SinopsePara trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

A sinopse explica muito bem a história geral do livro. America Singer é uma jovem de vinte anos que mora com os pais e está apaixonada por Aspen, um rapaz que está em uma casta diferente da sua. Apesar de ambos saberem que é impossível ter um relacionamento duradouro, eles não querem desistir. Os dois tem encontros às escondidas, e tudo vai indo bem na medida do possível, até que America recebe uma carta, que explica que ela está apta a se candidatar para A Seleção. Existem algumas vantagens em se inscrever, como um incentivo financeiro para a família (que é mais do que bem vindo, pois America é da casta dos artistas). Após grande reflexão, America acaba se inscrevendo. 

A história é narrada em primeira pessoa por America e sua percepção sobre a realeza é de que não passam de pessoas esnobes e sem noção, e o príncipe Maxon é o total oposto disso.
Maxon é fofo, inteligente e gentil. Existe uma áurea de príncipe encantado nele que é charmosa e ganha os leitores. America por sua vez, nesse primeiro livro, é um pouco chatinha com suas indecisões. De vez em quando dá vontade de chacoalhar a protagonista.
É um faz de conta moderno, cheio de inveja, armações e triângulo amoroso.
Um dos detalhes desse livro que vale a pena ressaltar é a escrita da autora. Com um vocabulário rico, diálogos bem construídos e descrições ricas.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. A capa é magnífica. 

Avaliação do skoob: 3/5



Sinopse - Antes que trinta e cinco garotas fossem escolhidas para participar da Seleção… Antes que Aspen partisse o coração de America… Havia outra garota na vida do príncipe Maxon. Conto inédito e gratuito, O Príncipe não só proporciona um vislumbre dos pensamentos de Maxon nas semanas que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Você descobrirá como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam ao palácio. É uma leitura indispensável a todos que terminaram A Seleção e ficaram querendo mais! Ao final, contém os dois primeiros capítulos de A Elite, segundo volume da trilogia.




Após ler "A Seleção", havia sentido falta de ter a perspectiva do Maxon sobre os acontecimentos. Quando foi disponibilizado o conto, não perdi tempo para iniciar a leitura. Primeiramente, vale a pena ressaltas, que é um conto, por isso, ficamos com um gostinho de quero mais.
Observamos um pouco a vida de Maxon antes da Seleção começar. Sua relação com o próprio pai, o rei, que o acha sentimental demais e muitas vezes é condescendente com as necessidades de Maxon. 
Também temos as primeiras impressões de Maxon sobre as selecionadas e uma breve espiada sobre outra garota.
Em relação à revisão e diagramação, foi realizado um ótimo trabalho. A capa combina com a série, mas por se tratar da perspectiva de Maxon, esperava algo menos delicado.

Avaliação do skoob: 4/5




Sinopse A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Só uma se casará com o príncipe Maxon e será coroada princesa de Illéa. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Quando ela está com Maxon, é arrebatada por esse novo romance de tirar o fôlego, e não consegue se imaginar com mais ninguém. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto, dominada pelas memórias da vida que eles planejavam ter juntos. America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher. E justo quando America tem certeza de que fez sua escolha, uma perda devastadora faz com que suas dúvidas retornem. E enquanto ela está se esforçando para decidir seu futuro, rebeldes violentos, determinados a derrubar a monarquia, estão se fortalecendo — e seus planos podem destruir as chances de qualquer final feliz.



Sabe quando você está extremamente frustrada com um personagem, mas de alguma forma não consegue largar o livro até chegar ao final? 

America é o perfeito exemplo disso. Desde o primeiro livro, Maxon fez tudo para agradá-la e atendeu a todos os seus pedidos. E ainda assim, America continua indecisa. Com Aspen trabalhando como guarda no palácio, a protagonista em uma página está apaixonada pelo Aspen e na seguinte pelo Maxon. Mas se engana quem acredita que Maxon, mesmo sendo honrado e certinho, vá ficar quieto. Enquanto America pisa na bola com Maxon, existem outras garotas muito interessadas no príncipe e ele está começando a avaliar seriamente a alternativa de se casar com outra garota. America acaba tendo crises de ciúmes e agindo de forma irracional e extremamente grosseira, achando que está certa.
Temos ainda os rebeldes. Após o ataque do último livro, algumas informações vão sendo absorvidas.

Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. A capa é magnífica.


Avaliação do skoob: 3/5



SinopseCriado como um 6, Aspen Leger nunca sonhou que ele encontraria a si mesmo vivendo no palácio como um membro da guarda real. Em O Guarda, os leitores poderão ver a vida de Aspen dentro das paredes do castelo – e a verdade sobre o mundo dos guardas que America nunca saberá..




Nesse conto, temos a perspectiva de Aspen após a Seleção ter iniciado. Não sou uma fã desse personagem, principalmente pela forma como ele trata America quando está inseguro. É rude, sabe exatamente o que falar para machucá-la e depois alega estar apaixonado. Particularmente, é o tipo de reação que acho totalmente destrutiva, pois ao invés de lidar com suas inseguranças e seu ego (é só lembrar do que ele fez no primeiro livro) desconta no próximo. Bom, mas deixando de lado a impressão pessoal que tenho de Aspen, vamos à trama. Nesse conto, temos alguns vislumbres do palácio que não tivemos nos livros anteriores. Os bastidores de todo o glamour visto por America.
Em relação à revisão e diagramação, foi realizado um ótimo trabalho. A capa combina com a série, mas por se tratar da perspectiva de Aspen, esperava algo menos delicado. 

Avaliação do skoob: 4/5


SinopseO Príncipe & O Guarda - Os dois contos que se passam no universo criado por Kiera Cass, autora da trilogia A Seleção, agora estão disponíveis em edição impressa. Em “O Príncipe e O Guarda”, o leitor pode acompanhar de perto os pensamentos e emoções dos dois homens que lutam pelo amor de America Singer. Antes de America chegar ao palácio, já havia outra garota na vida do príncipe Maxon. O conto O príncipe não só proporciona um vislumbre das reflexões de Maxon nos dias que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Descobrimos como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam. Para America, a vida antes da Seleção também era muito diferente. A começar pelo fato de que ela estava completamente apaixonada por um garoto chamado Aspen Leger. Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando membro da guarda do palácio. Em O guarda, acompanhamos Aspen a partir do momento que o grupo de trinta e cinco garotas da Seleção é reduzido para a Elite, conhecemos sua rotina dentro das paredes da casa da família real — e as verdades sobre esse mundo que America nunca chegou a conhecer. Leitura indispensável para os fãs de A Seleção, esta antologia inclui, ainda, um final estendido do conto O Príncipe; conteúdos extras exclusivos, como uma entrevista com a autora e dados inéditos sobre os personagens; além dos três primeiros capítulos de A escolha, o aguardado desfecho da trilogia, que será lançado em maio de 2014.


Essa é a versão impressa dos dois contos disponíveis na Amazon. Além dos dois contos, este livro conta, em sua versão impressa, com alguns conteúdos especiais como: uma entrevista com Kiera, a lista completa das selecionadas, a lista das castas, a árvore genealógica da America, Aspen e Maxon, e as playlists dos dois primeiros livros.

Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. A capa é magnífica.

Avaliação do skoob: 4/5


SinopseA Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante ... Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois que a última página for virada.




