SinopseMason Starling é campeã de esgrima da equipe da Academia Gosforth, mas nunca teve de lutar por sua vida. Não até a noite em que uma violenta tempestade sobrenatural assola Manhattan, aprisionando Mason e seus colegas de equipe dentro da escola. Mason é atacada por criaturas horrendas, com forma vagamente humana, mais aterrorizantes que os trovões e raios, enquanto a tormenta traz para a vida dela um perigoso desconhecido: um jovem que não se recorda de nada além de seu nome - Fennrys, o Lobo. A chegada desse garoto misterioso faz em pedaços o mundo de Mason, ao mesmo tempo que uma atração inegável surge entre eles. Juntos, eles tentam desvendar os segredos da identidade de Fenn, enquanto forças estranhas e sobrenaturais se adensam à volta deles. Quando descobrem que a família de Mason, com sua obscura ligação com antigos deuses nórdicos, é a chave de todo o mistério, Fennrys e Mason subitamente se veem diante de um futuro catastrófico: o Ragnarök - ou o fim do mundo, como o conhecemos.

A história é narrada em terceira pessoa e se passa em Manhattan, principalmente na Academia Gosforth. A Academia é um colégio interno da elite, onde os filhos das famílias mais influentes estudam por lá por gerações. Mas não é apenas isso....

"A Academia Gosforth tinha sido criada no final do século XIX por um punhado de "fundadores" extraordinariamente ricos e influentes, homens e mulheres que haviam decidido que as escolas, públicas ou privadas, não eram boas o bastante para seus queridinhos." (p. 71)

A trama gira em torno de Mason, uma estudante da Academia. Ela ama esgrima e treina com fervor, tem uma quedinha por Calum Aristarchos, um dos garotos mais populares do local (e ex da Heather Palmerston, uma garota popular também), tem que lidar com Rory, seu irmão babaca que também estuda lá e é claustrofóbica.

Acontece que um dia a equipe de esgrima estava treinando normalmente com Toby Fortier, quando uma terrível tempestade começa a cair. Bom, isso seria algo apenas incômodo, se não fosse o fato de que terríveis criaturas, chamadas draugr, não tivessem invadido o ginásio e tentado matar todos que ali estavam. Ah, acontece que também surgiu um rapaz mega gato, totalmente pelado e desmemoriado com uma espada na mão e pronto para acabar com as criaturas!

A partir desse trecho do livro (que é nos capítulos iniciais), a vida de Mason muda radicalmente. Assustada e ao mesmo tempo fascinada, ela se vê caindo em uma trama onde os Deuses estão prontos para acabar com o mundo.

A família Starling é um ponto importante na história. Yelena, a mãe, faleceu no parto de Mason; Gunnar, seu pai, é um homem poderoso e extremamente protetor com a única filha, Roth é seu irmão mais velho. Tem 22 anos e uma aura de mistério envolve o rapaz que é braço direito do pai e Rory, o irmão do meio é um garoto mimado, totalmente egocêntrico e com sede de poder.

O desmemoriado inicialmente sabe apenas seu nome: Fennrys Lobo. Ele é poderoso e apesar de não saber nada sobre a sua história pessoal, de alguma forma tem conhecimentos desse mundo e de outros. Agora tudo o que ele precisa entender é como chegou em Manhattan e por que está tão fascinado com Mason.

Calum, Heather e Toby não são personagens secundários. Apesar da história focar-se em Mason, esses três tem papéis importantes na trama e são memoráveis. Calum é filho de Daria Aristarchos, uma mulher tão poderosa quanto o próprio Gunnar. Implacável, inteligente e sagaz, ela tem um objetivo a cumprir e não vai deixar nada ficar no caminho.

É impossível falar de todos os elementos da obra. A mitologia é presente em todas as páginas, seja as lendas ou a participação das próprias criaturas, como centauros, na história. Nesse livro, a autora fala da Terra Morta, dos Panteões dos Deuses, de profecia, do Ragnarök e muito mais. É um enredo rico em conteúdo e em desenvolvimento.

Uma história incrível com personagens marcantes e um final de tirar o fôlego. Uma trama que mistura mitologia com a atualidade, abordando de uma forma completamente inovadora o destino da humanidade.

Em relação à revisão, diagramação e layout a Editora realizou um ótimo trabalho. A capa chama a atenção, mas não entrega muito o conteúdo do livro.



Sinopse - A última coisa de que Mason Starling se lembra é do trem cruzando uma ponte. Uma explosão, uma luz ofuscante, e então a escuridão. Agora ela está só, perdida em Asgard e a única maneira de voltar para casa é encontrar a Lança de Odin, uma poderosa relíquia deixada por deuses já desaparecidos. Fennrys, o Lobo, sabe tudo sobre Asgard. No passado ele esteve preso lá. E vai fazer de tudo para encontrar e trazer de volta a garota que roubou seu coração. Mesmo que isso signifique ter de descer ao traiçoeiro Mundo dos Mortos. Mas o tempo está se esgotando, e Fenn sabe algo que Mason desconhece: se ela empunhar a Lança, dará início a uma profecia terrível. E ela não apenas retornará a seu mundo. Ela o destruirá.

