Sinopse - Uma série sobre amor muito realista, na qual não existem mocinhos, capaz de surpreender a cada nova página. Caleb Drake nunca esqueceu seu grande amor. Nem depois de se casar com Leah ou mesmo quando Olivia se casou com outro. Num momento em que a vida de todos parece entrar num turbilhão de mudanças, ele sente que precisa tomar uma decisão. Talvez a mais importante da sua vida. Caleb tem algumas certezas, mas, agora, há muito mais em jogo. Qualquer caminho que escolha trará graves consequências. Então ele descobre que, para seguir seus instintos, o preço pode ser insuportavelmente alto.


"O impostor" é o terceiro e último livro da trilogia Amor e Mentiras e conta com a perspectiva de Caleb Drake. Após vermos nos dois livros anteriores duas mocinhas completamente diferentes fazendo de tudo para conquistar o coração de Caleb, finalmente veremos a história sob o seu ponto de vista.
A trama é narrada em primeira pessoa e alterna entre presente e passado. Logo na primeira página vemos o protagonista se lamentando pela perda de seu grande amor, a Olivia.
"Olivia pertence a mim. Ela sempre foi minha e sempre será. Seguimos rumos diferentes nos últimos dez anos, mas nossos caminhos sempre se cruzam. Algumas vezes isso acontece porque procuramos um pelo outro; outras vezes, por obra do destino". (p. 07)
No início do livro vemos um Caleb doce e obstinado a ter a sua garota de volta, o que para muitos é um ato extremamente romântico. Mas, ao observamos suas atitudes de forma minuciosa, percebemos que ele realmente não é o cara perfeito. Caleb tem uma personalidade passivo agressiva, onde ele usa o medo das pessoas para controlá-las. Na verdade, controle é a palavra chave aqui. De acordo com a sua própria narrativa, é possível ver que ele é tão interessado na Olivia porque não conseguiu quebrá-la, domá-la. Olivia sempre foi muito independente e dificilmente confiava em alguém e seu jeito impressionou Caleb na faculdade, pois queria se aquele capaz de quebrá-la.
Após o seu casamento ter terminado, Caleb recebe o troco de Leah e acaba decidindo aceitar a proposta de emprego em Londres, mas antes de se mudar acaba reencontrando Olivia, que está está defendendo um caso extraordinariamente difícil.
"- Bem... Sabe, eu nunca encontrei ninguém como você, capaz de me dizer tantas coisas sem pronunciar uma única palavra - ela disparou". (p. 13)
Olivia está casada agora, mas seu marido Noah e ela estão tendo alguns problemas e Caleb decide que agora é o momento de arriscar tudo para ter a pessoa que sempre amou de volta.
Só que Caleb decide fazer isso do jeito mais difícil, provocando Olivia com Jessica Alexander, uma ex da época de faculdade.
"O olhar dela se detém em Noah. A intimidade que noto entre os dois me enche de ciúme. E de raiva". (p. 20)
São essas pequenas atitudes que faz com que o leitor perceba que não é apenas Leah ou Olivia que possuem atitudes manipuladoras. Durante as lembranças sobre o passado, vemos que Caleb é apaixonado por Olivia, mas quer que o relacionamento seja nos seus termos. O mesmo acontece com o casamento que teve com Leah. Apesar de não ter amado a esposa, ele casou-se graças as suas manipulações e ficou ressentido com isso. Então, ele começa a impor suas vontades, sabendo que irá magoá-la e que fará com que o ressentimento entre os dois aumente. O exemplo disso é o fato de que ele proíbe a esposa de contratar ajuda quando dá a luz a doce Estella, mas fica semanas fora viajando a trabalho, sabendo que Leah não tem nada de maternal. Tentar prendê-la em casa sozinha é a sua forma de puni-la, pois Leah adora ser o centro das atenções. Até mesmo a amnésia dele está relacionada ao fato de que Caleb não queria assumir um compromisso com Leah, mas também não queria dispensá-la. 
De todos os personagens do livro, a mais prejudicada nisso tudo é a inocente Estella. Ter Leah como mãe não é fácil e ser usada como peão entre os pais só piora a situação.
Em contrapartida, o personagem que mais cresceu durante o decorrer da trilogia é Olivia. Ela se tornou uma mulher sucedida, mais confiante em si mesma e com uma maior compreensão de que os defeitos de sua família não são sua responsabilidade. 
O livro também conta com a presença de Cammie, amiga da Olivia desde os tempos da Universidade. Provavelmente ela é a única personagem que não hesita em dizer o quanto a situação de Caleb e Olivia é tóxica.
"Competir por ela é bom. Sem dúvida Noah nunca mentiu para Olivia, nem a magoou, nem se casou com outra mulher para feri-la. Mas ela é minha, e dessa vez não desistirei dela sem lutar". (p. 113)
Por mais difícil de acreditar, é exatamente essa loucura que torna a trilogia incrível. Esse relacionamento caótico formado por Olivia, Caleb e Leah, onde a linha entre o amor e a obsessão é muito tênue. Essa situação é alucinante e a leitura torna-se viciante! O leitor não consegue largar a história sem saber o que a Leah irá aprontar em seguida ou em como Caleb e Olivia irão se reencontrar. 
"Amor e Mentiras" é uma trilogia que fala de pessoas imperfeitas que usam o amor como justificativa para atos injustificáveis. É uma história em que cada protagonista exterioriza seus medos e receios, seus defeitos e inseguranças.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina com a capa dos livros anteriores.
"Quando a vi pela primeira vez - MEU DEUS! - Foi como se eu nunca tivesse visto mulher alguma em toda a minha vida. Seu modo de andar aprisionou o meu olhar. Ela se movia como a água: fluida, determinada. Tudo ao meu redor se tornou vago; eu enxergava apenas ela, mais nada. A única coisa real em meio àquele cenário". (p. 113)



