Sinopse - Rylee Thomas está acostumada a ter sempre o controle. Agora, porém, ela estará frente a frente como único homem capaz de convencê-la a abrir mão desse privilégio... Em um mundo cheio de mulheres prontas a fazer qualquer coisa em nome do desejo, Rylee sempre foi exceção à regra. Assim, ela apareceu como um desafio na vida do belo Colton Donavan, um piloto profissional habituado a conseguir exatamente o que deseja. Colton é um bad boy impulsivo, sempre testando limites, uma bomba prestes a explodir. Rylee havia construído um mundo seguro, com disciplina e cuidado, longe de homens como ele. Colton não pode dar a segurança que Rylee precisa, e ela também se sente incapaz de satisfazer um homem tão intenso. Mas Colton balançará a vida de Rylee como uma tempestade: tirando-a do controle, testando sua vulnerabilidade e – sem qualquer intenção –atravessando a muralha que protege o coração abalado da garota.O sedutor playboy também esconde segredos obscuros, que pretende revelar a ela antes que seja tarde demais. Após Rylee e Colton descobrirem que possuem em comum uma impressionante química sexual, será que os dois conseguirão superar a necessidade de controle para se entregarem a uma relação? E na colisão entre esses dois mundos tão distintos,será suficiente apenas a atração para uni-los?


A trama é narrada em primeira pessoa por Rylee, uma jovem que há alguns anos sofreu uma grande perda. Quem a conhece nos dias de hoje não faz ideia de que essa mulher tão altruísta sofreu tanto.

Agora ela é conselheira de jovens órfãos em uma instituição sem fins lucrativos. É por conta de seu trabalho voluntário e o amor que sente por esses jovens que o caminho dela acaba se cruzando com o de Colton.

Colton é um bad boy, com muito carisma e sex appeal. Não é adepto de relacionamentos e tudo o que não precisa é de uma única mulher em sua vida. Seu passado também é problemático e doloroso, fazendo com que ele não confie em ninguém.

Desde o primeiro momento, a atração entre os dois é arrebatadora, mas Rylee fica receosa em se envolver com alguém que irá destroçar o seu coração e tenta se manter o mais afastada possível. Porém, Colton vê isso como um desafio e fará de tudo para conquistar a garota, inclusive usar o amor dela pelas crianças.
"Estou irritada. Estou completamente confusa e desconfortável nessa situação. Entendo que, de acordo com esse arranjo, ambos os lados se aproveitam um do outro. Compreendo isso. Ele consegue companhia e elas o burburinho da mídia que pode ajudá-las em suas carreiras. O que realmente me machuca é que eu não tenho a menor intenção de usá-lo. Não sou modelo, nem busco uma carreira no cinema".
O livro é bem desenvolvido e tem seus altos e baixos com a construção do envolvimento dos protagonistas. Os dois são determinados e tem um passado problemático, que irá influenciar suas ações.

O final faz com que o leitor fique de queixo caído e desesperado para ler a continuação.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina perfeitamente com o conteúdo. 

"- Não posso te dar o que você quer, você não pode me dar o que eu preciso." 






4 Comentários

  1. Esse é exatamente livros que chamam minha atenção!
    Sei que é meio clichê, mas amo livros aonde tem a menininha e o bad boy!
    Acho bastante divertido e sempre é intenso!
    Amo muito e gostei bastante da sinopse!
    Quero descobrir como vão superar as coisas para ficarem juntos!

    ResponderExcluir
  2. Não sou chegada a ler livros com romances fortes de atração mas achei muito legal a personalidade de Rylee pois ela tem um trabalho maravilhoso e é espirituosa. Ao contrário do par romântico que é um bad boy, mas ao todo, o livro parece ser uma leitura agradável.

    ResponderExcluir
  3. Uma protagonista sofredora e altruísta cria curiosidade em saber o que houve no passado para torná-la tão abnegada. Quanto ao bad boy... tomara que consiga se apegar a ela e que possam viver um grande romance.
    Fiquei interessada em saber que reviravolta é essa no final do livro.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.”(George Lord Byron)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já li várias resenhas desse livro, mas ainda não despertou a vontade de ler. Talvez futuramente eu leia.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.