CONTÊM SPOILERS DO PRIMEIRO LIVRO

O segundo livro começa exatamente onde o primeiro terminou. Fennrys está na Ponte Hell Gate, o portão do inferno, desolado por conta do fato de que Mason atravessou para o outro mundo. Existe um perigo potencial agora. Mason não pode de forma alguma encontrar a lança de Odin.

A perda de Calum no resgate de Mason é devastadora. Todos, inclusive a Heather estão sem chão. E o pior de tudo: Mason está sozinha no Reino do Além...

Nesse segundo livro os capítulos se alternam em dois locais: os acontecimentos em Manhattan após a explosão da ponte e a jornada de Mason. Dessa forma o leitor vai acompanhando simultaneamente os acontecimentos.

Em Manhattan, Fennrys está decidido a arriscar sua vida novamente para resgatar a amada. E conta com a ajuda de Rafe. Rafe fez algumas aparições no primeiro livro e apesar de deixar o leitor desconfiado sobre quem ele era,foi muito misterioso. Em "Descendente" ele ganha destaque, demonstrando sua origem, seu poder e conhecimento. Graças a ele, temos cenas incríveis, com locais descritos de forma inebriante.

Fennrys conta também com a ajuda de um antigo conhecido que surge nesse livro: Maddox Whytehall, um ex guarda Jano e um verdadeiro guerreiro.

Em contrapartida, Mason está tendo uma viagem e tanto. Ainda em estado de choque, ela não tem ideia de onde está, mas vai encontrar algumas celebridades, como Loki, o Deus da Mentira. 

A descrição da jornada dos dois locais é impressionante. Se no primeiro livro, o leitor acompanhou a mitologia de forma mais teórica, nesse observamos os personagens vivenciando-as.

Nessa continuação existem inúmeras reviravoltas. Uma delas acontece com um personagem querido, que não terá sua vida "normal" de volta. Existe uma grande expectativa sobre suas ações no terceiro livro e sobre o poder que ele claramente está desenvolvendo.

A família Starling... Ah, que grupo peculiar ... Até agora estou tendo dificuldades de ler os trechos do Rory sem segurar a vontade de chutar o traseiro dele!

Mas nada, nada mesmo, se compara com a grande revelação do finalzinho do livro. É por conta dessa revelação que "Descendente" entrou nos meus favoritos! A explicação para a possibilidade do Sono da Morte é totalmente insana! Eu li duas vezes esse trecho, incrédula com o fato.

Posso afirmar sem ressalvas que "Descendente" consegue ser ainda melhor do que seu antecessor.  Muita ação, revelações e reviravoltas.

A incrível jornada de Fennrys e Mason ainda não terminou e tudo o que posso dizer é: cadê o terceiro livro???

Em relação à revisão, diagramação e layout, mais uma vez a Editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina com a capa do livro anterior.

6 Comentários

  1. adorei a resenhas dos livros, mas no momento só tem os 2 primeiros livros? pq se sim vou esperar lançar o ultimo para eu começar a ler.

    ResponderExcluir
  2. As capas dos livros me interessaram de cara. Quando vi que a história contém sobrenatural, minha vontade de conhecer a história só aumentou hahah Além de eu ter adorado a história, eu pude perceber que a escrita da autora é ótima, por ser bem envolvente. Outra coisa que eu adorei foi que o segundo livro consegue ser melhor que o primeiro, mostrando que a história continua sendo maravilhosa. Adorei as resenhas!

    ResponderExcluir
  3. Adorei essa capas e os títulos também ,mas o melhor de tudo é que i enredo tmb me conquistou ,e olha que eu nunca tinha ouvido falar do livro ,mas eu simplesmente adorei conhecer .

    ResponderExcluir
  4. As capas são bonitas e com certeza vou ler esse livro! Gosto muito de livros que se passem em academias, colégios, internatos, etc. e que sejam uma historia sobrenatural, com muito mistério.

    ResponderExcluir
  5. Lindas ambas as capas, eu já queria ler antes o primeiro, mas agora com o lançamento de descendente a minha vontade só aumentou, eu adoro livros desse genero, são os meus preferidos
    http://viajandopelapaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Carol, como me interessei muito por Starling resolvi ficar só em sua resenha apenas. Bom, eu me interessei bastante por toda a história, aparentemente normal, da protagonista até surgir a tempestade com criaturas sobrenaturais, o que foi um ponto bem favorável para o livro também. Gosto muito do cenário, cidades em que se passam o livro. Mas, uma coisa me desagradou, a quedinha da protagonista pelo popular, melhore.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.