"A Escolha" é o desfecho da história de America (pelo menos deveria ser, mas a autora estendeu a série). Primeiramente, vale a pena comentar que foi o melhor livro lido da série até o momento. Li muitos comentários reclamando da obra, dizendo que era uma distopia fraca. Acredito que a distopia não é o foco principal nesse livro, e sim o romance. Apesar de passar em Illea, a escolha das candidatas lembra muito o reality "The Bachellor". Sim, há rebeldes na trama, há uma revolução, um rei terrível e um príncipe incompreendido, mas o foco é o romance, a busca pelo amor.
Em "A Escolha" Maxon precisa tomar uma decisão entre as quatro garotas restantes. America está pronta para definir seus sentimentos (finalmente!), mas isso não quer dizer que o caminho dos dois será fácil. Além de questões políticas a serem resolvidas, as outras garotas ainda tentarão dar suas cartadas finais. Afinal de contas, a Seleção só termina quando Maxon oficializar o nome da sua princesa. E não dizem que no Amor e na Guerra vale tudo?
America, Kriss, Celeste e Elisie também amadurecem bastante. Sim, elas tem suas indisposições, mas quando necessário, sabem quando deixar isso de lado. Tenho que confessar, é a primeira vez na série que fiquei feliz com America. Com um final, é necessário que decisões difíceis sejam tomadas e às vezes, nem todos saem ilesos.

O desfecho desse conto de fadas foi intrigante. A escrita da autora continua maravilhosa e para os fãs do gênero, vale muito a pena conferir. Não tenho palavras para descrever a beleza das capas. É impossível não associá-las a uma princesa.

Avaliação do skoob: 4/5





SinopseVinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.





"A Herdeira" acontece 20 anos depois da história de Maxon e America. Eles casaram-se, tiveram quatro filhos: Eadlyn, Ahren, Kaden e Osten. Eadlyn tem 18 anos e é a primogênita (nasceu minutos antes de Ahren). Por conta disso, é a herdeira do trono de Illea. Seus pais baniram as castas, mas a discriminação continua e com a insatisfação do povo, ocorre a rebelião. Como uma tentativa da política do pão e circo, seus pais decidem trazer de volta A Seleção.
Preciso fazer algumas observações pessoais sobre esse quarto livro. Primeiramente, fiquei com receio de ter uma continuação da série após o final da história de Maxon e America, pois fiquei imaginando o que poderia ser desenvolvido, e de uma forma geral, a trama ficou um pouco repetitiva. Em segundo lugar, a personalidade de Eadlyn deixa muito a desejar. Ela é do tipo arrogante, que se acha melhor do que todo mundo e que pode fazer o que bem entender. Em contrapartida, os demais personagens do livro são adoráveis, começando por Ahren. Ahren tem todos os motivos para ser um personagem amargurado, mas pelo contrário, é gentil, inteligente e se preocupa genuinamente com Eadlyn.
Os concorrentes desse livros são mais carismáticos do que as garotas do livro "A Seleção". Kile, filho de Marlee, tem um ar de bom moço mas tem traços de um rebelde; Henri tem cenas fofas por conta da barreira linguística entre ele e Eadlyn; Baden, um músico bonitinho e alguns outros personagens marcantes. 
Fiquei entristecida como a maneira que Maxon e America foram retratados nesse livro. Serem governantes de Illea acabou deixando-os um pouco apáticos e desanimados. 
Para aqueles que não leram os três primeiros livros, é possível ler a Herdeira como um livro independente. Sim, tem citações de acontecimentos anteriores, porém, o foco está na nova Seleção. Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. Um dos detalhes que fizeram eu me apaixonar pela série são as capas e essa não decepcionou.

Avaliação do skoob: 4/5


SinopseBaseado na série de maior sucesso da Seguinte, este diário traz uma atividade para cada dia do ano. Com design especial, o Diário propõe que as fãs reflitam sobre o universo da série, escrevam sobre si mesmas, imaginem o que fariam caso fossem rainhas, criem desenhos, elaborem listas... e depois compartilhem tudo com as amigas! A partir de uma iniciativa inédita da editora, em outubro as leitoras brasileiras da Kiera Cass terão acesso a um diário oficial da série, o presente perfeito de final de ano. 

Esse livro é uma coletânea de atividades para se realizar. Em forma de diário e muito feminino, o livro propõe algumas tarefas como expor sua opinião sobre determinado acontecimento do livro, ou desenhar algo ou realizar lista e assim vai. É o tipo de livro ideal para os fãs, que com certeza irão se encantar com a delicadeza da diagramação.

