Missão justiça – Crônicas de Elementia: Uma aventura não oficial de Minecraftde Sean Fay Wolfe – Fan-fiction inspirada no fenômeno Minecraft, um dos jogos mais vendidos do mundo e febre entre os pré-adolescentes, o primeiro volume da série Crônicas de Elementia, do jovem Sean Fay Wolfe, foi escrito entre uma aula e outra num notebook que Sean levava para o colégio e publicado de forma independente quando ele tinha apenas 16 anos. Mas o sucesso do jovem autor logo chamou a atenção da gigante HarperCollins, que não demorou a adquirir os direitos de publicação da obra. Em Missão justiça, que chega agora às prateleiras de todo o Brasil pelo selo Rocco Jovens Leitores, três jovens jogadores de Minecraft são vítimas de preconceito e perseguição de usuários mais experientes no servidor Elementia e se veem envolvidos em grandes batalhas contra as forças do mal. Uma jornada eletrizante para os fãs do universo Minecraft e para qualquer leitor em busca de uma boa aventura. [Leia +]

A eternidade pelos astros – Coleção Memórias do Futurode Louis Blanqui (Org. Marco Lucchesi) –  No segundo livro da coleção Memórias do Futuro – que reúne clássicos inéditos ou pouco conhecidos no Brasil, mas que mantêm o frescor estético e a atualidade –, o teórico socialista e revolucionário francês Louis-Auguste Blanqui (1805-1881) une química e poesia para refletir sobre a dinâmica do universo e a existência humana. Segundo ele, o universo é composto por um número finito de elementos que, combinados de incalculáveis maneiras diferentes, repetem-se, com pequenas variações, eternamente: “A eternidade encena, imperturbável, no infinito, as mesmas representações.” Mais do que a veracidade científica de suas hipóteses, a beleza da viagem empreendida por Blanqui, que antecipou o pensamento de Nietzsche acerca do eterno retorno, está no modo como se desenrola a argumentação, na riqueza das analogias e no brilhantismo sardônico de seu estilo. [Leia +]
Nanook– Ele está chegandode Gustavo Bernardo – Bernardo só começou a falar aos quatro, ainda assim numa língua irreconhecível. Aos 15, o garoto, considerado problemático pela mãe, é levado a uma clínica psiquiátrica e, durante a consulta, numa espécie de surto, faz uma declaração enigmática: “Eu só queria avisar: Nanook está chegando.” Durante seu tratamento, Bernardo torna-se um desafio para seu médico, principalmente quando fatos estranhos começam a ocorrer, como a queda brusca das temperaturas em todo o mundo e o aparecimento de estranhos cães brancos pela cidade de Ouro Preto. Que ligação pode existir entre o aviso de Bernardo e esses fatos? Com quarta-capa assinada por Ana Maria Machado, Nanook encerra a Trilogia da Utopia, do escritor, ensaísta e professor universitário Gustavo Bernardo. Um romance envolvente que mergulha nas tradições da população inuit, os primeiros habitantes das regiões árticas do Canadá,  e convida o leitor a refletir sobre questões como autismo e mudanças climáticas. [Leia +]

O túmulo da borboleta – The Murder Notebooks #3de Anne Cassidy – Depois de Hora morta e A morte de Rachel, a série de suspense The Murder Notebooks chega ao seu terceiro volume, O túmulo da borboleta, levando os jovens Rose e Joshua a Newcastle, onde o tio de Joshua está internado e onde os dois descobrirão fatos surpreendentes sobre seus pais e o mistério que cerca seu desaparecimento. Decididos a investigar o paradeiro de Kathy, mãe de Rose, e Brendam, padrasto da garota e pai de Joshua, os dois adolescentes se veem enredados numa trama de perigos e segredos que envolve uma tatuagem de borboleta e seis cadernos com anotações em código, mapas e foto que eles terão que desvendar se quiserem descobrir o que realmente aconteceu. E principalmente se quiserem sobreviver. [Leia +]



Autor: Chris Melo
Preço: R$ 29,50
320 pp. | 14 x21 cm
ISBN: 978-85-68432-34-1
Assuntos: ficção – romance/novela, ficção nacional
DISPONÍVEL EM E-BOOK
Preço: R$ 19,00
E-ISBN: 978-85-68432-49-5

