Sinopse - Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares. Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela. No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço. O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada? Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam…


"Cilada para um Marquês" é o primeiro livro da série Escândalos e Canalhas, da Sarah MacLean. Narrado em terceira pessoa, a trama alterna entre as perspectivas dos dois protagonistas: Sophie e Rei. A história se passa em Londres, no ano de 1833 quando a família Talbot foi convidada para um grande evento da Condessa de Liverpool. Os Talbots são ricos, porém não tem títulos nobres e apesar de tolerados na sociedade, não são aceitos de verdade.
Todos viam as irmãs Talbots como caça-títulos e sarcasticamente as chamas de "Irmãs Perigosas". 
"Irmãs Perigosas" era o segundo apelido. O rótulo era carregado por suas três irmãs mais velhas e solteiras, cada uma delas envolvida em um caso de amor extravagante, com pretendentes igualmente extravagantes..." (p. 16)

Apesar de suas irmãs adorarem ser o centro das atenções e da fofoca, Sophie é mais introspectiva e prefere uma vida calma e sem as etiquetas dessa Sociedade tão hipócrita. Porém, um escândalo envolvendo Sophie, seu cunhado, o duque de Haven e sua irmã Seraphina, coloca Sophie em evidência e sobre o escrutínio feroz da alta sociedade londrina.
"Sesily era conhecida por todos como a musa de Derek Hawkins, artista renomado, proprietário e astro do Teatro Hawkins ...Seleste estava em um vai e vem apaixonado e público - até demais - com o belíssimo e pobre Conde de Clare ...Seline, a segunda mais nova, era cortejada por Mark Landry, proprietário do Haras Landry". (p. 16)

Esse evento foi a gota d'água para a jovem, que resolve abandonar a aristocracia e voltar à cidadezinha onde cresceu: Mossband, onde ela quer abrir sua livraria.
Só que para colocar seu plano em prática ela precisa primeiro de uma carona para sair da casa da Condessa.
No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço. Rei tem uma personalidade forte e uma grande desavença com o seu pai. Ele passou décadas distante de casa e tudo o que quer é vingar-se do Duque em seu leito de morte. Sua fama de mulherengo é mais do que conhecida, mas por ser um nobre e homem, é vista como algo normal. Acreditando que uma "Irmã Perigosa" está decidida a prendê-lo em um casamento, ele irá fazer de tudo para escapar de tal destino cruel. 
Sophie acaba sendo vítima inúmeras vezes da crueldade de Rei. Ele tem uma língua ferina e sabe muito bem como magoá-la. Logo a princípio, deixa claro o quanto Sophie é "desdivertida" e provavelmente a irmã Talbot mais sem graça.
Sophie é inteligente e determinada. Sua mente aguçada faz com que ela consiga criar alternativas para chegar ao seu destino e ao mesmo tempo, enlouquecer Rei. Rei perde a paciência com Sophie, mas também se preocupa com sua segurança. E acreditem: Sophie tem uma grande propensão a acidentes e a entrar em confusão.Ela incorpora outras personas para passar despercebida e no caminho ela acaba fazendo amizade com um trio de jovens com uma história peculiar, mas que são inesquecíveis.
A trama é um jogo de gato e rato, pois rola uma grande perseguição entre os dois em meio as estradas singulares dos arredores de Londres. 
Um dos destaques do livro é o fato de que os capítulos estão em formato de edições de jornal, o "Escândalos & Canalhas". É uma forma bem criativa de apresentar a história e ao mesmo tempo incorporar comentários ácidos sobre o comportamento dos personagens.
O casal é apaixonante. Mesmo se provocando o tempo inteiro, tem uma grande tensão sexual entre os dois e fica palpável desde a primeira interação.
"Cilada para um Marquês" é um romance histórico surpreendente, com personagens marcantes, uma trama bem desenvolvida e uma família maluca que é capaz de fazer qualquer coisa um pelo outro.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa é simplesmente espetacular!
"Sophie sempre desejou que sua mãe desistisse do sonho de transformar as filhas em queridinhas da Sociedade, mas isso nunca aconteceria". (p. 11)

3 Comentários

  1. Oi, Carol.
    Estou doida para ler esse livro, mas primeiro preciso dar conta dos livros todos que tenho aqui da Gut!! rs...
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Romances históricos tem feito bastante sucesso ultimamente, e parece que só eu que estou de fora dessa onda. Não vejo a hora de ler algum, e esse parece ser ótimo, com essa coisa de perseguição e tudo o mais hahaha. Ótima resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu amo romances históricos, esse parece ser rico em informações e se tratar de uma trama cheia de reviravoltas, capaz de prender o leitor. Quero ler

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.