Editora:Verus
Ano:2015
Páginas:140

*Acervo pessoal

Sinopse:Inés está convencida de que toda mulher, em algum momento, será traída. Assim, não fica tão surpresa quando encontra um bilhete nas coisas de Ernesto, seu marido — um coração desenhado com batom vermelho, escrito “te amo” e assinado “Tua”. Porém, quando Inés percebe que a traição do marido vai muito além do que ela pensava, trama um plano de vingança do qual não haverá volta.

Tua é um romance policial vertiginoso, mas também um retrato implacável da vida íntima da classe média. Claudia Piñeiro capta com genialidade as vozes da sociedade contemporânea, entre elas a de uma dona de casa disposta a qualquer coisa para manter as aparências.




Tua é uma história que retrata fatos cotidianos como gravidez indesejada, desgaste no relacionamento, mentiras, traições, aparências.. Tudo com personagens que podem ser facilmente confundidos com pessoas do cotidiano de uma vida comum.

Inês está casada com Ernesto faz longos anos.. No começo era uma coisa e com o tempo caiu na rotina. No passado, Ernesto não tinha certeza do que queria exatamente, porém quando Inês engravidou, ele se viu imediatamente preso e obrigado a assumir as responsabilidades de um pai e esposo.. Com isso dezessete anos se passaram e hoje possuem uma filha adolescente que possui sérios problemas e que ninguém vê. O casal Inês e Ernesto, está cada um preocupado consigo mesmo e simplesmente não percebem o óbvio.

A relação caiu na rotina e desgaste.. Inês é uma mulher que mantém as aparências, custe o que custar e mesmo percebendo que as coisas não estão muito bem e sabendo que em algum momento toda mulher passa por uma traição e mesmo ao encontrar um bilhete escrito de batom vermelho, assinado por "Tua", ela aparentemente está bem com isso, não pretende ir atrás do caso ou dar grande importância; tem sua  mãe como exemplo, que às vezes é melhor fingir que não viu.

Quando Ernesto sai no meio da noite com uma desculpa; Inês o segue curiosa para saber de quem se trata "Tua" e o que encontra é algo que começa a dar um rumo completamente diferente a sua história. Ao presenciar um crime, ela se mantém afastada e pensa em como agir.. As possibilidades são inúmeras, mas ela resolve que o melhor a fazer é ser o álibi de Ernesto, afinal, ele não pode estragar dezessete anos de casamento e boas aparências por um erro ou acidente. 

Com isso as coisas se complicam mais e mais e o que vemos em Tua de Claudia Piñeiro é uma roldana em constante movimento, onde cada ação leva a uma reação e nem sempre as coisas são o que parecem ser. Uma mulher traída e enganada é capaz de qualquer coisa para ter um pouco de sua dignidade de volta, até mesmo tramar planos inimagináveis para uma simples dona de casa.

Eu gostei muito desse livro; não conhecia a autora e fiquei encantada com sua escrita nua e crua.. Sem rodeios! Adoro ver mulheres fortes e determinadas nas histórias, mesmo que não sejam "boazinhas" e "mocinhas inocentes". Ernesto teve o que  mereceu! 
Uma pena é que o casal estivesse tão preocupado com suas próprias tramas que simplesmente esqueceram-se de Lali que também estava passando por momentos muito delicados e precisava de muito apoio.

Não curti a parte em que Inês simplesmente não tem qualquer ligação com a filha. Ela engravidou porque precisou.. Simples assim. O sonho de Inês era uma vida tranquila, pacata e perfeita; diferente da que sua mãe viveu. Até certo ponto ela teve isso, porém não se pode controlar o destino e as pessoas. Mas como diz o ditado: "Se a vida te der limões, faça uma bela limonada".

A trama é bem amarrada e muito bem desenvolvida. Rápida! Eu li em uma única sentada!
Não se engane pelas poucas páginas ou autora desconhecida no Brasil; pois quem não leu "Tua" não sabe o que está perdendo!

9 Comentários

  1. A premissa é extremamente cruel, saber que a escrita da autora é nua e crua me interessa bastante, leituras rápidas com muito suspense e romance policial me chamam atenção. Ansioso para ler.
    Abraços =)
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Karini.
    Gostei bastante da sua resenha, mas não me animei muito em ler o livro.
    Por enquanto vou deixar...
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  3. Vejo coisas super legais desse livro e gostaria de ler um dia. Também gosto de personagens fortes, não consigo aturar mimimi em personagens femininas e normalmente o livro perde muito a graça pra mim quando são assim. Esse tem o belo ponto positivo de ter uma personagem forte e gostei muito.

    ResponderExcluir
  4. Não fiquei com muita vontade de ler o livro, apesar da história parecer interessante.

    ResponderExcluir
  5. O livro não me chamou muita atenção, esse eu passo.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Ainda não conhecia essa historia mas pareceu interessante gostei dos temas que a autora aborda no livro e fiquei curiosa com essa serie de acontecimentos !!

    ResponderExcluir
  7. eu não conhecia a autora, mas é tão cenas do dia a dia que eu conheço várias inês...

    o mais triste não é sofrer por uma personagem é saber que muitos filhos passam por isso... pais que não querem assumir.

    só não sei se eu vou ler, pq ando fugindo desse tipo de histórias (já tenho as minhas para resolver...)

    ResponderExcluir
  8. Olá, adorei a resenha e o tema do livro, muitas mulheres pensam igual a protagonista que um dia todas serão traídas! Adorei o fato da vingança, e estou curiosa pra ler esse livro e ver o que Inês fez para Ernesto que ele mereceu!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.