Confiram as resenhas dos livros anteriores:
* A Oportunista - Livro 01
* A Perversa - Livro 02 

33 Comentários

  1. Como tenho apenas os dois primeiros livros, estou esperando aquirir o terceiro, para poder ler em seguida os três livros, pois como da para ver na sua resenha, são leituras a serem devoradas, porque esse romance e muito envolvente, e já estou curiosa para saber como tudo isso irá terminar. Caleb parece ser um mocinho maravilhoso, porém e notório que ele engana a todos sem pensar duas vezes, quero saber se ele vai conseguir reconquistar seu grande amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana, tudo bem com você?
      O que eu achei interessante nessa trilogia foi a autora tentar "catalogar" os protagonistas em vilões e mocinhos e ao mesmo tempo apresentar as imperfeições dos mocinhos.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  2. Confesso que o cara da capa do livro me assusta um pouco haha.
    Já tinha ouvido falar dessa trilogia, não sei se gosto de triângulos amorosos pois até agora não li. Mas tem pessoas que dizem que não gostam mas quero tirar minhas próprias conclusões.
    Esse personagem principal, Caleb, parece um pouco manipulador por tentar ter o controle das pessoas mas achei interessante a trama que envolve os romances dele =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaqueline, tudo bem com você?
      Capas de rosto geralmente não me conquistam, pois não dizem muita coisa do enredo. Gosto quando apresentam elementos que podemos ligar à história.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  3. Carol, conheci a trilogia através da sua resenha de "Perversa" e posso dizer que fiquei com muita raiva da Leah, e agora estou mais angustiada ainda por causa da Estella, coitada da bebê.
    Desde o primeiro volume percebo que são livros que não têm como parar de ler nem por um minuto, porque você quer saber o que acontecerá com os personagens em cada página. E essa resenha ficou incrível.
    Por mais confusa que seja essa trama ela é incrível, cada personagem com sua respectiva qualidades e defeitos, como cada um se encaixou no livro de um jeito único e como ele nos desperta afeição e raiva em determinados momentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nicoli, tudo bem com você?
      Realmente eu não consegui parar de ler. Mesmo quando ficava irritava com determinada situação, eu xingava e continuava em frente, pois precisava saber o que aconteceria a seguir.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  4. Ao ler a resenha não parece um romance, mas uma história de manipulação pura.
    Não curto triângulos amorosos e ainda mais que precisa de uma trilogia, para mim parece desnecessário. Não senti vontade conhecer a história

