SinopseUm conto de fadas moderno e apaixonante que tem como cenário as ilhas paradisíacas do Havaí. Kate e Sam se conheceram muito jovens, durante férias de verão na Califórnia, e se apaixonaram à primeira vista. O amor entre eles supera o tempo e a distância e, ao terminarem a faculdade, ele a pede em casamento. Os anos se passam e o casal parece ter construído a vida perfeita: eles têm uma carreira de sucesso, duas filhas lindas e ainda são apaixonados. Sam, que cresceu em um orfanato, conseguiu com Kate tudo o que sempre quis: uma grande família. 

Até que um telefonema muda tudo...

Megan Maxwell, autora da série best-seller Peça-me o que quiser, conta uma história sobre amor, infidelidade e segundas chances. 


CONTÊM SPOILERS.


"Os príncipes encantados também viram sapos" é narrado em terceira pessoa e conta a história de Kate e Sam. Conforme a sinopse explica, os dois possuem o relacionamento de conto de fadas, onde se apaixonaram perdidamente e vivem felizes, mesmo após anos de casamento. Bom, mas a verdade é que isso não é bem assim...

Com os anos passando, os dois vão buscando objetivos diferentes na vida. Kate é uma profissional que dedica-se integralmente ao trabalho e preocupando-se mais com manter um estilo caro e padrão de vida. Sam sente falta da simplicidade de sua vida no Havaí, onde vivia-se o momento de forma mais tranquila e serena. Porém, mesmo com as diferenças, os dois se amam muito e criam suas filhas Catherine e Olívia e possuem um ambiente familiar com a mãe de Kate Serena e sua irmã Terry e o irmão de Sam, o Michael. Os cafés das manhãs são divertidos, a família está sempre reunida e os bons momentos se acumulam.

Porém lá na Filadélfia, conhecemos Nicole e seus dois filhos Tommy e Sasha. Apesar de não ser oficialmente casada, Nicole tem um relacionamento duradouro e feliz, até que um acidente acontece...

Em Nova Iorque, Kate recebe uma ligação sobre um carro que está em nome do marido. Um carro que sofreu perda total em um acidente. Quando vai verificar o acidente, acreditando de que se trata de um engano, ela é surpreendida: Sam é pai dos dois pequenos órfãos.

A decepção é total. O casamento perfeito não é tão perfeito assim. Sua família sente-se traída, mas Kate se torna apática e evita falar mal do marido. Ela deveria estar furiosa, pulando no pescoço dele e xingando-o de todos os nomes possíveis. Então, por que ela não faz isso?

A história gira em torno do perdão. De sermos capazes de perdoar aquele que amamos e dar uma segunda chance.

Particularmente, não gostei muito do modo como a trama foi desenvolvida. Deu a impressão de que o erro foi consertado com um erro maior ainda. Acredito que confiança é a base de qualquer relacionamento e sinceramente, não vejo confiança no relacionamento de Kate e Sam. 

A autora ainda colocou uma subtrama no livro, envolvendo Terry e Michael, mas também não se tornou muito agradável. Eles ficam indo e voltando e Terry age como uma adolescente.

Os personagens que mais se destacaram de maneira positiva no livro foram os filhos. Cat e Olívia, tentando entender as ações de seu pai e os pequenos Tommy e Sasha que estão tentando compreender o que aconteceu com a sua família. Serena também é uma fonte de maturidade no livro.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa é bonita, traz o clima tropical do Havaí, mas não indica muito sobre a história.

"Entendo que os príncipes encantados podem virar sapos, mas, como amiga sua que eu sou, devo lembrar que as princesas também... Mas também entendo que você, justamente pelo que já aconteceu, deveria saber também que a vida não é um conto de fadas e que todos nós, príncipes e princesas, acabamos virando sapo em algum momento de nossas vidas." (p. 45)




24 Comentários

  1. Carolina!
    Embora o tema seja bem interessante, não sei se aceitaria tão passivamente a atitude do marido.
    Embora goste dos romances da autora, esse talvez deixaria para ler mais para frente.
    “Se queres prever o futuro, estuda o passado.”(Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, tudo bem?
      Eu não curti o livro principalmente por conta disso. Acho que no final, se não se tem respeito e confiança em um relacionamento, não existe relacionamento.
      Bjkas

      Excluir
  2. Eu gostei da proposta do livro, mas fiquei mais rigoroso em relação a ler após a resenha. Uma coisa que gosto nas resenhas é isso, as observações feitas que nos preparam para o que podemos encontrar, e assim não nos decepcionamos. Porque se a gente sabe desses pontos negativos que citasse antes de ler, quando encontrá-los não temos do que reclamar. E não gostei do título, não consigo enxergá-lo em uma trama dramática. Sei que isso é uma opinião pessoal e casa bem com a história, mas para mim isso é título de livro cômico, não de um livro com tanta carga dramática que enfatiza o perdão. E também o título certamente não irá me impedir de ler a história, claro.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laplace, tudo bem?
      Acho que o título combina bastante, pois a autora várias vezes faz menção ao casamento deles como sendo um conto de fadas.
      Bjkas

