Sinopse - O Doutor leva Romana para um feriado em Paris – uma cidade que, como um bom vinho, tem uma variedade própria. Especialmente quando você a visita durante um dos anos clássicos. Mas a TARDIS os leva para 1979, um ano de boa safra, coberto de rachaduras – não nas suas taças de vinho, mas na própria fábrica do tempo.

A obra é dividida em quatro partes e narrada em terceira pessoa. Inicialmente acompanhamos Scaroth, o último dos Jagaroth no seu último momento de vida.  
"O único olho, cercado pelos tentáculos verdes que formavam a verdadeira face de Scaroth, o último dos Jagaroth, o encarava de volta." (p. 80)
Em seguida, o leitor é apresentado a alguns dos maiores nomes da nossa história, como Da Vinci, Shakespeare, Palewski, Mendel, Karensky e outros. 
Esse "pulo" de uma cena para outra é algo normal nas histórias do Doctor Who. Essa junção de dois assuntos diferentes nos transporta até Paris, no ano de 1979, onde o Doctor Who, a Ramona e o K9 resolvem tirar férias. Deveria ser algo tranquilo, mas falando sério, qual seria a graça nisso?
"Paris podia ser extremamente sutil. A textura do foie gras, o sabor do queijo, o ponto exato em que acaba a rua e começa o café. Em algum momento, um acordo fora travado entre a catedral de Notre-Dame e o café em frente." (p. 62)
Em um de seus passeios, os dois protagonistas percebem uma situação bem inusitada: uma provável rachadura no tempo!
O grande vilão da história é o misterioso Conde Carlos Scarlioni, um homem que se apresenta na sociedade sempre sorrindo e visto como alguém leve e descontraído. Porém, ele é o total oposto e suas tramoias são tão mirabolante que é bem difícil descobrir suas verdadeiras intenções. 
O enredo é complexo e bem desenvolvido. À primeira vista, temos a impressão de que a história não terá sentido, mas não se enganem... Leiam até o final e se apaixonem por essa aventura do Doutor e da Ramona.
Os protagonistas são velhos conhecidos e suas mentes ágeis e atitudes malucas fazem com que o leitor se divirta e mergulhe mais uma vez na TARDIS.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa tem vários elementos que estão na história e combina perfeitamente com o enredo. Encontrei apenas um errinho de digitação na página 27.

Algumas fotos da parte interna do livro:




10 Comentários

  1. Você deu 4 estrelinhas? então eu preciso ler urgente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Fernanda, tudo bem?
      Dei quatro estrelinhas sim rs. Doctor Who é tudo de bom!
      Bjkas

      Excluir
  2. Oi, Carol.
    Já li outros livros do Doctor Who e esse já está na minha lista de desejos!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Doctor Who é o máximo né?
      Bjkas

      Excluir
  3. Não li nenhum livro do Doctor Who, não gosto da série e fico pensando se os livros são bons.
    Raphaela Mello
    http://autoraraphaelamello.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raphaela, tudo bem?
      Eu particularmente só fui assistir a série bem depois de já ter lido alguns livros do Doctor Who. A história tem uma leveza muito legal, com os diálogos e ações confusas do Doutor. Gosto muito desse tipo de construção de enredo e de certa forma, me lembra O guia dos mochileiros da galáxia.
      Bjkas

      Excluir
  4. Oi!
    Ainda não conheço a historia do Doctor Who, mas gostei da historia achei esse pulos no tempo interessantes ainda mais falando de Da Vinci e Shakespeare e se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem com você?
      Doctor Who é sempre uma viagem. Não é uma história linear e quando você acha que está entendendo, eles mudam tudo rs.
      Bjkas

      Excluir
  5. não li nenhum livr de Doctor Who ainda mas tenho curiosidade em conhecer a sua história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, tudo bem?
      Se tiver a oportunidade, dê uma chance a ele ;)
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.