Considerada a “Nicholas Sparks de saia” pelos fãs, Chris Melo estreia na Rocco com um envolvente romance sobre o poder extraordinário do amor. A trama conta a história de Elisa, que embarca para a Inglaterra decidida a começar sua vida adulta, levando na bagagem seus planos e sonhos para o futuro; e Paul, um artista tentando se encontrar e que vive intensamente cada momento. O que poderia ser apenas um encontro casual entre dois jovens tentando achar o seu lugar no mundo se transforma, pelas mãos da autora, numa profunda jornada de autoconhecimento, superação, perdão e recomeços. O livro chega às prateleiras em edição revista, trazendo novas cenas e um epílogo emocionante, e inaugura a coleção <3 Curti, dedicada a leitores que não abrem mão de uma boa história romântica com final feliz.
Enquanto espera desanimada o temporal passar, Elisa resolve dar uma última conferida nos e-mails naquele fim de noite de sexta-feira. Entre as muitas mensagens sem importância, uma lhe faz derrubar o copo no chão. Enquanto seca o piso molhado, ela considera apagar o e-mail sem ler. Há muito tempo Elisa não esperava mais receber qualquer notícia de Paul. A vida, mesmo sem grandes emoções, havia entrado nos eixos.
Angustiada e ansiosa, Elisa decide não mexer naquela história há tanto tempo guardada. Dois dias depois, porém, recebe nova mensagem. Uma resposta distante e educada deve dar conta da situação. Escreve que a vida anda corrida e não poderá agendar nada com Paul em sua vinda ao Brasil para o lançamento de um filme. Assunto resolvido, pelo menos em parte, pois os pensamentos de Elisa não conseguem voltar da Inglaterra, mais especificamente de York, cidade medieval do norte do país, onde seis anos antes se encontrara com aquele inglês de olhos azuis penetrantes pela primeira vez.
Paul não desiste tão fácil e Elisa acaba cedendo. Um encontro formal, rápido, não deve lhe fazer tanto mal. Seis anos provocaram inúmeras diferenças nas vidas dos dois. Elisa retornou ao Brasil, seguiu com a carreira em uma revista, lançou o primeiro livro. Paul, então um aspirante a ator, tornou-se uma celebridade. A vida havia seguido em frente, mas, mal sabiam eles, ainda lhes reservava muitas outras surpresas. A trajetória dos dois vai sendo compartilhada por Elisa como se fosse uma história contada às amigas, de forma intimista e detalhada. 
A autora Chris Melo exerce um encantamento com sua escrita dinâmica, prendendo a atenção com cada uma das idas e vindas da protagonista. Primeiro as leitoras retornam com Elisa à Inglaterra, para depois acompanharem, imersas em um sem fim de sentimentos, as decisões que ela precisará tomar para ficar ou não ao lado de Paul, seja em São Paulo, em Londres ou em Hollywood. Impossível largar o livro antes de saber o desfecho da história. 


Autor: Ben H. Winters
Tradução: Ryta Vinagre
Preço: R$ 34,50
320 pp. | 13x20 cm
ISBN: 978-85-325-2990-9
Assuntos: ficção – romance/novela, policial, ficção científica/distopia
DISPONÍVEL EM E-BOOK
Preço: R$ 22,50
E-ISBN: 978-85-8122-632-3
Faltam apenas 77 dias para o asteroide Maya atingir a Terra, e Hank Palace não tem mais emprego. A força policial de Concord agora está sob o controle do Departamento de Justiça, e investigar crimes não é mais uma prioridade. Mas Palace não pensa assim. Em Cidade dos últimos dias, segundo livro da trilogia iniciada com O último policial, Ben H. Winters acompanha o ex-detetive na investigação do desaparecimento de Brett Cavatone, o marido da sua antiga babá, enquanto faz reflexões sobre a decadência da sociedade e o fim dos tempos. Misto de romance policial com ficção científica, o novo romance de Winters consolida a trajetória de Hank Palace como herói de um mundo em ruínas. 
O detetive, agora, é oficialmente um desempregado. Com o fim do departamento de investigações da polícia de Concord, ele passa seus dias em busca de paz e algo que possa ocupar sua mente enquanto espera a chegada do apocalipse. Mas a visita surpresa e o pedido de ajuda de Martha Milano, que muito tempo atrás tomava conta de um pequeno Hank e sua irmã Nico, são o suficiente para tirar Palace da aposentadoria.
Brett Cavatone, ex-oficial da policia estadual, desapareceu. E Hank é a última esperança de Martha. Com a sociedade se desmantelando a sua volta, Hank tenta a todo custo juntar as poucas pistas que tem. E este estranho quebra-cabeça o leva ao campus da Universidade de New Hampshire, que neste mundo louco, declarou independência e se tornou um próprio estado.
Com a ajuda de Nico, as respostas começam a aparecer. Mas se por um lado o sumiço de Cavatone não parece tão misterioso assim, algumas ideias de Nico e seus amigos da República Livre não são tão simples. Com mais informações, um quadro começa a se formar na cabeça de Hank, e encontrar Brett aparenta ser somente uma questão de tempo. Será que Maya dará este tempo a Hank?
Cidade dos últimos dias traz novas indagações de como devemos encarar o fim e o que os homens devem uns aos outros. O que significa ser civilizado quando toda a civilização está em colapso? De uma maneira ou de outra, Hank Palace é forçado a encarar estas questões enquanto corre contra o tempo em busca do desaparecido.


