Sinopse - Aprendendo a amar – Diana PalmerShelby Jacobs jamais teve a intenção de machucar Justin Ballenger quando rompeu o noivado com ele, seis anos atrás. Na verdade, Shelby sempre o amou, porém foi forçada a se afastar. Com a família passando por momentos difíceis, ela está sozinha em Jacobsville e precisa desesperadamente da ajuda de Justin. Shelby fará de tudo para se reaproximar desse cowboy amargurado. Mas será que Justin permitirá que o amor derrube as defesas de seu coração? 


O coração de um cowboy – Roxann Delaney - Tanner O’Brien importava-se somente com duas coisas: rodeios e cuidar do sobrinho. Não havia motivo nenhum para ter ficado tão distraído com a garota da cidade grande que visitava a pequena Desperation. Jules Vanderveer era o oposto do que Tanner considerava atraente em uma mulher. Mas por trás da bondade dela com seu sobrinho havia algo escondido que fez Tanner desejar uma cura para sua dor. 



Aprendendo a amar - Narrado em terceira pessoa, a história se passa em Jacobsville, Texas. Shelby é uma mulher de 27 anos que teve uma vida privilegiada, pelo menos economicamente. Seu pai era um homem que tinha ideias claras de como a filha deveria agir, com quem deveria se casar e viver.
Quando jovem, Shelby amava Justin, que era 10 anos mais velho, mais experiente e pobre. Essa última informação incomodava profundamente o patriarca e com suas artimanhas, conseguiu que Shelby rompesse o noivado e ainda se saísse como o bonzinho diante de Justin.
Justin, agora com 37 anos, é um homem sério e um pouco amargurado, principalmente por ter sido humilhado publicamente por Shelby. Por conta do seu ego, em muitas cenas ele é brusco com Shelby e chega a irritar um pouco.
Acontece que o pai de Shelby estava falido antes de falecer e foi preciso vender tudo. Shelby encontra-se sozinha no mundo, sem dinheiro e solitária e Justin oferece um casamento por conveniência. Mas como podem imaginar, acaba se tornando algo mais.
Para os fãs de romance da autora Diana Palmer, o livro é leitura obrigatória. Temos um cowboy teimoso, uma mocinha em apuros e inocente e um cenário incrível.

O coração de um cowboy - Jules está de férias em Desperation, para acompanhar o casamento da melhor amiga Betty. O que ela não esperava é se deparar com um sexy cowboy em Ada, Oklahoma, na Arena AgriPlex, enquanto as duas assistiam a um rodeio. Jules tem pavor de cavalos, após um grande acidente. Por conta disso, envolver-se com Tanner seria um terrível engano.
Tanner tem um único sonho: ganhar a fivela de campeão dos rodeios. Para isso, precisa competir em diversas competições menores para se classificar, pois recusa-se a participar de competições muito longe de casa, por conta do sobrinho Shaw.
Shaw foi criado desde bebê por Tanner. Sua mãe o deixou no rancho e o pai desapareceu. Agora, com quase 15 anos de idade, tem diversas dúvidas quanto a sua origem e um grande amor sobre as competições de rodeios.
Inicialmente os dois não combinam em nada e tentam agir racionalmente, mas, quando o coração entra no caminho como impedir?



26 Comentários

  1. Olá
    eu não sou muito chegado aos livros da Harlequin acho que você já sabe, kkk, mas eu curti bastante essa sua resenha!! a capa é bem simples, mas muito linda
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manoel, tudo bem?
      Eu imaginei que diria algo sobre os livros da editora rs.
      Fico feliz em saber que curtiu a resenha ;)
      Bjkas

      Excluir
  2. Carolina!
    Amo os romances da Harlequin e adoro a escrita da Diane Palmer.
    Livros de romances com cowboy são tudo de bom, pena que achou a leitura mediana.
    Gostaria de apreciar a leitura.
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, tudo bem?
      A Diane é Diva né? Super talentosa! Talvez por já ter lido outros livros da autora, não achei esse tão espetacular assim..
      Bjkas

