Sinopse - Erick, o beta da alcateia dos lobos, era o mediador e braço direito do alfa. Belíssimo e bem-humorado, sempre manteve todos unidos e pacíficos, mesmo quando ele próprio quase perdeu sua prudência, enquanto esteve preso nos laboratórios. Ele acreditava que, se pedisse aos antigos deuses, seria libertado e presenteado com a sua companheira de alma, como profetizava a lenda. Então, ele foi libertado e, um dia, ela apareceu.Enquanto isso, Kira era uma jovem doce e solitária, que vivia reclusa em seu mundo, tentando sobreviver com sua arte e sua cegueira. Ela possuía um segredo que poderia fazer com que Erick, o queridinho da alcateia, já não fosse tão bem-vindo entre os seus. E pior, que além de banidos, eles poderiam ser caçados e mortos pelos lobos.
Nenhum dos dois era o que imaginavam, e quando os segredos são descobertos, trazem à tona a verdade sobre seus ancestrais.
Para proteger sua companheira, Erick mostraria que não seria nada pacífico.



"O Despertar" é o segundo livro da série Os lobos de Ester e traz como casal protagonista Erick e Kira.
Narrado em terceira pessoa, logo no prólogo percebemos que a jovem tem algo de especial. O ano é 1999 e o local é Athenas. Kira é apenas uma garotinha e está sendo cuidada pela mãe e pela avó, que claramente a amam profundamente. Porém, percebemos que existe uma certa tensão no ar.
" - Mas eu gosto de ver o mar, o céu e as estrelas. Não quero ser cega.- Eu sei, querida, e eu realmente sinto muito, mas você precisa aceitar que está cega." (p. 07)


Em paralelo, acompanhamos o ano de 2006 na Alemanha, onde Erick e a matilha estão sofrendo com as torturas do laboratório.

Alguns anos se passam e em 2015 (após os acontecimentos do livro 01), a matilha decide ir morar em uma ilha na Grécia. 
Em um de seus passeios, Erick acaba atropelando Kira. Só que o acidente não é uma simples fatalidade: Kira e seu cão guia estavam sendo perseguidos na floresta por outros lobisomens.
No instante em que tem contato com a jovem, Erick tem certeza de que ela é sua companheira de alma. E diferentemente de seu alfa, que fez de tudo para evitar o acasalamento, esse lobisomem está mais do que disposto a ter uma companheira.
"- Não se importa de ela ser cega, Erick?Erick olhou para Petrus.- Não, isso não me incomoda. Só o fato de saber o quanto pode ser difícil pra ela. Mas pensando... eu gostaria que ela me visse. Sabe, que visse como me pareço.Petrus bufou.- Coitada, ia ficar cega novamente por ver sua feiura". (p. 34)
Erick como muitos já perceberam, é o palhaço da matilha. Sempre tentando amenizar as situações com muito bom humor e piadas ao encontrar sua companheira fica extremamente mandão e possessivo, o que o deixa ainda mais fofo.
Kira é uma personagem fragilizada que acaba sofrendo por conta da sua ausência de visão. Ela convive com pessoas que se passam por seus amigos e estão sempre a enrolando e por conta disso, tem sua fé abalada nas pessoas. Dessa forma, ela tenta se isolar em sua cabana, mas até o final do livro demonstra que tem uma força interior indescritível.
Em paralelo à trama principal, temos indícios dos próximos casais que irão surgindo, mas isso não é tudo. A autora decidiu explicar um pouco mais sobre a origem dos lobisomens, levando o enredo atè a Gália Bélgica, no ano de 15 a.C., ao contar a história de Vanora e o rei.
Por mais que à primeira vista o enredo desse segundo livro pareça desconexo, garanto que ele faz total sentido, ainda mais com o desenvolver dos acontecimentos. Temos muita ação, bom humor e até mesmo uma terrível batalha contra uma matilha inimiga e presunçosa.
A presença garantida de todos os membros da matilha garante ao leitor um livro irresistível e viciante.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. Como no primeiro livro, o início dos capítulos possuem imagens de lobos e o trabalho editorial está lindo. A capa combina não apenas com o enredo, mas também com a capa do primeiro livro da série.

Confiram a resenha do primeiro livro da série: A Herdeira



15 Comentários

  1. Primeira resenha que vejo dele. Já tinha visto algumas coisas bem legais daquele primeiro e esse não parece decepcionar, a história é bom e tem várias coisas bem interessantes. Acho que iria gostar de ler esses livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiane, tudo bem com você?
      Achei bem interessante a série até o momento e sinceramente não vejo a hora de ler o próximo ;)
      Bjkas

      Excluir
  2. Ai, Carol...
    Eu bem que gostaria, mas livros com Lobos não são muito a minha praia.
    Já li duas séries com essa pegada e acabei sofrendo um pouquinho porque morro de medo de lobos... kkkkk Não importa o quanto eles sejam humanizados, sempre penso naqueles bichos enormes e assassinos! kkkk
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Não sabia que você tinha medo de lobos rs. Realmente você não vai curtir o livro então.
      Bjkas

      Excluir
  3. Oi Carol, sua linda, tudo bem?
    Que linda essa história!!!!! Estou apaixonada por esse lobinho!!! Adoro enredos com lobos e não conhecia esse ainda. Que diferente a autora colocar a protagonista cega, gostei muito dessa escolha dela. Acho que o amor deles será muito maior por causa disso!!! Já estou suspirando por eles, ah.....E toda essa mitologia que envolve a criação deles as lutas com os inimigos, nossa, amei!!! Não vejo a hora de ler!!! Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila, tudo bem sim e com você?
      Fico feliz em saber que curtiu a resenha ;)
      Eu particularmente amei esses dois primeiros livros da série e estou muito curiosa para ver como serão apresentados os demais casais.
      Bjkas

      Excluir
  4. Não curto livros com lobos, acho bem complicado, deve ser porque sobre vampiros é bastante popular ter livros, já lobos nem tanto, então meio que estranhamos a leitura, mas o livro é lindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Fernanda, tudo bem?
      Eu gosto bastante de livros com lobisomens. Na verdade, com exceção de algumas séries, gosto mais de lobisomens do que livros de vampiros rs.
      Bjkas

      Excluir
  5. Oi!
    Ainda não conhecia essa serie mas fiquei bastante curiosa para ler, gostei da historia e principalmente por falar de lobos que é um tema que gosto mas quase não leio e fiquei curiosa sobre a ligações dessas historias e se tiver oportunidade quero muito ler !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem?
      Espero que tenha a oportunidade de ler e venha nos contar o que achou da série ;)
      Bjkas

      Excluir
  6. Olá, não conhecia a serie! Também acho que a editora fez um ótimo trabalho com a capa. Amo histórias que envolvem lobos e fiquei curiosa para ler o livro. Vou procurar saber mais sobre o primeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clara, tudo bem?
      Nós temos a resenha do primeiro livro aqui no blog, caso queira ler ;)
      Bjkas

      Excluir
  7. Já conheço a série embora não tenha lido nenhum livro ainda, gostei bastante da resenha, adoro livros que intercala entre passado e presente, contente em saber que o livro explica um pouco sobre a origem dos lobos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, tudo bem com você?
      Fico feliz em saber que gostou da resenha ;)
      A autora vai explicando sim aos poucos o passado dessa matilha. É uma situação bem triste e até mesmo brutal em alguns momentos.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  8. Linda resenha do meu livro, obrigada Carolina. Fico contente que tenha gostado. espero que também goste do próximo, bjs <3

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.