SinopseQuando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos.
Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra.



Alguns livros tem o poder de causar um impacto tão grande no leitor, que mesmo após um bom tempo da leitura ter sido realizada, a história está viva em sua mente. É isso o que acontece em "Soldier".

O cenário é a Primeira Guerra Mundial. O protagonista é um garoto de apenas 14 anos de idade. E o laço formado entre o jovem e Soldier, um de seus cães.

Stanley vive com seu pai Da, que é um homem amargurado e frio. Com seu irmão na Guerra, ele foca sua atenção à Rocket, sua cachorrinha, mas ela desaparece por um tempo e retorna com uma grande surpresa: ela vai ter uma ninhada!

Entre os cães dessa ninhada, existe um único rapazinho, que Stanley carinhosamente chama de Soldier em homenagem à seu irmão mais velho Tom.

Acontece que um evento impactante, envolvendo Stanley e a crueldade de seu pai, faz com que o jovem se aliste, mentindo sobre sua real idade. Seu objetivo é encontrar o irmão a qualquer custo.

Mas a Guerra é cruel. Stanley presencia atrocidades e perde suas esperanças. É uma trama triste e repleta de momentos impactantes. Impossível não se emocionar!


4 Comentários

  1. Uau ,só a sinopse já me conquistou ee pela sua resenha deu ora perceber que é um livro bem profundo ,gosto de livros assim e já vi que se eu for ler ,com certeza vou acabar chorando .

    ResponderExcluir
  2. parece ser bem emocionante o livro, por ter grande interesse por temas assim, eu ja sabia que cães eram mensageiros em campos de batalhas na segunda guerra. gostei bastante da resenha e me interessei em ler.

    ResponderExcluir
  3. Soldier é um livro que sempre vejo ótimas resenhas positivas. Com sua capa, logo relacionei-o com Marley e Eu. E, não me decepcionei com sua estória. percebi a lealdade do cachorro a seu dono e o meu imenso gosto por livros com animais. Adorei a resenha e a indicação!

    ResponderExcluir
  4. Vendo a capa desse livro, eu me lembrei daquela história de que o dono morre e o cachorro fica esperando por ele! O que mais me atraiu no livro, além de envolver um amor entre um homem e um cachorro, foi o fato de que a história se passa em um período de guerra. Com isso, já pude ter a sensação de que o livro é bem marcante. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.