      Excluir
  3. Oi, Carolina. Quando olhei para esta capa, pensei: "Como assim? Mas que absurdo está estampado nesse livro?". Foi aí que percebi que era mais um famoso romance de banda da Editora Harlequin. Não gosto muito de romances de época, mas os da Harlequin são piores ainda. Odiei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ycaro, tudo bem?
      Quem sabe os próximos posts não trazem algo que você curta mais?
      Bjkas

      Excluir
  4. Olá, Carol.
    Ainda não conheço esses livros da Harlequin, mas não me animo com eles.
    Acho as capas muito cafonas e a qualidade também não é das melhores.
    É uma pena!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem com você?
      A Editora é conhecida por seus romances, principalmente aqueles mais "água com açúcar" ;)
      Então se não curtimos muito o gênero, não iremos mesmo apreciar.
      Bjkas

      Excluir
  5. Oi Carol,
    Não sou muito chegada nos romances da Harlequin, embora já tenha lido um ou outro, mas não me senti atraída por essas histórias =(, para os amantes de cowboy deve ser uma leitura obrigatória haha.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, tudo bem?
      Com certeza, aquelas que amam cowboys não perdem essa leitura rs
      Bjkas

      Excluir
  6. Apesar de dificilmente eu ler livros de romance, uns até que me agradam. Não foi o caso desse. Para quem gosta, é uma ótima opção, mas para quem não curte, assim como eu, prefiro não me arriscar. A resenha ficou ótima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luis, tudo bem?
      Fico feliz em saber que curtiu a resenha ;)
      Bjkas

      Excluir
  7. Não curto livros desse gênero, e também não me interessei nesse pois acho que falta um pouco de roteiro. A resenha está muito boa, e a leitura pode ser agradável para quem gosta. Abraços :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dan, tudo bem?
      Fico feliz em saber que gostou da resenha!
      Quem sabe nos próximos posts teremos algo que chame a sua atenção.
      Bjkas

      Excluir
  8. Amo séries mas olha, passo longe de séries relacionadas com este tema e romances.
    Uma peninha pois está surgindo muitos do gênero né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovanna, tudo bem?
      Sim, os romances estão voltando com força total ;)
      Quem sabe os próximos posts tenham algo que chame a sua atenção.
      Bjkas

      Excluir
  9. adoro ler livros da harlequin apesar deles serem um pouquinho clichês, mas mesmo assim é uma das minha editoras favoritas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, tudo bem?
      Tem algo nesses livros que prendem a nossa atenção né? rs
      Bjkas

      Excluir
  10. Adoro as histórias da Diana, acredito que ela seja uma das autoras que eu mais admiro nesse gênero literário. Achei bem interessante o enredo da primeira história, gostei da personalidade do mocinho, e confesso que a protagonista me inspirou uma raiva inicial por ser tão submissa. A segunda história não me chamou tanta atenção, o enredo me pareceu bastante batido, com elementos que sempre aparecem em outras histórias de mesma área.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patrini, tudo bem?
      A Diana é uma diva e acho impossível deixar de ler um livro dela, mesmo que no final eu fique reclamando muito da trama rs.
      Bjkas

      Excluir
  11. Oie
    Eu gosto bastante dos romances da Harlequin e tenho uma super queda por cowboys e fazendeiros então tudo que envolve personagens assim eu costumo ler.Adoro a Diana e mesmo ela dando umas vaciladas as histórias dela na maioria das vezes me agradam.Dessas duas histórias a que mais me chamou atenção foi a da Roxxan ,os personagens parecem ser bem mais interessantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia, tudo bem?
      Os caubóis são algo né? Acho que todo mundo suspira um pouquinho quando eles estão na história rs
      Bjkas

      Excluir
  12. Oi!
    Pela a resenha as historia perece legais, mas não conseguiu me conquistou, vou sabe goste mais dos próximos lançamentos !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem?
      Quem sabe as próximas resenhas tragam algo mais interessante para você?
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  13. Bom, não pretendo ler esse livro e nem a série, pois esse tipo de história não me chamou a atenção e esse estilo de livro não é meu estilo de leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele, tudo bem?
      Quem sabe as próximas resenhas tragam algo mais interessante para você?
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.