Editora:V&R
Título:Perdão Mortal
Série:O Clã das Freiras Assassinas livro 01
Autor:Robin LaFevers

Lançamento:2015
Páginas:408

Sinopse:Por que ser uma ovelha, quando você pode ser o lobo? Ismae, dezessete anos, escapa da brutalidade de um casamento arranjado no santuário do convento de São Mortain, onde as irmãs ainda servem deuses antigos. Lá ela aprende que o deus da Morte abençoou-a com perigosos dons e um violento destino. Se ela optar por ficar no convento, será treinada como uma assassina e servirá a Morte. Para reclamar sua nova vida, deve destruir a vida de outros. A mais importante atribuição de Ismae leva-a direto para o tribunal superior da Bretanha—onde se encontra terrivelmente sob preparada não só para os jogos mortais de intriga e traição, mas pelas impossíveis escolhas que deve fazer. Como entregar a vingança da Morte em cima de um alvo que, contra sua vontade, roubou seu coração?


"Eu tinha uma grande mancha vermelha que ia do ombro esquerdo até o quadril direito, uma trilha deixada pelo veneno que minha mãe usou para tentar me expelir de seu útero. Segundo a curandeira, não foi milagre eu ter sobrevivido, mas um sinal de que tinha sido gerada pelo próprio Deus da Morte."


Perdão Mortal nos apresenta Ismae Rienne que sempre viveu mal vista em sua aldeia, pois sua mãe se deitou com a morte e mesmo tentando abortá-la não foi possível. Ismae guarda marcas do pior e mais letal veneno em seu corpo e foi abandonada por sua mãe, sendo obrigada a viver com um "pai" que não é seu pai e que sempre a odiou com todas as suas forças. Com isso, aos dezessete anos como forma de se livrar dela; ele a vende por uma moeda a um homem detestável que pensa que mulheres só prestam para servi-los na cama e a seus prazeres e tarefas domésticas.. Mas ao tentar obrigar ela em sua noite de núpcias ele percebe quem é Ismae e a agride e prende em uma dispensa a fim de chamar um padre para queimá-la como bruxa ou coisa pior. Se é que pode haver algo pior. Nesse instante Ismae é salva pelo padre que celebrou seu casamento e pela curandeira que administrou o veneno que poderia tê-la matado quando ainda estava no útero. Sem entender, mas sem muitas opções .. Ismae aceita a ajuda que lhe é estendida e embarca em uma viagem sem volta. A princípio sem ter ideia de para onde está indo, porém mais tarde sendo apresentada ao Mosteiro de Mortain onde freiras são treinadas em morte e servem ao Deus da morte!


"Quando cheguei a faixa de grama que crescia entre as rochas, olhei para trás na direção do barco, mas ele já estava no mar. Virei e tomei o caminho do convento, ansiosa para ver o que aqueles que veneravam a Morte queriam de mim."



Ismae foi treinada por cerca de três anos no convento e aprendeu a se defender e matar. Tornou-se letal e recebeu sua primeira missão que cumpriu com esmero. Logo depois sua nova missão a levou a corte onde uma rede de intrigas era traçada e foi ficando cada vez mais difícil saber em quem confiar. A missão era proteger a duquesa e seu ducado.. mas parece que nem todos que deveriam proteger a duquesa o estão fazendo.

Ismae foi para a corte seguida de Duval irmão bastardo da Duquesa e que é motivo de desconfiança da abadesa e de Crunnard por armar pelas costas da duquesa.. Será?

Na corte Ismae terá de lidar com seus instintos e aprender a pensar por si, não só apenas seguir ordens. E contra todos os seus pensamentos será capaz de amar e descobrir que há várias maneiras de servir ao Deus da Morte, afinal ele não é só vingança! Ele também é compaixão e amor!

Resumindo:

A corte está sendo ameaçada por uma guerra, pois muitos desejam tomar a futura duquesa como esposa e deter o poder para si. Essa ameaça vem da França e de vários outros lugares; mas o inimigo principal é a França.

Existe um convento que alega ser movido por um "Deus da Morte" ou Santo já que precisam manter a hierarquia da igreja. E esse Santo/Deus julga com mãos de ferro aqueles que vão contra sua vontade.

