Sinopse - Algo está acontecendo na natureza. Uma misteriosa doença começa a se espalhar pelo mundo. Inexplicavelmente, animais passam a caçar humanos e a matá-los de forma brutal. A princípio, parece ser algo que se dissemina apenas entre as criaturas selvagens, mas logo os bichos de estimação também mostram suas garras e as vítimas se multiplicam. A humanidade é presa fácil. Apavorado, o jovem biólogo Jackson Oz assiste a escalada dos acontecimentos. Ele já previu esse cenário alarmante há anos, mas sempre foi desacreditado por todos. Depois de quase morrer em uma implausível emboscada de leões em Botsuana, a gravidade da situação se mostra terrivelmente clara. O fim da civilização está próximo.Com a ajuda da ecologista Chloe Tousignant, Oz inicia uma corrida contra o tempo para alertar os principais líderes mundiais, sem saber se as autoridades acreditarão em um fenômeno tão surreal. Mas, acima de tudo, é necessário descobrir o que está causando todos esses ataques, pois eles se tornam cada vez mais ferozes e orquestrados.Em breve não restará nenhum esconderijo para os humanos...

O prólogo se desenrola no Zoológico de Los Angeles, onde acompanhamos a percepção de Dominick e Mosa, um casal de leões que sofre uma mudança. Tal mudança vem com uma sensação de caça para os animais e o leitor observa isso através da narração, que nos apresenta o que os animais sentem e como agem.

"Larson parece uma boneca de pano indefesa quando Mosa sacode sua cabeça de um lado para outro. Então, o pescoço se quebra com um estalido semelhante ao de um lápis se partindo, o último som que seu cérebro registra antes da morte." (p. 10)


Na primeira parte do livro somos apresentados ao protagonista Oz, seu humor sarcástico e seu cotidiano. A história é desenvolvida com capítulos narrados em primeira pessoa por Oz e em terceira pessoa. Oz é um cientista desacreditado por conta de sua teoria. 

"Mas eu não era um contestador nem um místico tentando estabelecer uma conexão profunda e intrínseca com a realidade. Eu estava mais para um Chicken Little biólogo e evolucionista, só que, em vez do céu, era a vida na Terra que estava desmoronando. Todo reino animal. Uma coisa muito, muito esquisita e muito, muito ruim estava acontecendo, e eu era a única voz chamando a atenção para esse fato." (p. 15)

"Soa como algo grandioso, eu sei, mas meu medo era que, se eu estive certo - e pela primeira vez na vida eu sinceramente esperava estar errado -, estaria ocorrendo uma alteração do paradigma planetário que ia fazer o aquecimento global parecer um passeio de domingo num jardim orgânico comunitário." (p. 15)

Oz divide o apartamento com Attila, um chimpanzé que ele resgatou. Por mais que inicialmente cause estranheza, o autor descreve em alguns capítulos os sentimentos e as motivações da ação de Attila, que acaba ganhando um papel importante na obra. 


Oz é um personagem obstinado, que vai fazer de tudo para chamar a atenção dos cientistas para a sua teoria. Tem um humor ácido e mesmo em momentos de grande tensão, tem um comentário inapropriado. Ele é teimoso, mas descuidado. Provavelmente muitas das situações em que ele se envolveu no livro poderiam ser evitadas se apenas parasse um segundo antes de agir.

Ele conhece Abraham Bindix, um guia de safári que mora em Botsuana. É Abraham que entra em contato com Oz e pede sua presença, pois estranhos eventos estão ocorrendo em seu país.

" - Oz, você não estava louco, afinal - falou Abe com seu sotaque africâner de erres enrolados e consoantes ríspidas. - Você tinha razão. O comportamento dos leões está errado, totalmente errado. Errado, errado, errado. Acabei de chegar de uma caçada particular lá no norte, perto do Zimbábue. Encontramos uma aldeia.. uma aldeia inteira... vazia. Com sangue e rastros de leão de uma ponta a outra. Nunca vi ou ouvi falar de uma coisa assim." (p.31/32)

É nessa viagem para a África que Oz e a civilização começam a perceber que seus dias estão contados. Os eventos que vão se seguindo, demonstram que os animais estão atacando seres humanos e que todos estão em perigo. É nesse momento também que Oz conhece Chloe, uma jovem ecologista que irá apoiá-lo e ajudá-lo a pensar em como salvar a todos. 

Chloe é uma personagem coadjuvante. Sua personalidade não se destaca e seu comportamento é passivo na maior parte do livro. 
A ideia central do livro é muito boa e também é um alerta sobre o comportamento das sociedades. Mesmo quando se descobre a causa da mudança comportamental e o que pode ser feito para evitá-la vemos indivíduos que pensam no conforto próprio ao invés de pensar no bem coletivo.
Os capítulos são curtos e as narrações vão se alterando entre Oz e os demais acontecimentos. A escrita é sucinta e fluida, dando grande dinamismo à trama.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um bom trabalho. A capa está relacionada com o conteúdo e chama a atenção.



