Editora:Única
Ano:2015
Páginas:192
Literatura:Estrangeira
Sinopse:Será que um vilão pode se recuperar? Gilly não se considera exatamente uma garota má... Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? Descubra o Lado B dos contos de fadas.

Escola de Vilões é um conto de fadas moderno onde vemos vilões transformando-se em heróis a olhos nus! Jen Calonita tem uma forma muito gostosa de conduzir sua história o que me fez ler em uma sentada só!
"...Eu só pego de gente que pode perder coisas. Os nobres decididamente podem perder algumas bugigangas. Os nobres são parte do motivo para que a gente viva nesse casebre lotado, então, não me sinto mal em tirar deles."

Gilly é uma menina um tanto revoltada com os nobres. Desde que as fadas-madrinhas começaram a fazer os sapatinhos de cristais, sua família vêm passando por grandes dificuldades e com isso ela começou a roubar dos nobres para alimentar seus irmãos ou mesmo presentear, como aconteceu quando roubou a presilha para Anna, sua irmã aniversariante e foi descoberta e imediatamente enviada ao RCF (Reformatório de Contos de Fadas), onde o mesmo é administrado por ninguém menos que Flora - a madrasta malvada que explorava a enteada Cinderela e quase obrigou suas filhas a cortarem os pés para caber no sapatinho de cristal (dizem as más línguas). Mas isso é passado; Flora defende que após tudo que fez, percebeu que não poderia viver com o desprezo de toda Encantadópolis e resolveu se redimir e criar o RCF, onde ela acredita que pode transformar os Vilões em cidadãos de bem e pessoas produtivas para a sociedade. Já são cinco anos de sucesso e uma grade festa com as Princesas e toda nobreza está sendo planejada!
"O negócio de sapateiro não é mais como antes, e o dinheiro é escasso. Temos três refeições, claro, se você considerar caldo de galinha uma refeição. Se não fosse pelas minhas últimas surrupiadas no mercado, meus irmãos já teriam definhado... Faço o que posso para ajudar. E isso inclui garantir que meus irmãos sejam alimentados e ganhem um presente de aniversário." 
Gilly chega ao RCF e acredita que o local é bastante normal para um reformatório; até que percebe coisas estranhas acontecendo por lá. A menina é muito curiosa e não consegue acreditar que os piores vilões das histórias contadas em seu vilarejo possam realmente ter se tornado pessoas de bem.. Com isso está sempre xeretando aqui e ali. Ela sabe que precisa se manter o mais longe possível de problemas, pois Flora disse que pode deter ela por apenas três meses (bom comportamento) ou indefinidamente! 
"Um Lobo que se tornou professor, uma bruxa do mar que ensina etiqueta, uma fada delinquente que ainda usa mágica e uma torta de maçã que é de matar, mas no bom sentido?"
Gilly faz amizade com Jax, um rapaz que ela salva a pele logo assim que entra no RCF, pois o mesmo estava tentando escapar e ela lhe deu cobertura quando o pegaram com a "mão na massa". Além dele, Gilly conhece Kayla que sugere que elas podem ser colegas de quarto, já que sua antiga colega sumiu e o mesmo tem uma cama vaga. Kayla se mostra solicita e agradável, mas depois, distante e parece esconder algo. Assim como Jax também não está dizendo toda a verdade a Gilly.

Alguns dos vilões mais legais dos contos de fadas estarão presentes nessa obra, assim como as Princesas mais conhecidas. Além de termos uma heroína nada comum, que começou sua carreira como ladra e inimiga da nobreza. Alguns personagens irão te surpreender com sua fidelidade, outros com suas histórias e muitos por suas personalidades e feitos! 

Ler Escola de Vilões foi muito divertido e espero que tenha mais logo em breve!


4 Comentários

  1. Eu imaginava uma estória totalmente diferente para este livro. Escola de Vilões me encanta desde o anúncio de seu lançamento, tal encanto que ainda permanece. Estou bem ansioso para a leitura, principalmente agora ao descobrir que o livro não trata exatamente de vilões, mas sim, da reforma dos mesmos, a sua melhoria e a sua disposição ao mundo sem deixar seu lado um pouco maléfico, risos.

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros relacionados a contos de fadas ,e esse chamou minha atenção de cara ,começando pela capa que é muito linda .
    Sua resenha está muito boa e me deixou com muita vontade de ler ,espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  3. Eu estou interessado nesse livro desde o seu lançamento! Assim que vi no catálogo da Editora, eu já me vi interessado, por conta da premissa da história. Adorei a forma como a autora criou a história, envolvendo os vilões, já que dificilmente vemos livros nesse estilo. Esse foi o que mais me atraiu na história. Após ler a sua resenha, apresentando melhor a história e falando como os personagens são bem feitos, a vontade de ler o livro só aumentou!

    ResponderExcluir
  4. adorei a resenha, o livro tem jeito de ser incrivel, e merece estar nos favoritos, gosto bastante de ler livros de fantasias e esse mix de histórias que eu costumava ler é demais.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.