HOTELLES - Quarto 2
Autor: Emma Mars
Tradução: Rejane Janowitzer
Preço: R$ 39,50
352 pp. | 16x23 cm
ISBN: 978-85-325-2985-5
Assuntos: ficção – romance/novela, erótico
DISPONÍVEL EM E-BOOK
Preço: R$ 25,50
E-ISBN: 978-85-8122-562-3

O jogo de sedução envolvendo a jovem Annabelle Lorand, conhecida como Elle, está de volta. Hotelles – Quarto 2mostra o que aconteceu com a protagonista depois de trocar o noivo, o magnata da comunicação David Barlet, por Louis, irmão mais velho dele. A segunda parte da trilogia erótica elaborada por Emma Mars também é ambientada em Paris e conserva a mistura de romance, mistério e intrigas, bem como as cenas quentes que marcaram o primeiro livro.
Muita coisa mudou na vida de Annabelle Lorand desde que ela decidiu abandonar o noivo, David Barlet, para ceder à paixão arrebatadora por Louis. Ao longo dos meses em que morou no Hôtel des Charnes ao lado de seu novo amor, Elle pouco saiu da cama. Uma das raras ocasiões em que isso aconteceu foi para acompanhar o funeral de sua mãe, vítima de uma grave doença. Mas, na maior parte do tempo, a educação sexual de Elle continuou, tendo Louis como um professor dedicado.
Usando como cenário não apenas o quarto 1, batizado de Joséphine, mas as alcovas que remetem a outras cortesãs – Mademoiselle Deschamps, Kitty Fisher, Cora Pearl, Valtesse de la Bigne e Liane de Pougy –, Elle foi iniciada em diferentes aspectos da pluralidade sexual. Em uma apimentada obediência, ela cedeu a todas as fantasias que Louis imaginou para o casal. Quando o Hôtel de Mademoiselle Mars, inteiramente restaurado por Louis para ser a residência dos dois, finalmente fica pronto, ela percebe que o que viveu até ali não passou de um simples ensaio para o grande espetáculo de prazer e sedução planejado por seu amante. 
A volta inesperada de David desperta memórias dolorosas e deixa Elle com a sensação de que sua vida de amor e êxtase pode estar ameaçada. Aos poucos, ela descobre que se envolveu em uma nova rede de segredos, que incluem até sua melhor amiga, Sophia, e a Belas da Noite, agência de acompanhantes para clientes classe A por meio da qual conheceu os irmãos Barlet. Poderia ela ter se enganado sobre Louis e David? Estariam os dois irmãos tramando um enredo sórdido para atraí-la e se divertirem às custas dela? Mergulhe no universo sedutor criado por Emma Mars e descubra as respostas.


Autor: David Ebershoff
Tradução: Paulo Reis
Preço: R$ 34,50
368 pp. | 14 x21 cm
ISBN: 978-85-68432-44-0
Assuntos: ficção – romance/novela
DISPONÍVEL EM E-BOOK
Preço: R$ 22,50
E-ISBN: 978-85-68432-50-1

Uma história de amor incomum e comovente – The New York Times.

Doloroso e inesquecível… Um triunfo completo – The Boston Globe.