As freiras são treinadas em morte e são em sua maioria jovens que foram prejudicadas ou subjugadas por homens e até mesmo seus entes.

Como Ismae cuja mãe tomou veneno para se livrar dela no ventre.. mas a menina sobreviveu; com algumas marcas e aparentemente resistente a qualquer veneno.

Por muito tempo ficamos (leitor) pensando será que essa história é sobrenatural? Pois Ismae e outras meninas treinadas em morte podem ver marcas do tal Santo/Deus Mortain nas pessoas que devem matar e tal..

E para os amantes de romance em meio a tantas conspirações, mortes, Santos, guerra e etc surge o improvável amor entre uma serva da morte e um bastardo.

Só posso dizer que é totalmente meu número! A história é incrível, sensacional! Muito bem escrita e elaborada e estou louca pelo próximo livro, que espero não demore muito a surgir!


"- Quando você estiver pronta, ou mesmo se nunca estiver, meu coração pertencerá a você até que a morte nos separe. O que quer que isso signifique quando você está se comprometendo com uma das servas da Morte."

12 Comentários

  1. Nossa! estou nas últimas páginas desse livro, estou adorando!!!

    Amei tua resenha!!!Ela diz tudo sem dar spoiler, o que eu confesso que, fui procurar...rsrsrsr...

    beijossss

    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não conhecia esse livro, mas só pela sua resenha já me vi super atraído! O que me chamou mais atenção foi, além do enredo, o fato da personagem ter uma grande personalidade! Pela sua resenha, pude perceber que ela vai crescendo ao decorrer do livro, e eu adoro quando isso acontece!

    ResponderExcluir
  3. Karini!
    É meu número também...
    Um convento que treina as meninas para servirem a um ou a outro, é um enredo inédito para mim.
    E se tem romance, já tá valendo, né?
    “A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita.”(Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. OLÁ
    eu já tinha visto esse livro quando eu passei na pagina da editora, eu curti muito essa capa, mas só com a sinopse me deixou com algumas duvidas, depois de sua resenha vejo que vou mesmo amar o livro, ótima opinião
    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Oi Karini,
    Não posso colocar mais nenhuma série na minha lista de desejados, mas senti que esse livro é o meu número rsrs. Diferente essa ideia de freiras assassinas ainda tem romance <3 PRECISO desse livro rsrs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Gostei da capa e da resenha, a historia me pareceu diferente e bem interessante, fiquei curiosa sobre essas armações que o livro tem, vou colocar esse livro na minha lista de leitura já estou vendo que irei gostar bastante dessa historia !!

    ResponderExcluir
  7. Karini, o que chama mais a minha atenção para esse livro não é a sua capa, nem seu autor, muito menos sua lombada. Mas, sim, o título de sua série, O Clã das Freiras Assassinas. Que título intrigante e envolvente é esse? Creio que tudo me agradou de certa forma, mas esse título é maravilhoso. A estória que envolve o treinamento de freiras e a relação com a morte se junta com o título em prêmio de sedução. Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  8. só o nome da serie já chama com certeza a atençao! adorei a resenha, freiras assassinas?! enredo único! preciso ler.

    ResponderExcluir
  9. Ótima resenha!
    A capa tá lindona!
    Vou procurar me informar mais sobre esse livro :)

    ResponderExcluir
  10. Achei o enredo criado pela autora totalmente diferente de tudo que já li, o que já é um ponto mais do que positivo para o livro. Pelo que eu vi, existe uma pitada de sobrenatural misturada e muitos segredos e intrigas dentro do livro, aspectos que aguçam minha curiosidade ao máximo. Com certeza eu quero ler o livro, espero que o próximo volume chegue logo!

    ResponderExcluir
  11. Como sou fão de um bom romance e uma aventura, depois de ler essa sua resenha super positiva sobre o livro fiquei bem interessada e pretendo ler, é o tipo de história que me chama a atenção e acho que vou gostar da leitura.

    ResponderExcluir
  12. Que bom que eu comprei, depois de ler essa resenha fiquei mais motivada ainda pra ler

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.