Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro.
Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas.
Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?


Anna Vestida de Sangue é uma história de terror com mescla de suspense e romance que me agradou muito.

Na história da autora Kendare Blake conhecemos Cas Lowood um jovem com uma vida muito diferente das comuns. Seu pai era um caçador de fantasmas, enquanto sua mãe é uma bruxa de magia branca. A vida era maravilhosa com suas estranhesas, até que durante um trabalho o pai de Cas foi morto por um fantasma diferente de todos os outros e aparentemente muito poderoso. Isso deixou o jovem muito revoltado e logo tomou para si a responsabilidade de caçar fantasmas com o Athame do pai - um artefato mágico que utilizado por qualquer pessoa seria apenas uma faca ou punhal, mas nas mãos de Cas é capaz de enviar um fantasma para outro lugar (ainda oculto na história); seja para onde o fantasma for deve ser melhor que no nosso plano onde matam pessoas. Ao menos assim Cas e seu pai sempre viram! Eles faziam o que tinham que fazer!

Cas está no meio de um trabalho, atrás do "Caronista" quando recebe uma dica sobre um fantasma bem sinistro que já levou vários jovens locais. O que o intriga, já que geralmente as pessoas teriam feito o possível e impossível para acabar com essa ameaça; mesmo que se tratando de um fantasma. Quando termina seu trabalho; ele resolve seguir essa dica que o leva direto para um fantasma chamado Anna - Anna Vestida de Sangue que assombra uma casa e é bem macabra. Assim como nessa nova jornada fará grandes descobertas a respeito do passado - do fantasma que pretendia um dia caçar para vingar a morte de seu pai! 

Cas sempre foi sozinho. Vivendo sua vida viajando sem formar laços, mas nessa nova caçada seu círculo se amplia - mesmo que contra a sua vontade e acaba fazendo amigos e sentindo vontade pela primeira vez de ficar em algum lugar. Assim como descobre um amor,  mas claro que bem diferente do que poderíamos imaginar!

Anna é um fantasma sinistro, mas que como todos os que estamos acostumados a escutar por aí, teve uma morte triste e trágica quando ainda bem jovem; sem ter a oportunidade de viver uma vida plena e fazer descobertas. Tinha sonhos e desejos que lhe foram tirados de maneira cruel e acabou se tornando um pesadelo matando qualquer um que entre em sua casa. As mortes não são bobinhas! Ela é macabra, sinistra e assustadora de verdade. Mas quando Cas entra em sua casa e leva uma pancada de um dos carinhas que estava com ele. Anna por algum motivo não o mata. Mata apenas o carinha. 
Isso intriga Cas que continua voltando e voltando a casa de Anna tentando descobrir uma forma de matá-la ao  mesmo tempo que forma um laço com ela e passa a querer entender e saber mais sobre o que lhe aconteceu. Deixando-o confuso sobre realmente querer matá-la mesmo que ela tenha ceifado inúmeras vidas. 

O que será que acontece com essa amizade improvável e esse sentimento diferente que surge entre Cas e Anna? 


Anna Vestida de Sangue me surpreendeu de todas as maneiras. A história não só trouxe um conto de terror e suspense como me mostrou que mesmo nos contos mais macabros pode haver amor e esperança! Lealdade e amizades inesperadas! 

Encantada com esse primeiro volume da duologia de Kendara Blake. Espero que a Verus publique logo a sequência!


 

A história nos traz um misto de terror, suspense e muitos personagens bastante intrigantes e peculiares.

6 Comentários

  1. Ai, quase comprei ele essa semana! Mas tive que rever minhas prioridades de livros e acabei comprando A Espada de Vidro hahaha. Mas este com certeza absoluta está na minha lista de desejos. Afinal, sou adepta do terror e suspense, não resisto a uma boa história, ainda mais com uma sinopse tão seduzente hahaha. Adorei! Beijos ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Eu já sei que não vou ler a série. Gosto de todos os gêneros, menos terror. Não que eu tenha medo, é só precaução mesmo, rs. Só a capa já me dá um certo medo, rs.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro ta no topo da minha lista de desejados/proximaaquisição, já tinha visto ele na pagina no face da editora e xonei na capa e na sinopse. É maravilhoso ler uma resenha que confirme minhas esperanças, adoro o gênero e to mega ansiosa por essa leitura. Parabéns!

    @Agda01

    ResponderExcluir
  4. Nao curti muito o título ,mas tirando isso ,adorei o livro ,a capa é muito bonita e assustadora .
    Gostei bastante da sua resenha ,fez eu querer muio ler o livro ,e assim espero faze-lo em breve.

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Eu amei essa capa, achei bem legal o enredo, essa coisa de caçador de fantasmas deu um diferencial bem interessante ao livro, fiquei bem curiosa.
    Irei ler com certeza.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Geralmente não leio livros de terror, mas quando vi esse livro no lançamentos logo fiquei bem interessada nessa historia, pois a capa logo me chamou atenção e achei a sinopse bem interessante, estou bem curiosa para poder ler esse livro !!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.