Sinopse:Mary Beth Latham tem uma vida que considera perfeita. Muito dedicada à família, ao lado do marido Glen, construiu um lar feliz e saudável para Ruby, a filha mais velha, e para os gêmeos adolescentes Max e Alex. Mas, quando percebe uma mudança no comportamento de Max, há algum tempo deprimido e mais calado que o normal, Mary dedica toda sua atenção a ele. E é nesse momento que acontecimentos a princípio sem importância anunciam uma tragédia. Porém, ao se dar conta das rachaduras na redoma na qual instalou a família, já é tarde demais, e a sequência disso é a prova de todo amor e determinação de uma mãe e do poder que a esperança tem em nos manter vivos.

Até o fim conta a trajetória de uma mãe que levou adiante uma vida com a qual jamais sonhou, mas que teve coragem suficiente para enfrentá-la.

· Best-seller do New York Times.

· Anna Quindlen foi a primeira escritora a aparecer nas listas de ficção, não ficção e autoajuda dos mais vendidos do New York Times.

· Foi vencedora do Prêmio Pulitzer por sua coluna “Public and Private”, publicada pelo New York Times.

Até o fim foi uma história que me tocou bastante e me deixou completamente de queixo caído. A autora Anna Quindlen foi muito feliz na forma como criou seus personagens, tão reais e palpáveis que nos faz pensar e repensar situações do nosso dia a dia. Aparentemente criou uma família que pode ser confundida com qualquer outra, com suas rotinas, problemas, desgostos e situações que levam todos a decisões que em algum momento podem ou não impactar na vida de todos e ser irreversível. 

Ao início da leitura a autora nos apresenta a vida de Mary Beth e com ela seus filhos, marido e tudo que ela sente sobre o que passa ao redor. Parece uma família feliz, apesar das pequenas coisas que balançam toda a estabilidade da mesma. Porém Mari Beth não se sente completamente satisfeita em como as coisas andam por lá, antes ela se sentia essencial para cada um deles, mas óbvio que à medida que os filhos crescem todos vão criando suas personalidades, gostos e por consequência se distanciando da vida que costumavam ter para criarem seus próprios laços fora do ninho e Mari Beth sente bastante isso. O casamento feliz, também está em uma rotina sem fim, quando ambos, tanto Mari Beth quanto Glen, já simplesmente "deixam para lá" certas coisas que talvez precisem ser discutidas.. Sabe a tal da rotina? Às vezes ela é uma amiga querida, mas outras pode ser uma vilã na nossa relação!

Ruby a filha mais velha do casal tenta a todo custo se livrar de um ex-namorado que não aceita o término e insiste em se fazer presente e constante na família.. E talvez por pena pela situação de vida do jovem, costume, familiaridade isso se torna cada vez mais complicado.. Ele está sempre lá! Como alguém que realmente faz parte daquele mundo e daquela família! Tem os gêmeos Max e Alex que apesar de gêmeos as semelhanças para exatamente aí.. Ambos são o extremo oposto um do outro. Max está se tratando com um psicólogo para quem sabe ajudá-lo a achar seu lugar no mundo e se identificar melhor com aqueles que estão ao seu redor, enquanto Alex tem é mais extrovertido.. Mas parece não se entender de forma alguma com seu irmão e nem ter vontade disso! 

Aparentemente uma família comum, com problemas comuns.. Porém algo muito ruim está se aproximando e foi exatamente aí que eu fiquei completamente desnorteada, pois não saberia como reagir a tal situação, e claro, Mary Beth e nós sabíamos que algo bem ruim estava se aproximando, mas jamais imaginei que fosse algo de tamanha proporção! Então o que vem a seguir meus caros, só vocês lendo para saber do que estou falando. 

Só o que posso garantir com toda certeza, é que o livro apesar de parecer ser simples, sobre mais uma família e coisas normais e até clichê, não tem nada disso! Ele realmente consegue fazer com que o leitor fique grudado a cada virada de página em pânico, pressentindo algo que está por vir e que certamente mudará o curso de tudo para sempre!





14 Comentários

  1. Eu li esse livro e não gostei, achei ele parado

    ResponderExcluir
  2. A história parece ser ótima, mas não fiquei com muita vontade de ler. E já vi algumas pessoas falando mal dele.

    ResponderExcluir
  3. Nossa gostei...
    Já me apaixonei pela estória, gostei muito dessa resenha, espero que a reviravolta também me surpreenda.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, gostei bastante da resenha. Fiquei com muita vontade de ler o livro. Complicado explicar a intensidade do livro da maneira que vc explicou sem dizer nenhum spoiler e vc conseguiu me deixar louco pra descobrir esse mistério. A história me lembrou muito O Segredo do Meu Marido que eu gostei muito de ler.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que achei o livro simples demais, sabe? Mas apesar disso não tenho outra objeção para le-lo, creio que deve ter algo a mais na história.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Karina.
    O livro pareceu interessante, mas não é muito o tipo de leitura que estou procurando no momento! Quem sabe em uma outra hora...
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva
    www.leitoracompulsiva.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esse livro, mas lendo um pouco mais sobre a resenha fiquei bem curiosa, seus comentários positivos sobre esse livro despertaram minha curiosidade, então pretendo ler esse livro.

    ResponderExcluir
  8. Uau , amei sua resenha e fiquei mega curiosa para Ler u.u
    Realmente ,parece um livro bem simples,ainda bem q não é ,quero.muito ler .

    ResponderExcluir
  9. Então, você me deixou imensamente curiosa à respeito do livro. Recentemente eu comecei a adquirir mais gosto por esse tipo de leitura, que muitas vezes é surpreendente. Isso é o que Até o fim aparenta ser e eu não vejo a hora de tê-lo em mãos. Ótima resenha! Tô aqui me roendo de vontade de ler. Vou ter que dar um jeito de encaixar na famosa lista.

    ResponderExcluir
  10. Fiquei curiosa para ler esse livro, de verdade, os personagens mais 'reais' atraíram minha atenção, já adicionei no skoob para poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Gostei que a autora nos consiga trazer personagens tão reais e com problemas reais, mas não consegui me envolver com a historia !!

    ResponderExcluir
  12. A história até parece se bem boa, mas normalmente eu não gosto de livros que tem familias como centro de um drama (que é o que parece ser) hahaha

    ResponderExcluir
  13. Nossa fiquei impressionada com a resenha, não conhecia o livro, mas fiquei com muita vontade de ler, gosto quando temos personagens que poderiam ser nossos vizinhos, pretendo dar uma chance ao livro, espero gostar.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  14. Fiquei na dúvida entre ler ou não,porque não gosto de livros com muitooos problemas familiares, sempre me deixam depre.
    Porém, como uma coisa muito ruim vai aconteecer, fiquei curiosa kkkkk
    vou anotar aqui o nome do livro, e se surgir a oportunidade, lerei sim.
    bjoos
    elvisgatao.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.