluir
  7. Que história intensa,o amor dos dois é tão bonito e envolvente.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.