Sinopse - Diana Highwood estava destinada a ter um casamento perfeito, digno de flores, seda, ouro e, no mínimo, com um duque ou um marquês. Isso era o que sua mãe, a Sra. Highwood, declarava, planejando toda a vida da filha com base na certeza de que ela conquistaria o coração de um nobre.  Entretanto, o amor encontra Diana no local mais inesperado. Não nos bailes de debute em Londres, ou em carruagens, castelos e vales verdejantes O homem por quem ela se apaixona é forte como ferro, belo como ouro e quente como brasa. E está em uma ferraria. Envolvida em uma paixão proibida, a doce e frágil Diana está disposta a abandonar todas as suas chances de um casamento aristocrático para viver esse grande amor com Aaron Dawes e, finalmente, ter uma vida livre! Livre para fazer suas próprias escolhas e parar de viver sob a sombra dos desejos de sua mãe. Há, enfim, uma fagulha de esperança para uma vida plena e feliz.  Mas serão um pobre ferreiro e sua forja o felizes para sempre de uma mulher que poderia ter qualquer coisa? Será que ambos estarão dispostos a arriscar tudo pelo amor e o desejo?


"A Bela e o Ferreiro" é um livro curto (tem apenas 144 páginas) que gira em torno da Diana Highwood. Diana era uma personagem secundária nos outros livros, que havia se mudado para Splindle Cove com a mãe e as irmãs para tratar de sua grave asma. Dois anos se passaram e chegou o momento dela protagonizar sua história de amor. Durante todo o tempo em que ela esteve em Splinde Cove, sua mãe deixou claro que ela precisa ser e agir de forma impecável, pois é a esperança de estabilidade financeira da família. Sendo a mais bela da família, sua mãe, uma viúva sem herdeiros do sexo masculino, um casamento com alguém que tenha um título importante garantiria o futuro da família.

Diana sempre se manteve quieta, presa dentro de casa pois qualquer esforço desencadearia uma crise asmática. Mas desde que se mudou para esse pitoresco vilarejo, seu coração acelera a cada vez que observa Aaron Dawes, o ferreiro local.

Aaron é um homem honrado, que trata todas as mulheres de Splinde Cove como irmãs, respeitando-as e defendendo-as quando necessário. Aaron quer um relacionamento sério, uma esposa, filhos e alguém que o apoie. Só que desde que a Srta Highwood chegou, tudo o que ele consegue pensar é na jovem.

Diana começa a perceber que ela precisa viver. Sentir. Apaixonar-se. E talvez, entregar o seu coração para o ferreiro... Mas será que a jovem é corajosa o suficiente para arriscar a sua reputação e o futuro da família ?

A trama é uma leitura deliciosa e leve, com momentos engraçados e subtramas divertidas. A irmã de Diana, Charlotte, também ganha destaque com sua mente inquisitiva e seus trejeitos de detetive. 
"Charlotte torceu a boca, analisando a situação. "Você vai ter que lidar com a minha mãe. Ela é um dragão. Pegue suas armas. Proteja seu lombo. Arme-se de coragem e sua melhor espada. E, sim, formule um plano de ataque"". (p. 90)
Além do romance desses protagonistas, os leitores irão se deleitar com a história do Sr. Evermoore. A revelação da sua identidade é bombástica!

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina com as capas dos livros anteriores e chama a atenção.
"Oh, céus. Ele a beijaria. Aqueles lábios fortes e sensuais desceriam sobre ela, enquanto os braços poderosos a segurariam com firmeza e ela não teria como recuar. Ela iria embora com um novo conhecimento de si mesma e manchas de fuligem em seu melhor vestido azul". (p. 11)


Confiram as resenhas dos livros anteriores:

Uma noite para se entregar & Uma semana para se perder - Livros 01 e 02
A dama da meia-noite - Livro 03

7 Comentários

  1. Adoro romances de época e sonho em obte-lo um dia pois sempre digo que gosto desse gênero, mas nunca li até agora pois não tenho oportunidade. Mas os filmes de época são um grande consolo.
    Adorei o enrendo e a personagem principal, realmente é uma mulher forte e determinada! =)

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Que bela resenha e a premissa desse livro está encantadora. Gosto de romances de época. No momento estou começando a série Os Bridgertons. Romances de época são tão envolventes, adoro! Ótima indicação, já anotada. Obrigada Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ah esses romances de época... São encantadores!
    Quero muito ler esta série, a Diana parece ser a mais fofa de todas e o ferreiro parece ser muito gentil, os dois combinam! haha

    ResponderExcluir
  4. Hello, tudo bom?
    Eu amo romances de época e esse pelo visto é ótimo, amei o enredo e sem contar que achei ótimo e diferente termos uma protagonista que precisa de um bom casamento para resolver as finanças da família, mas ela se apaixona pelo ferreiro, e não por um conde, marques e tal como tenho visto muito nos romances .
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  5. Adoro ler romances de época.
    Fiquei curiosa com esse livro já que a mocinha se apaixona por um ferreiro ao invés de um lorde como é mais comum em livros assim. Ainda não tive oportunidade de ler os livros da autora e espero começar por esse.

    ResponderExcluir
  6. Não gosto muito de romances de época por se tratarem do mesmo tema: o desabrochar do romance entre duas pessoas de séculos atrás.
    Mas gostei de saber que o protagonista desse livro foge ao comum Conde de reputação duvidosa que se apaixona pela mocinha certinha. Não seria um livro que eu leria, mas vou indicar para minha irmã.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Essa é uma serie que quero muito ler, essa capa logo me conquistou e lendo a resenha gostei muito da historia, parece ser aquele tipo de historia de auto descoberta da mocinha e com uma historia leve e divertida, fiquei bem curiosa para saber mais sobre esse casal que já estou torcendo !!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.