Avaliação do skoob: 4/5







31 Comentários

  1. Olá Carolina,
    Eu só li a trilogia e para ser sincera não gostei muito, tenho que concordar quanto a escrita da autora foi só por isso que consegui finalizar os livros. O final foi que mais mais decepcionou, tudo muito rápido. Queria que os rebeldes tivessem aparecido mais. Ainda pretendo ler os dois contos.

    Coração Leitor
    www.coracaoleitor.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, tudo bem?
      Acho que no geral, faltou "algo" na série para torná-la espetacular.
      Bjkas

      Excluir
  2. já li todos os livros da serie, e o único conto da serie que li foi O Principe, gostei de ler eles, mas só nao gostei muito do ultimo livro, espero que o ultimo livro da serie, supere isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, tudo bem?
      Espero que essa série esteja de acordo com suas expectativas ;)
      Bjkas

      Excluir
  3. Olá
    eu tenho os três livros de A Seleção, mas não tenho nem a Herdeira e nem os contos, kkk, tenho uma imensa curiosidade de ler, mas como o primeiro livro é em Ed. Econômica eu não me sinto confortável em ler (sou muito fresco com isso) estou esperando eu compra ou ganhar a edição normal, ai eu vou ler sem duvidas, kkkkk
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manoel, tudo bem?
      Espero que realize a leitura da série e venha nos contar o que achou ;)
      Bjkas

      Excluir
  4. Caramba, Carol!
    Que pique de resenhar todos os livros de uma vez!! rs...
    Eu gostei bastante dos três primeiros livros da série e odiei o quarto!! Não sei se a autora vai conseguir consertar o estrago!!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Realmente o post deu um pouco de trabalho, mas acho que um post único tornaria menos cansativo para vocês ;)
      Eu concordo plenamente com você em relação ao quarto livro. Achei desnecessário.
      Bjkas

      Excluir
  5. Adorei essa ideia de ter um post com as resenha de todos os livros de um serie =)
    Nunca li nenhuma das obras de Kiera Cass, mas sempre tive curiosidade de ler, pois é uma serie que enquanto odiamos, simplesmente não conseguimos largar.
    Bjs Carol!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra, tudo bem?
      Fico feliz em saber que curtiu o post único. A intenção foi não cansar vocês com diversos posts, já que a série até o momento conta com muitos livros.
      Bjkas

      Excluir
  6. Oi!
    Gosto muito dessa série, apesar de ter me irritado com a America várias vezes. Também fiquei com receio de ler A herdeira, mas acabei gostando da história, mesmo com o Maxon em segundo plano...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Evelise, tudo bem?
      A America realmente irritou um bocadinho durante a leitura. Não sou fã de personagens indecisos rs
      Bjkas

      Excluir
  7. Ai caramba, super amei saber sua opinião a respeito de toda a série. Ainda mais que sou super apaixonada pela seleção, mas ainda não li todos os livros. E cara só discordo contigo em relação ao A escolha. Eu fiquei bem triste com o final oh. :/ não gostei. Mas de certa forma concordo contigo. Faz parte né?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liih, tudo bem?
      É isso que eu amo nas leituras. Cada um é atingido de uma forma durante a leitura. A maravilha de concordar discordando rs.
      Bjkas

      Excluir
  8. Oie
    Até agora não li a série,nem sabia que havia tantos livros.E gostei dos contos,é bom pra avaliar melhor os personagens que amamos ,ou não.E a ideia desse diario é bem bacana,eu achava que se tratava de mais uma história,só agora vi que não é assim.E essas capas são incríveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia, tudo bem?
      As capas são maravilhosas! São muitos livros mesmo e ainda teremos mais pela frente ;)
      Bjkas

