Sinopse - Carina é uma workaholic rica e bem-sucedida cuja vida se resume ao trabalho. Afogada em estresse, ela não se importa com a solidão que habita seu coração, pois o amor nunca foi uma das suas prioridades, até que algo inusitado acontece. Repentinamente, ela se vê privada do trabalho e deseja aplacar a solidão que a consome, principalmente quando conhece Aurélio, que a trata de uma forma diferente da qual ela está acostumada. Consumido pela tragédia que vitimou sua família e deixou-lhe sequelas físicas e emocionais, Aurélio não quer nada além de se afundar cada vez mais na dor e na culpa que sente. Suas certezas começam a ficar abaladas à medida que Carina se aproxima cada vez mais dele. Quantos obstáculos precisam ser vencidos para recomeçar? O amor é capaz de vencer as amarras do passado e o preconceito?


A história é narrada em primeira pessoa, com capítulos alternando entre as perspectivas de Carina e Aurélio. Carina é uma mulher independente, que trabalha incansavelmente. Dedicada e esforçada, acaba deixando de lado a vida pessoal. Quando está de férias, a primeira que teve em muitos anos, sofre uma paralisia facial e se dá conta que precisa se cuidar e dedicar-se mais a si mesma. 
Durante a sua recuperação e tratamento, ela conhece Aurélio, um homem marcado pela dor de um acidente do passado. 
Quando os caminhos desses dois personagens se cruzam, ambos percebem que falta "algo" em suas vidas e conseguem enxergar um ao outro de forma apurada. Uma amizade se forma, mas outros sentimentos vão se desenvolvendo...
"- Então, se aceitar ser minha amiga, será uma honra para mim - afirmei, intimamente confuso sobre o que realmente seria: uma honra ou uma tentação? Eu não sabia ao certo, e torcia para que fosse a primeira opção, e não a segunda, pois já não tinha certeza se fizera a coisa certa". (p. 75)
Aurélio perdeu as pessoas que mais amava; sua vida mudou de tal forma que tudo o que quer é se esconder do mundo e trancar-se com sua dor. Mas Carina consegue ultrapassar as barreiras erguidas há muito tempo.
"O que fazer? Como mitigar minha dor? Como aplacar a sensação de mágoa que preenchia todo o meu peito? Embora eu soubesse que ela não era totalmente justificável - afinal, Aurélio tinha o direito de não gostar de mim, de não me ver como uma mulher -, eu não conseguia deixar de sentir-me mal, desprezada. Eu sabia que não devia insistir (eu prometi isso a ele) e, mesmo empregando esforços sobre-humanos, sempre acabava cometendo algum deslize; falando ou fazendo algo que acabava manifestando-se como uma insistência velada e que, ao se revelar, gerava um mal-estar entre nós". (p. 133)
"Uma chance para recomeçar" é uma trama sobre segundas chances. É um livro que fala sobre duas pessoas que estão quebradas, mas que encontram uma na outra a resposta para curar os seus corações. 
Com um enredo delicado e personagens visceralmente humanos, Diana Scarpine criou uma bela obra que fala sobre relacionamentos, dores, medos e anseios. A escrita da autora é sensível e consegue extrair do leitor as emoções mais profundas.
Aurélio e Carina são personagens palpáveis, que o leitor consegue identificar em um amigo, familiar ou até em si mesmo. São protagonistas falhos, mas que deixa transbordar em seus diálogos seu sofrimento.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. No início de cada capítulo temos um lindo detalhe no topo da página e a revisão foi muito bem feita. A capa combina perfeitamente com a história.
"Eu tivera a chance de recomeçar a minha vida e a deixara escapar facilmente por entre meus dedos, da mesma forma como as nuvens se desfazem em copiosas gotas de chuva. Não havia mais nada que eu pudesse fazer para mudar essa situação. Só me restava lamentar,e eu bem sabia que o simples ato de lamentar não nos faz corrigir nossos erros, apenas os torna ainda mais dolorosos". (p. 218)


6 Comentários

  1. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas pela resenha parece ser uma historia linda e emocionante. Gostei muito como temos esses dois personagens tão quebrados é que consegue achar um no outro um caminho, se tiver oportunidade quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  2. Olá,tudo bem? :)

    Gosto de livros assim ,com personagens bem próximos a realidade.
    Problemas e traumas,todos passam,e me parece que os personagens vão encontrar o equilíbrio um no outro.

    Ah,a capa é linda!

    ResponderExcluir
  3. Linda resenha, Carolina! Adorei!
    Muito obrigada!
    Abraço,
    Diana Scarpine.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carolina!
    Esse não é um estilo de leitura que me chame a atenção. Mas a premissa está interessante. Se tiver oportunidade, talvez de uma chance ao livro. Sua resenha está muito bem elaborada. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Gostei da resenha, a historia me parece ser muito bonita, gosto desse tipo de historia, fico feliz em ver que o livro é nacional, eu amo dar chance aos nossos autores.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Realmente um livro bem próximo a realidade. Esse livro me conquistou de primeira.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.