SinopseA entediada Beth Lynn sempre viveu por seu apelido... até que ela acorda em uma cama de hotel ao lado de um senador estadual, sexy como um pecado, que ela reencontrou em um casamento na noite anterior. O maior problema? Ela não consegue se lembrar de nada sobre a noite anterior, exceto para chorar junto com uma caixa de biscoitos, e ela tem quase certeza que a avó Nadine colocou algo em sua bebida. E o que deveria ter sido um caso de uma noite se transforma em uma aventura de seis dias, quando a avó os leva para o Havaí para salvá-los da tempestade de mídia que os envolveu. Jace não está à procura de compromisso - ele acredita que ele deixou isso bem claro quando ele deixou o casamento com Beth. Mas também, ele não se lembra de muita coisa que não seja a sensação da pele dela sob suas mãos. Agora ele está preso com ela em um retiro para alguns casais com problemas e dando o seu melhor para lutar contra a atração que apenas uma mulher como Beth poderia invocar. Ele não acha que isso pode ficar pior. Mas um ataque de aranha... um passeio de burro infernal ... e um episódio infeliz com chá viagra - e há uma coisa que Jace sabe com certeza: Ele nunca deveria ter concordado com a sugestão da avó Nadine em primeiro lugar. Porque se isso não é o paraíso, e não é um período de férias - o que só lhe deixa uma opção. Sobreviver. Mas, para manter-se vivo.. eles podem perder seus corações no processo.


Antes de mais nada, preciso deixar claro que a vovó Nadine se tornou uma das minhas personagens literárias favoritas durante a leitura dessa trilogia. Sinceramente, sem essa personagem, a série seria apenas um romance clichê.
Após se intrometer no relacionamento de Kacey e Travis em "A Aposta" e fazer com que Jake fosse envergonhado inúmeras vezes em "O Desafio", chegou o momento da vovó Nadine agir com Jace e Beth.
Quem teve a oportunidade de ler o segundo livro percebeu que no finalzinho estava claro quem seria o novo alvo dessa senhorinha.
No prólogo somos levados a formatura do ensino médio da Beth, que ocorreu em 2000. Nesse momento observamos uma Beth otimista, apaixonada por tudo e esperançosa em encontrar o amor até o momento em que descobre toda a confusão criada por Brett Xander, o garoto popular da escola.

"Só precisava encontrar o cara certo.
Um que não partisse meu coração em um milhão de pedaços.
Ou que não fosse tão bonito.
Melhor dizendo: um que não fosse mais bonito do que eu.
E alguém em quem eu pudesse confiar.
Então, basicamente, eu não podia sair com nenhum advogado, médico, modelo, celebridade, ou bombeiro. E, acima de tudo, nunca poderia casar com um político.
Quer dizer, ninguém fica tão desesperada assim." (p.12)

A partir do epílogo somos levados ao presente. Narrado em primeira pessoa por Beth e Jace, a trama conta como duas pessoas completamente diferentes podem ter tanto em comum. Jace tem 28 anos, é sexy e tem uma carreira política brilhante, pois é um dos senadores mais jovens. Beth é a irmã de Char. É uma química, inteligente, porém não tem sorte no amor. 
Jace teve um relacionamento desastroso e não quer saber mais de compromisso. Graças à vovó Nadine esses dois embarcam em uma viagem deliciosa, que irá arrancar risos e suspiros dos leitores.
Além do romance temos o humor que fica na sua maior parte por conta da vovó. No início de cada capítulo há um diálogo entre essa senhorinha e um agente do FBI. É como se fosse uma história paralela, pois ela está sendo acusada de sequestrar um senador dos EUA.
Para aqueles que estavam sentindo falta dos casais protagonistas dos livros anteriores, não se preocupem: eles aparecem e também causam muita confusão!
"O Risco" é o encerramento de uma trilogia deliciosa. Um romance com muito humor, cenas engraçadas, uma avó sem noção e uma legião de fãs.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um excelente trabalho. A capa combina com a capa dos dois livros anteriores.

