Sinopse - No romance Perfumes de Paris, o luxo e a sedução da belle époque francesa serão o pano de fundo para um amor proibido e envolvente. Junto com os protagonistas, o leitor caminhará pelo Quai des Tuileries e pela Pont Neuf; visitará a catedral de Notre-Dame e se encantará com os Jardins de Luxemburgo. Também será convidado a percorrer outros lugares marcantes da Cidade-luz, como o bairro boêmio de Montmartre e seu glorioso Moulin Rouge. Mas será fora dos círculos de glamour que a protagonista conhecerá o amor. A romântica e – ao mesmo tempo – moderna Charlotte, uma perfumista à frente de seu tempo, encontrará no pintor Pierre o maior sentimento que já conheceu. Porém, o amor chega com uma proibição causada por um antigo segredo. E, logo adiante, o casal enfrentará uma barreira ainda maior e mais severa... Com passagem também pelos canteiros floridos de Grasse – a Capital Mundial do Perfume – e pelos campos de lavanda da região de Provence, Perfumes de Paris apresenta uma história de amor em todas as suas fases: a surpresa, o encanto, o medo, a ameaça, a sensualidade e o êxtase!


"Perfume de Paris" é uma obra dividade em Prólogo e Quatro Partes. A trama se passa em Paris, no ano de 1894 e é narrada em primeira pessoa sob a perspectiva de Charlotte Emanuelle Dubois Grasse de Chermont, uma mulher de 27 anos. Charlotte não gosta de seguir as convenções da sua época. A jovem é uma perfumista talentosa e aproveita ao máximo a vida noturna dessa cidade mágica. A primeira parte da obra apresenta essa forte protagonista e suas convicções. 
Enquanto suas noites são recheadas de debates filosóficos no Chat Noir com o artista Toulose-Laurtrec e os amigos Henri e Léon e os dias focados na criação de fragrâncias, Charlotte tem um vislumbre sobre um homem misterioso.
Pela primeira vez na vida Charlotte sente-se deslumbrada por alguém, mas não imagina  o que o destino guarda.
Com um enredo ricamente descritivo, a autora Sayonara Salvioli traz ao leitor uma Paris apaixonante e cheia de elementos que levam o leitor para a obra. Não se trata apenas das descrições de roupas ou penteados, mas também temos uma ambientação histórica, de costumes e locais.
A obra é um romance complexo, que consegue entrelaçar o casal e ao mesmo tempo, colocar esse romance em um momento importante da história. É uma história onde os personagens precisam lutar por aquilo que realmente desejam e precisam aprender sobre perdão e recomeços.
A escrita da autora é deliciosa. As descrições estão na medida certa, mantendo a leitura fluida.
Em relação à revisão, diagramação e layout, a Primavera Editorial realizou um trabalho excepcional. Internamente existem inúmeros detalhes que enriquecem a obra e a capa chama a atenção. 



6 Comentários

  1. Gostei do que li! Um romance em Paris, já amei! Quero saber quais são os segredos que impedem o casal de ficar juntos!

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Linda sua resenha. Já havia lido comentários sobre esse livro, mas resenha, foi a primeira. A premissa está bem interessante, a história é envolvente e narrada de uma forma rica em detalhes. Se tiver oportunidade, gostaria de conferir essa leitura. Obrigada pela dica. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oiee,
    Eu ainda não tinha ouvido falar do livro, ele parece ser bem interessante, mas confesso que não me senti puxada, curiosa em ler o livro, quem sabe mais para frente, pois eu gosto da época retratada e da luta pelo que se deseja.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha!
    Nunca tinha ouvido falar do livro mas eu amei a premissa e o enredo é simplemente apaixonante. Ainda mais que envolve fatos da História da França.

    ResponderExcluir
  5. Ola.
    Fiquei bastante curiosa com esse livro quando o vi nos lançamentos, pelo fato de se passar numa Paris do séculos XIX e não ser como os romances de época que estamos acostumados a ver por ai.
    Gostei bastante da sua resenha d ela me deixou ainda mais curiosa pra conhecer a obra.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Carolina! Também li Perfumes de Paris e senti a mesma empatia que você com relação à narrativa! Sim, muito rica e envolvente, traçando um painel amplo e superdescritivo da Belle Époque! Concordo, especialmente, que a leitura se dá de maneira muito fluida. Tanto que, quando terminei, fiquei desejando uma continuidade da obra...rs. Maravilhoso romance! E a sua resenha está ótima, narrando com objetividade a sua excelente experiência de leitura! Parabéns pelo blog! Passarei sempre por aqui.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.