Sinopse: Sybella nunca soube ao certo o que era amor. Não sem segunda intenções. Desde sua infância, ela teve de confiar em si mesma para conseguir sobreviver. Ao chegar no convento de Saint Mortain, Sybella recebe o refúgio de que tanto precisava, porém isso terá o seu preço. As irmãs, que servem ao deus da Morte, percebem que a garota tem atributos e que ela pode se tornar uma arma poderosa. Ela vive durante três anos no convento e é treinada para enfrentar quem quer seja. Sybella já não é mais uma garotinha inocente, e sabe disso. Agora é uma mulher madura e totalmente preparada, uma assassina experiente, que mata a quem merece e o faz por gosto e sem piedade. Nunca se arrepende de suas decisões. Pelo contrário, ela sabe onde se encontram seus pontos fortes e como usá-los para cumprir sua missão. Porém, ela é enviada de volta para o lugar onde passou sua infância, para espionar seu pai, o cruel D'Albret. Ela começa a se lembrar de coisas horríveis que aconteceram enquanto estava sob o domínio dele e decide compartilhar com Fera, quem, fora do convento, torna-se seu companheiro. Juntos eles redescobrem a confiança e o amor. Assim, Sybella caminha por uma teia complexa de vingança e ódio, em busca de seus traidores, que levam a marca do deus da Morte. Ambientado da França medieval, Divina Vingança é o segundo livro de O clã das freiras assassinas, uma trilogia de mulheres fortes em busca de seu próprio destino.


Recebi a prova de Divina Vingança da Editora V&R e estava muito ansiosa para ler essa história depois de ter me deparado com Perdão Mortal. Eu só posso dizer que valeu muito a espera! Após leitura de Perdão Mortal, achei que o segundo volume pudesse não superar o primeiro; mas foi simplesmente fantástico!

"... a morte já havia me rejeitado duas vezes. E se fizesse isso uma terceira vez e eu tivesse e passar o resto da vida quebrada e impotente, para sempre à mercê das pessoas à minha volta? Essa ideia me fez estremecer com violência.."

Em Divina Vingança teremos um aprofundamento maior na história de Sybella, uma jovem que assim como Ismae, foi parar no convento sendo treinada para servir Mortain. Ela sempre me pareceu um pouco carrancuda demais, obscura e mais letal que qualquer outra e nesse volume pude entender melhor os motivos de ela ser assim e ter dado "tanto trabalho" para ser "domada". Sybella viveu o pão que o diabo amassou desde sempre com sua família bizarra e destrutiva e só o que lhe restou foi mágoa, ódio e desejo de vingança. Ela jamais imaginou que a Abadessa fosse enviar ela de volta para o conde D'Albret, porém infelizmente ela teve que retornar com a promessa de que em breve ela teria permissão de Mortain para eliminar o grotesco homem que quer se casar a força com a Duquesa. Seu  maior desejo é matar D'Albret para então se ver livre de toda desgraça que lhe foi imposta por anos a fio..

"... havia mais que o futuro do reino na balança: havia também minha pequena chance de redenção."

Os confrontos são inúmeros e mesmo duvidando de Mortain, afinal como um homem como o conde D'Albret pode não ter a marca, Sybella segue os planos impostos por seu santo (segundo a Abadessa) e sua Abadessa, resgatando um prisioneiro das masmorras; o que ela não imaginava é que o prisioneiro é ninguém menos que "Fera" e que a partir daí seu destino daria um giro de 360 graus com mudanças significativas e um grande amor!

O Clã das Freiras Assassinas (série) é simplesmente incrível! Tanto Perdão Mortal como Divina Vingança conquistaram meu coração e me arrebataram!

A história traz um misto de conflitos políticos históricos (reais) com ficção, romance e uma pegada sobrenatural já que os personagens acreditam e seguem piamente seus Santos. Cada Santo tem uma pegada macabra e sinistra ao primeiro contato - mas aos poucos também percebemos que há nuances interessantes entre o que "se escuta" e o contato com o próprio Santo.

Eu adorei rever personagens como Ismae, Duval e conhecer outros novos. Amei perceber mais de perto como é a Duquesa, seus seguidores e traidores. O passado de Sybella é tocante. Não sei se haverá em toda série alguém com um passado mais sombrio que o dela; fiquei extremamente incomodada com tudo que ela enfrentou e muito orgulhosa de toda sua força e perseverança! Torci por Sybella a cada página que eu virava.. Ansiei por liberdade e muito amor em sua vida! Não posso dizer como a história de Sybella termina nesse volume ou o que acontece em termos políticos já que há uma ameaça iminente de guerra chegando por parte dos franceses e do próprio D'Albret.. Só o que posso dizer: "é de tirar o fôlego!".

Leiam, leiam e leiam.. Vocês precisam!

6 Comentários

  1. Nunca tinha visto essa série. Você falou com tanta empolgação que me deu vontade de ler! Adoro livros "de tirar o fôlego", como você disse. Vou procurar mais sobre ele.

    ResponderExcluir
  2. Eu já conhecia essa série, mas fiquei com um pé atrás de início... Achei que talvez fosse algo bobinho, sei lá hahah. Adorei sua resenha, me incentivou 100% a começar a ler. Parece ser fantástica ♥

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a série ,mas achei bem interessante ,e dizer que o primeiro livro e bom ,mas aidna assim o segundo supera ,só aumenta minha vontade de ler e mostra q a série não decai nos volumes seguintes .

    ResponderExcluir
  4. Oi.
    É a primeira vez que vejo falar desse livro, fiquei curiosa para conferir, a premissa é muito interessante, freiras assassinados é um tanto que irônico, simplesmente amei.
    Irei ler com toda certeza.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Essa é uma serie que quero muito ler, gostei muito da historia do primeiro livro e achei bem interessante a ideia da autora com O Clã das Freiras Assassinas e com esse não foi diferente, parece ser uma historia mais densa e fascinante do que a primeira e ela já está na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  6. Excelente sua resenha. Eu simplesmente amo essa série. Cada livro é melhor que o outro e não vejo a hora de ler o terceiro. Tem fatos históricos, romance e fantasia, tudo na medida certa, na minha opinião. Recomendo muito.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.