      Excluir
  9. Carolina!
    Gostei dessa forma de resenhar todos os livros da série, embora fique um tanto cansativa a leitura da postagem, vale a pena porque sabemos sua opinião sobre cada livro específico e de todos.
    As capas são lindíssimas!
    “A nossa maior glória não reside no fato de nunca cairmos, mas sim em levantarmo-nos sempre depois de cada queda.”(Oliver Goldsmith)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, tudo bem?
      Realmente em séries com vários livros um post único é cansativo, mas achei que valeria a pena ao invés de vários posts.
      Bjkas

      Excluir
  10. Já li a série de A Seleção e no momento estou lendo A Herdeira.
    Achei a escrita da Kiera Cass tão leve, foi o tipo de livro que você passa horas lendo e não vê o tempo passar, pelo menos foi assim comigo.
    Estou adorando de mais A Herdeira, tinha desanimado depois de ter visto comentários negativos sobre o livro, mas achei tão bom quanto os livros anteriores.
    Sua resenha está muito boa, pretendo ler os outros livros também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele, tudo bem?
      Fico feliz em saber que gostou da resenha e que está gostando da série, principalmente de A Herdeira.
      Bjkas

      Excluir
  11. Ainda não li nenhum livro dessa serie, e confesso que estou meio indecisa se leio ou não, ganhei o ultimo livro,mas não tenho os primeiros e não tenho muita vontade de le-los, acho quye por enquanto vou continuar adiando.
    São lindas todas as capas dessa serie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Brenda, tudo bem?
      As capas são realmente maravilhosas. Pena que não se empolgou tanto com a leitura da série.
      Bjkas

      Excluir
  12. Oi!
    Demorei muito para começar a ler essa serie e quando finalmente peguei para ler gostei bastante as capas são lindas e a historia e muito envolvente principalmente os personagens que a capa livro vamos conhecendo melhor e no final eles acabam te conquistando, de todos os livros o que mais gostei foi A Escolha e fiquei feliz quando soube que teria uma continuação !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem?
      Que bom que está curtindo a série! Espero que venha nos dar um feedback quando terminar.
      Bjkas

      Excluir
  13. Eu amei a seleção,confesso que estou cansada dessas historias de bruxa,fada...
    è bom ler um conto de fadas mais real para variar
    http://brunadianaoficial.blogspot.com.br/2015/12/meu-novo-livro-foi-lancado.html

    ResponderExcluir
  14. oie!!!amei as resenha,continue assim .Venha visitar o meu blog vc será muito bem recebida pode até ter uma parceria quem sabe .Bjs da Girls Sweet.

    http://girlssweeet.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Carolina!!!
    Eu simplesmente AMEI as sua resenhas, já li todos os livros (Incluindo "A Coroa" - que aliás eu recomendo, porquê é maravilhoso) da Saga e amo a autora. Não achei de maneira nenhuma o seu post cansativo, gostei da sua objetividade e clareza. Mas, na verdade, a America tem dezessete anos, segundo eu li em "A Escolha", em uma conversa que ela tem com o Rei Clarkson. Parabéns a você, eu achei ótima a sua resenha, apesar de ás vezes sentir uma raivinha da America e de alguns outros, principalmente do Rei Clarkson!! :*
    Bjs com sabor de torta de morango!!!

    ResponderExcluir
  16. oiiii vou começar a ler
    a seleçao eeee

    ResponderExcluir
  17. simplismente amei todos os livros da serie

    ResponderExcluir
  18. Oi
    Eu adoro essa série.
    Li a trilogia e depois descobri que tinha a continuação. Só que agora não sei mais quem é quem!!!
    Tipo, madame Marlee, Qm é mesmo?
    Sabe de algum lugar que tenha a descrição dos personagens?

    ResponderExcluir
  19. Oi
    Eu adoro essa série.
    Li a trilogia e depois descobri que tinha a continuação. Só que agora não sei mais quem é quem!!!
    Tipo, madame Marlee, Qm é mesmo?
    Sabe de algum lugar que tenha a descrição dos personagens?

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.