Greta precisava finalizar o retrato da mezzo-soprano Anna Fonsmark, que acabara de cancelar a sessão por causa de um ensaio. Ela então pediu ao marido Einar Wegener um pequeno favor. “Preciso de um par de pernas... E pensei comigo mesma que as suas talvez servissem... Você se incomoda de vestir as meias dela? E os sapatos?”, perguntou. Assustado e excitado ao mesmo tempo, Einar, depois de rogar por segredo, relaxou e começou a puxar a meia por cima da panturrilha. Nesse dia, ano de 1925, nascia Lili Elbe, uma espécie de alter ego feminino do pintor. O que começou como mera brincadeira acabou se tornando uma rotina para o casal: Einar passa a se vestir cada vez mais como Lili, por quem Greta se vê estranhamente atraída. História de amor surpreendente entre uma mulher brilhante, generosa e à frente do seu tempo, e um homem que ousou seguir o seu desejo mais profundo, A garota dinamarquesa foi adaptado para o cinema, com Eddie Redmayne e Alicia Vikander no elenco.
Inspirado na história real do pintor dinamarquês Einar Wegener e sua esposa, David Ebershoff escreveu uma obra de ficção, como define em nota no final do livro. “Escrevi o romance a fim de explorar o espaço íntimo que definia esse casamento incomum. Estas páginas contêm alguns fatos importantes acerca da transformação de Einar, mas os detalhes da história são invenções da minha imaginação”, afirma Ebershoff. O resultado é um romance inquietante sobre uma inusitada e sincera história de amor e um retrato de um dos primeiros transexuais a passar por uma cirurgia de mudança de sexo no mundo. Publicado pela Rocco em 2002, antes da questão de gênero ocupar a pauta do dia, A garota dinamarquesa retorna às prateleiras com novo projeto gráfico, capa com o pôster do filme e posfácio assinado pelo autor. 
A pintura de Greta floresce tendo Lili por musa. Seu trabalho chama a atenção de um conceituado marchand francês, e o casal se muda para Paris. Na permissiva atmosfera do entre guerras, Lili sente-se liberada, tornando-se progressivamente o par de Greta em suas aparições públicas. À medida que Einar desaparece da lembrança, eles percebem que uma escolha terá de ser feita. Greta conhece um cirurgião na Clínica Municipal Feminina de Dresden disposto a tentar uma operação para mudança de sexo. Einar vai à Alemanha para se tornar, de uma vez por todas, Lili Elbe. 
A garota dinamarquesa retrata uma quase esquecida história de amor entre um homem que descobre sua verdadeira sexualidade e uma mulher disposta a se sacrificar por ele, tendo como pano de fundo o glamour e a decadência da Europa das décadas de 1920 e 1930. Trama ousada, inquietante, narrada com elegância e sutileza únicas. 

14 Comentários

  1. Sob a luz dos seus olhos parece tão encantador ♥ A capa é linda, assim como a premissa. A Garota Dinamarquesa parece ser bastante interessante, assim como o filme. Preciso ler the murder notebooks! E essa onda de livros de minecraft?? rsrs
    Abs
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li Sob a luz em uma edição anterior e é uma história realmente linda.
      Murder notebooks está na minha listinha, pois já li os anteriores. Concordo Dan, o que está havendo com esse excesso de minecraft?
      Bjkas

      Excluir
  2. Dentre esses lançamentos o que mais me interessou foi o da Chris Melo, pelo fato de eu amar o Nicholas Sparks e ela ser considerada o Nicholas de saia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samira, tudo bem?
      O livro é realmente lindo e emocionante!
      Bjkas

      Excluir
  3. eita mais um livro do minecraft? não basta aguentar meus amigos falando do jogo agora tenho que aguentar nas livrarias tb? eu não conhecia a coleção memórias do futuro, mas achei bastante interessante.
    o da chris acho que vou deixar ver as resenhas antes, apesar da capa linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, tudo bem?
      Pois é, o minecraft invadiu as livrarias rs.
      O da Chris é lindo, vale a pena conferir!
      Bjkas

      Excluir
  4. Com muita vontade de ler Sob a luz dos seus olhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Theresa, acho que você irá amar esse livro. É lindo demais.
      Bjkas

      Excluir
  5. Oi!
    Gostei muito dos lançamentos principalmente Sob a luz dos seus olhos já li uma resenha sobre a historia que gostei muito !!

    ResponderExcluir
  6. Querendo ver o filme de A garota dinamarquesa e quem sabe ler esse livro. Foi o que mais gostei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi uma entrevista com os atores sobre o filme, Cristiane. Achei bem interessante e vou conferir o filme.
      Bjkas

      Excluir
  7. Adora essa editora gente ♥ A garota dinamarquesa tinha livro não.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.