" - Prefiro não fazer apostas com uma criminosa condenada.
- Condenada? - Vovó ficou horrorizada, - Vire essa boca pra lá! Estou apenas de passagem, até esse pequeno mal-entendido acabar.
- Eu não chamaria uma van branca sem placas, um bilhete de resgate e uma quantidade de drogas suficiente para apagar um urso de... - ele ergueu os dedos, fazendo sinal de aspas - "mal-entendido".
- Pode chamar do que quiser. Sou inocente.
- E eu sou o Charlie Sheen.
- Sabia que você era familiar! - Você deu uma risadinha. - Diga, como vai aquele seu pai bonitão?" (p. 54)


Confiram as resenhas dos livros anteriores:

A Aposta - Livro 01 - clique aqui
O Desafio - Livro 02 - clique aqui

15 Comentários

  1. Já li os dois primeiros livros dessa série, não são os meus livros favoritos da vida, mas são muito bons, para você sentar uma vez, e ler todo. É super leve, e gosto dessa autora por isso. Estou louca para ler esse ai <3

    ResponderExcluir
  2. Eu conheci esta trilogia justamente por este último lançamento, O Risco. Bem, eu não conehço muito sobre as histórias anteriores, mas o que garantiu a minha leitura da resenha foi a sagacidade da vovó Nadine, risos. O enredo de O Risco me envolveu bastante, é realmente um romance delicioso, com a representação da atração entre os opostos e o humor por conta da vovó, esta série conseguiu conquistar um espeço em meus desejados.
    Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br
    Instagram: Consumidor de Sonhos | CdS

    ResponderExcluir
  3. Carolina1
    Acredito que o que mais me chama a atenção nessa série é poder conhecer Vovó Nadine, ela parece esperta, vívida e ama os netos.
    Muito curiosa pela leitura desse livro/série.
    “Temos o destino que merecemos. O nosso destino está de acordo com os nossos méritos.” (Albert Einstein)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. oiiii....
    kkkkkk gente essa velhinha e muito engraçada....esse utimo trecho e hilario.....kkk...bom nao lia a trilogia ainda....mas pretendo ler....gente tem tamto homem pra ela nao querer se envolver e ela diz que nao poderia ficar com um politico...e ela acaba ficando com quem ????exatamente.....e isso....otina resenha....obg pela dica...bjssss.....

    ResponderExcluir
  5. Gente, eu tô mega curiosa pra conhecer as peripécias dessa avó doidinha hahahahah. Deu vontade de ler justamente pelo o que você falou, a história foge do clichê. Eu gosto de romances que fogem do comum, para os clichês eu não tenho muita paciência (a não ser que eu esteja na tpm, hahahahah). Beijos :*

    ResponderExcluir
  6. Eu quero muito ler essa série, ainda não li nem um dos livros, mas pretendo ler logo, como gosto muito de romances acredito que irei gostar da série. Sua resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
  7. Oie :)
    Não tenho interesse em new adult devido a péssimas experiências literárias hahaha mas amo quando um livro tem um personagem carismático. Ainda sendo cupido? Hahaha. Já sinto de longe as vergonhas alheias que essa vovó Nadine aprontou.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Eu não conhecia esta série de livros. Pela sinopse o livro me pareceu bem mais ou menos, sem nenhuma animação o suficiente e nenhum segredo para me manter preso a leitura. Mas, com a introdução da vovó Nadine na história tudo mudou, este romance sem sal e sem açúcar se tornou uma bela comédia romântica. Gostei!

    ResponderExcluir
  9. Oi Carolina!
    Eu confesso que não tinha vontade de ler essa trilogia, mas tudo o que você falou sobre a vovó Nadine conseguiu mudar um pouco a minha ideia. Parece que ela deixa as coisas bem divertidas hein rs

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. ainda não li nenhum dos livros da serie, por enquanto só estou lendo as resenhas mesmo, tenho interesse em ler a serie futuramente e já estou separando uns para 2016.

    ResponderExcluir
  11. ainda não li nenhum dos livros da serie, por enquanto só estou lendo as resenhas mesmo, tenho interesse em ler a serie futuramente e já estou separando uns para 2016.

    ResponderExcluir
  12. Acho essa série interessante ,mas apesar disso ,não tenho tanta vontade de ler no momento .
    Talvez eu dia eu acabe lendo...
    Não curto muito as capas:/

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Ainda não conheço essa serie mas li algumas resenhas desse livro que me deixou com muita vontade de ler, fiquei bem curiosa sobre essa vovó Nadine que parece ser uma figura e uma verdadeira casamenteira e também gostei do enredo espero o ano que vem ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Carol.
    Eu amei os dois primeiros livros da série e já estou com esse na minha estante!!
    Não vejo a hora de ler!!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  15. Amei a capa.
    Não conhecia essa trilogia, mas me parece muito boa.
    Curiosa para conhecer a Vovó Nadine rsrsres

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.