Sasuke caiu protegendo Naruto...!! Nesse momento, Naruto, tomado por ira e tristeza, sofre uma transformação. O que acontece com Haku, que voa longe ao ser atingido pelo punho enfurecido de Naruto...?! E qual o rumo do combate entre Zabuza e Kakashi?! O "arco do País das Ondas" chega a um fim turbulento.

Sasuke cai protegendo Naruto que tomado pela ira e tristeza, sofre uma transformação. Haku apesar de ser um ninja habilidoso, parece não ser forte o bastante diante de Naruto que começa a manifestar o chakra da kyubi. Zabuza e Kakashi percebem esse poderoso chakra e Kakashi precisa terminar essa difícil luta antes que o poder de Naruto fique fora de controle. E o traiçoeiro Gatou mostra sua lealdade para Zabuza que antes de tudo acabar mostrará não ser um ninja totalmente sem sentimentos. A batalha no “Arco do País das Ondas” chega a um fim e não será só a esperança do País das Ondas que pode ser restaurada e sim a coragem de toda uma cidade que a muito tempo vive no medo.



6 Comentários

  1. Rodrigo!
    Está sendo o máximo poder acompanhar sua resenhas sobre Naturo, obrigada por compartilhar.
    “Desejo a você e a sua família um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias. Boas Festas!”
    (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rodrigo, Naruto é uma paixão para mim. A primeira vez que li alguma coisa sobre a história, foi amor a primeira vista. Tive que parar um pouco com a leitura mas pretendo retomar agora nas férias. Já sigo o blog.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Mesmo não gostando muito de Naruto, sempre via as pessoas comentarem bastante por causa do desenho, mas não conhecia a historia por isso achei esse livro legal pois e outra forma de se conhecer a historia !!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.