A SÉRIE

Como tive a oportunidade de ler o livro e assistir toda a primeira temporada da série televisiva, acho interessante comentar que o seriado é mais atrativo do que o livro.
Sendo uma adaptação, entende-se que a série possui elementos baseados no livro. Sim, é verdade, mas nesse caso em específico são poucos. O que o livro e a série tem em comum? O fato que os animais estão se voltando contra os seres humanos. Só isso? Sim.
Jackson (ou Oz) é o protagonista do seriado também, mas sua história é bem diferente. Primeiro, a teoria dos animais não é sua e sim do seu pai, com quem ele não fala há anos. 
Chloe também é completamente diferente. Na série, ela é uma agente da inteligência francesa, especialista em traçar perfis comportamentais.
Nem vou comentar sobre os personagens "coadjuvantes". Eles dão um brilho extra e suporte ao enredo com suas histórias próprias e as confusões em que se metem.
Ah, pelo menos o motivo dos animais se voltarem contra os seres humanos é igual? Não. É completamente diferente, tem uma grande conspiração envolvida e algumas agências com nomes cheios de siglas no meio.
Aí vocês vão me perguntar: Carol, então a série é melhor? Sim e não. Digo não, porque quando acabei de ler o livro, não o relacionei com a série. É como dizer que li o Drácula e querer comparar com o Crepúsculo. Ambos falam de vampiros, mas de forma bem diferentes ;)




20 Comentários

  1. Respostas
    1. A série é ótima, não é, Maria Fernanda?!
      Bjkas

      Excluir
  2. Não li o livro e nem vi a série, mas vejo coisas bem positivas sobre a série. Acredito que a razão de tantas mudanças seja o público que estavam tentando atingir, além de que muitas coisas no livro podem não se dar tão bem na tela...

    http://my-lifeasabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Júlia, tudo bem?
      Sim, as mudanças fazem parte de qualquer adaptação televisiva, não temos como fugir disso.
      Bjkas

      Excluir
  3. Nem sabia que tinha uma série, Kkk. Mas nem li também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Theresa, tudo bem?
      A série já teve uma temporada completa e estou na expectativa pela segunda rs
      Bjkas

      Excluir
  4. Gostei da indicação, gosto do James Patterson, só não acompanho ultimamente os livros que saíram, gostei da ideia proposta, não sabia nem da série! Eu ficaria maluco se os animais arquitetassem um ataque, uma história muito bem construída, se for desenvolvida de uma boa forma ficará um livro ainda melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caio, tudo bem?
      A ideia do livro é muito boa mesma. A explicação dada de certa forma até tem lógica ao tentarmos transportar para a nossa realidade, o que torna o livro um pouco assustador rs
      Bjkas

      Excluir
  5. já conheço o livro e a série mas não sabia que era adaptação do livros de James Patterson, gostei da resenha, pretendo ler o livro e depois ver a série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, tudo bem?
      É uma adaptação sim e muito boa, por sinal.
      Bjkas

      Excluir
  6. Sabia que já tinha visto algo parecido com esse livro ,a série ,achei bem interessante ,mas já que VC disse que é completamente diferente vou ler o livro e assistir o resto da série u.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, tudo bem?
      Realmente são bem diferentes, mas as duas coisas, o livro e a série, são ótimos.
      Bjkas

      Excluir
  7. Ainda não li o livro, e nem assistir a séria, porém gostei muito da estória, vou dar uma pesquisada sobre a série e se continuar interessada vou comprar o livro.
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marlene, tudo bem?
      Fico feliz em saber que gostou da resenha ;)
      A história é boa e bem diferente do que tenho lido atualmente.
      Bjkas

      Excluir
  8. Não sei porque mas relacionei o livro a revolução dos bichos (eu sei que o contexto histórico é diferente e tals), enfim, eu nunca li nada do autor, mas a trama parece ser boa, nao sei to na duvida de verdade.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Já tinha visto o livro mas não sabia que tinha a serie, o livro não me interessou muito mas pelo trailer a serie parece interessante e quero assisti ao primeiro episodio para ver o que acho !!

    ResponderExcluir
  10. Sou loooouca para ler esse livro!!
    Achei o máximo, superinteressante e diferente!
    E até pode vir a se tornar real, por que não hein?! kkkkk
    bjss

    ResponderExcluir
  11. Nossa parece ser bom o livro, li somente um livro do autor, e gostei muito da resenha e fiquei curiosa para ler, vi o trailer da série e fiquei muito curiosa para ver, em breve estarei assistindo.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  12. Zoo trata-se de um livro com um tema tão real que em momentos da leitura é possível imaginar que tais fatos podem acontecer realmente e até mesmo duvidar de que alguns pontos sejam apenas ficção, o caos que se espalha pelo planeta é a consequência da indiferença do homem com a natureza. Com capítulos ágeis e curtos a leitura se torna tão atraente e instigante que as páginas se passam e você não percebe.

    ResponderExcluir
  13. Oi!

    Estou louca pra ler o livro, mas ainda não deu hehe
    Daí como não li o livro, não quero assistir a série, sabe? Mas é bom saber q ambos são boas obras :P

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.