Sinopse - Simon Snow é um bruxo que estuda numa escola de magia na Inglaterra. Profecias dizem que ele é o Escolhido. Você pode até estar pensando que já conhece uma história parecida. O que você não sabe é que Simon Snow é o pior escolhido que alguém já escolheu. Poderosíssimo, mas desastroso a ponto de não conseguir controlar sequer sua própria varinha, Simon está tendo um ano difícil na Escola de Magia de Watford. Seu mentor o evita, sua namorada termina com ele e uma entidade sinistra ronda por aí usando seu rosto. Para piorar, seu antagonista e colega de quarto, Baz, está desaparecido, provavelmente maquinando algum plano insano a fim de derrotá-lo. Carry On é uma história de fantasma, de amor e de mistério. Tem todos os beijos e diálogos que se pode esperar de uma história de Rainbow Rowell, mas com muito, muito mais monstros.


A história é narrada em primeira pessoa pela perspectiva do protagonista Simon Snow. Simon é um jovem bruxo que tem sua vida dividida. Ele passa o outono na Escola de Magia Watford, onde pratica a magia e convive com seus amigos e no verão é mandado para o orfanato, onde os dias demoram a passar e o seu coração anseia por estar na Escola novamente.

"Coisas de que eu mais sinto saudade em Watford:

Nº 1 – Scones de cereja azeda
Nº 2 Penélope
Nº 3 O campo de futebol
Nº 4 Meu uniforme da escola
Nº 5 Meu quarto
Nº 6 O Mago
Nº 7 Magia
Nº 8 Ebb e as cabras
Nº 9 A floresta oscilante
Nº 10 Agatha
Eu nem mesmo tenho certeza de que senti saudades dela."
No verão anterior Simon e sua melhor amiga Penélope haviam sido sequestrados pelo Insípidum, o grande inimigo do protagonista e quem ele deve derrotar, já que é o Escolhido. Durante tais acontecimentos, o relacionamento de Simon e Agatha ficou estremecido por conta de algo que ele presenciou e o rapaz anda questionando seus sentimentos. Porém, a amizade com Penélope continua forte como sempre.

"– Sei que você é o Simon Snow – disse ela. – Minha mãe disse que você estaria aqui. Ela diz que você é muito poderoso, provavelmente mais poderoso do que eu. Meu nome é Penélope Bunce."
"– Minha mãe disse que ninguém sabia de fato de onde você tinha vindo. E que você poderia ser perigoso.– Por que você não a escutou? – perguntei.– Porque ninguém sabia de onde você tinha vindo, Simon! E você pode ser perigoso!– Você tem um instinto de sobrevivência horrível.– Além disso, senti pena de você – disse ela. – Estava segurando sua varinha de trás pra frente."

É através desses diálogos deliciosos que vamos sendo apresentados à vida de Simon, que ainda conta com Baz, seu colega de quarto com quem tem uma relação de amor e ódio. O início do livro é repleto de explicações e a leitura torna-se um pouco densa e demorada. Mas conforme ultrapassamos tais páginas, entramos em um mundo mágico e repleto de magia, onde Simon e seus amigos são capazes de realizar os atos mais incríveis. Mas não é apenas de magia que a obra discute. Em segundo plano, mas de forma bem trabalhada, temos os sentimentos desses jovens e suas dúvidas a respeito da própria sexualidade. O medo de assumir-se e ser repudiado, as inseguranças em relação aos seus sentimentos e a necessidade de pertencer a algum lugar são discutidos de forma sutis durante toda a obra.
"Acho que eu poderia beijá-lo. Ele está bem aqui. Seus lábios estão entreabertos (ele respira pela boca) e seus olhos estão vivos, vivos, vivos."
Com personagens ricos e complexos e um mundo realmente mágico, "Carry On" é uma história que conquista o leitor.
Não foi possível avaliar a revisão ou a diagramação da obra pois recebemos um ebook de prova que não seria a versão final da publicação. Porém, vimos que existem alguns detalhes e imagens interessantes.
Para aqueles que acompanham os livros da Rainbow Rowwell, Simon foi mencionado em "FanGirl". A própria autora explica em uma nota que o personagem fictício de sua outra obra ganhou vida em sua imaginação e precisou de um livro próprio: Carry On.

14 Comentários

  1. Amei Fangirl e sempre achei que a história de Simon daria um excelente livro, é reconfortante saber que isso aconteceu, e de maneira excelente e bem escrita, espero ler em breve e matar a saudade dos personagens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Fernanda, tudo bem com você?
      Realmente a história do Simon dá um excelente livro e para aqueles que se apaixonaram por ele em Fangirl, é uma leitura indispensável.
      Bjkas

      Excluir
  2. Olá.
    Não conheço o autor e suas obras, mas por sua resenha, fiquei interessada na leitura. Parece um enredo muito envolvente, divertido e com uma bela mensagem. Darei uma chance ao livro, com certeza. Ótima sua resenha. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, tudo bem com você?
      Espero que realize a leitura e venha nos contar o que achou dele.
      Bjkas

      Excluir
  3. Oi Carol.
    Eu amo Rainbow Rowwell, mas odiei Fangirl. Por esse motivo, não tenho vontade de ler Carry On, pois não me simpatizei com o Simon. Mas acho que esse ebook é uma ótima notícia para os fãs de Simon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela, tudo bem com você?
      Fangirl é uma relação de amor e ódio mesmo rs..
      Bjkas

      Excluir
  4. "Você pode até estar pensando que já conhece uma história parecida." HARRY POTTER, LEMBREI NA HORA! Sou mega encantada por livros de magia, adoro poder entrar em outro mundo e parecer que faço parte dele. Não conhecia a obra nem o autor, quero ler ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, tudo bem com você? Realmente é impossível não pensar em Harry quando o assunto é livro de magia rs.
      Bjkas

      Excluir
  5. Bom, eu ainda não li nem um livro da Rainbow Rowell, mas tenho alguns livros em minha lista de leituras, eu não conhecia este livro, mas lendo a sinopse e sua resenha fiquei bem interessada, a história parece ser
    muito boa, pretendo ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele, tudo bem com você?
      Fico feliz em saber que curtiu a resenha ;)
      Bjkas

      Excluir
  6. Como não comparar com Harry Potter? ashudhasuhsaudhsua
    Não sei se isso me fez ficar curiosa com a obra, ou temerosa. Afinal, pode não ser o que eu espero.
    Não conhecia a autora e nem seus outros livro, mas fiquei bem curiosa com Carry On.
    Vou procurar saber mais sobre a obra e esperar pra ver como estará a versão impressa da mesma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cássia, tudo bem com você?
      É realmente impossível não comparar rs.
      A versão impressa do livro está linda...
      Bjkas

      Excluir
  7. Oi!
    Ainda não li nada da Rainbow Rowwell, mas vejo as pessoas falarem tanto de seus livros que fiquei bem curiosa, essa foi uma historia que me surpreendeu achei o mundo criado pela autora bem interessante e a complexidade dos personagens me conquistou !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem com você?
      Espero que tenha a oportunidade de ler os livros da autora.
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.