      Excluir
  3. Olá
    eu não gosto muito do trabalho da autora, acho a escrita muito :p kkkk, mas sem duvidas eu adorie esse titulo, kkk, acho que vou dá outra chance para a autora,
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manoel, tudo bem?
      Rindo muito da sua auto censura rs.
      Não sei se esse seria o livro ideal para você voltar a ler algo da autora, apesar do título interessante ;)
      Bjkas

      Excluir
  4. quando li a sinopse pensei que fosse algo diferente, já li algumas resenhas desse livro mas nao consegui gostar, fora a maioria das resenhas que não são lá muito positivas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, tudo bem?
      A sinopse passa uma impressão diferente mesmo, senti isso durante a leitura.
      Bjkas

      Excluir
  5. Carol, quando li que tratava-se de um conto de fadas fiquei já com um pé atrás. Mas, o que me deixou curioso foi como a autora trataria um conto de fadas moderno em Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos. É a primeira resenha que leio do livro e percebi a falta de ânimo pela escrita da autora do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ycaro, tudo bem?
      Acho que a intenção da autora foi demonstrar exatamente que não existem contos de fadas, mas não sei, a leitura deixou a desejar.
      Bjkas

      Excluir
  6. Oi Carol,
    Quando vi a capa e o nome do livro achei que fosse algo leve e divertido, não sou muito inclinada a ler dramas. Como não conheço a escrita da autora, acho que esse não seria um bom livro para começar.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, tudo bem?
      Também tive essa impressão inicial, mas não é bem assim ;)
      Bjkas

      Excluir
  7. A capa e o nome me chamaram a atenção, logo fiquei com vontade de ler, mas já pela sinopse me desanimou.
    Li alguns livros sobre conto de fadas modernos e olha, nunca me arrependi tanto, sério.
    Por esse motivo tenho medo de começar a ler novos contos modernos: trauma né? kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovanna, tudo bem?
      Realmente acabamos ficando desconfiados quando entramos em uma série de furadas rs.
      Bjkas

      Excluir
  8. O que eu realmente gostei no livro foi que ele aborda o perdão como um ponto marcante no livro. É legal ler livros assim, pois faz com que nós, leitores, possam refletir sobre determinadas situações. Gostei bastante da resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luis, tudo bem?
      Concordo com você quanto a livros abordarem perdão, mas tenho receio sobre livros que abordam o tema e implicam que o perdão necessariamente significa dar uma nova chance ao relacionamento. Nem sempre isso é verdade e acho que é muito difícil uma pessoa voltar a confiar no companheiro após certas situações ;)
      Bjkas

      Excluir
  9. Oie
    Eu não sou super fã da Megan e já me decepcionei com ela em bem mais de um livro.A Kate parece ser uma bocó sempre aceitando as vontades dos outros e sem fazer nada para reverter isso.E o Sam tem cara de ser super cara de pau,não gostei não da história desse livro apesar da capa estar mesmo linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia, tudo bem?
      Esse foi o primeiro livro da Megan que eu li e não curti. Talvez pelo fato da sinopse e capa terem passado uma impressão diferente, no final isso aumentou a decepção.
      Bjkas

      Excluir
  10. Oi!
    Esse foi um livro que não me interessou muito, gostei da mensagem que ele passa mas a trama não me conquistou e o relacionamento da Kate e Sam não me convenceu !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem?
      Quem sabe as próximas resenhas tragam algo mais interessante para você?
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  11. Ok, a intenção é legal, a mensagem é bonita, mas eu não consigo ver veracidade na história. Nenhuma mulher aceitaria de maneira tão simples uma traição do marido, e na realidade eu nem achei correta a forma branda como isso foi abordado no livro, como se fosse um erro simples de ser corrigido ou perdoado. A capa é linda, mas a autora peca muito nos detalhes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patrini, tudo bem?
      Foi como eu comentei anteriormente, amo histórias sobre perdão, mas isso não significa que é necessário retomar um relacionamento para isso. A pessoa pode perdoar, mas não quer dizer que ela queira dar uma segunda chance.
      Bjkas

      Excluir
  12. Bom, mesmo sua resenha tenha contendo spoiler eu li igual, pois já não tinha interesse nem um por esse livro e depois de ler sua resenha meu desinteresse só aumentou, pois vi que realmente esse livro não é do meu estilo, percebi que eu me irritaria facilmente com a história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele, tudo bem?
      Infelizmente não consegui escrever a resenha sem comentar alguns pontos delicados da história.
      Quem sabe as próximas resenhas tragam algo mais interessante para você?
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.