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaynara, tudo bem com você?
      Que pena que esse livro não despertou o seu interesse. Espero que nossas próximas postagens tragam livros que você goste ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  5. Oi, Carolina!!
    Já algumas resenhas sobre esses livros e sinceramente não curto muito essa trilogia Amor e Mentiras. Não gosto de histórias de triângulos amorosos e principalmente por que todos usam os sentimentos para prejudicar uns aos outros.
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marta, tudo bem com você?
      Que pena que esse gênero literário não desperte o seu interesse. Espero que nossas próximas postagens tragam livros que você goste ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  6. Carolina!
    Talvez o fato de os protagonistas serem imperfeitos, como na vida real mesmo, é que dê o tchan na trilogia e a torne tão maravilhosa para leitura.
    Bom ver finalmente o ponto de vista de Caleb, mesmo que não aja de forma correta para reconquistar sua amada.
    Semaninha De muita luz e paz!
    “Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, tudo bem com você?
      Umas das coisas que eu mais gostei dessa trilogia foi a possibilidade de ter o ponto de vista de todos os envolvidos, pois eles tem uma visão irreal de si próprios.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  7. TAi uma série que não tenho muita vontade de ler, parece ser legalzinha, mas a forma como eles tentam conquistar as coisas não me agradam nenhum pouco, e tambem pelo fato de ter um triangulo amoroso, mas achei legal esse livro ser do ponto de vista de Caleb, mas fiquei super revoltada pelo jeito que ele tratava a leah e a estella, geente me deu nos nervos isso, acho que leria apenas se me dessem, mas não é um livro que eu gaste o meu dinheiro investindo na leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel, tudo bem com você?
      Que pena que esse livro não despertou o seu interesse. Espero que nossas próximas postagens tragam livros que você goste ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  8. Eu não tinha lido resenha desse livro ainda mas já ouvi falar da série. É com certeza um das séries que pretendo começar esse ano. Eu gosto muito desse conflito de romance onde um personagem é apaixonado pelo outro e quer ter esse de volta e dai faz uma coisa louca pra isso... e é tudo muito louco kkkk Mas eu quero ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rossana, tudo bem com você?
      Espero que realize a leitura e venha nos contar o que achou ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  9. essa trilogia continua não me cativando (tudo bem q dos três foi o q eu fiquei mais curiosa para saber foi esse)
    assim eu não gostei da ideia do primeiro livro da outra fazer de tudo para ter o ser "amor" e por causa disso eu desisti de toda a série...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, tudo bem com você?
      Que pena que esse gênero literário não desperte o seu interesse. Espero que nossas próximas postagens tragam livros que você goste ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  10. Deu pra perceber que é um livro cheio de romances mas também com alguns temas delicados como as atitudes do Caleb. Deu uma curiosidade para conhecer mais sobre ele. Acho que até mais do que os outros personagens. Eu adoro observar em séries a evolução de cada personagem, principalmente quando evoluem para melhor.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Quando vi essa serie no lançamento, fiquei bem interessada, mas fui lendo algumas resenha sobre o primeiro livro e vi que não é o tipo de leitura queria gostar, pois os personagens não conseguiram me conquistar e lendo a resenha desse ultimo livro vi que realmente não irei gostar desse livro, parece que nenhum dos personagens e muito o que achamos ser !!

    ResponderExcluir
  12. Amei essa capa, super intrigante!
    O que dizer sobre essa história? Gosto bastante de histórias diferentes, que nos dão vontade de ler pela diferença de personalidade das personagens principais.
    Confesso que a vontade de ler esse livro está me consumindo! ashuahsuahs

    ResponderExcluir
  13. Que bom que achou a trilogia incrível, estou super curiosa para iniciar a leitura e conhecer esses três melhor, eles são loucos, e eu quero entender como elas se apaixonaram assim por Calab.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    fiquei curiosa para ler a trilogia, me parece uma boa leitura.
    abraços!

    ResponderExcluir
  15. O Caleb é um cara egoísta mesmo, fraco, frio e calculista!! No primeiro livro ele fingiu que tinha perdido a memória, fazendo a Olívia acreditar que ele não sabia quem era ela!! Pelo que li aqui na resenha ele vai conseguir o que queria!! Só li o primeiro livro e gostei, enfim quero ler os demais livros para tirar minhas conclusões a respeito dos três personagens!! Mas já tenho uma noção de como são!! E penso que a Olívia é a menos má nesta estória!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Adorei a segunda resenha.
    Por incrível que pareça tenho que concordar com você, esse caos entre amor e obsessão torna a trilogia bem interessante, eu não vejo a hora de ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia a trilogia, mas por essas resenha, me deu uma vontade louca de ler!
    A historia parece cativante e cheia de temas intrigantes!
    Espero poder ler em breve!

    ResponderExcluir
  18. Paula de Sá

    Eu não conhecia a trilogia, mas já tinha visto as capas. Achei muito boa a resenha! Quero ler e quero ganhar o sorteio!

    ResponderExcluir
  19. Patricia Queirozdomingo, março 05, 2017

    Que bagunça, filho, um casado, outro separado, não consigo imaginar como tudo isso pode terminar. Acho que esses dois não ficam junto, muita infantilidade. Mas pra ter certeza, quero ler!

    ResponderExcluir
  20. Já havia lido algo sobre essa trilogia, achei o jeito dela contar muito interessante e um pouco diferente. Os focos de cada livro são bem legais porque torna a história mais ampla e acho que fica bacana ir acompanhando...

    ResponderExcluir
  21. Nossa, que interessante! Não sabia que esse último livro da trilogia mudava o ponto de vista em que a história é narrada. Acho legal quando os autores fazem isso pois temos uma ideia melhor de como ambos os lados se sentem. Sem falar, que a premissa dessa trilogia é brilhante e os personagens parecem serem únicos cada um a sua maneira. Adorei! Estão na lista de leitura mas ainda não tive a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  22. Não li a resenha toda pra evitar spoiler rs
    Enfim, coitada da filha desses dois doidos, com certeza é ela quem mais sofre com esse caos todo. E sempre isso das pessoas se apaixonarem por quem as rejeita, né? uiii isso é irritante tanto na vida real quanto na ficção hahaha
    Estou curiosa pra saber o que vai acontecer, quem leva um pé na bunda, quem segue a vida, se vão viver de poliamor...

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  23. Bem legal o jeito que esta trama se desenvolve. Não sei se gosto ou não do Caleb. Pensava que ele era um mocinho, mas acho que não, né? A trama continua empolgante. isso é muito bom. Autor soube desenvolver a história muito bem pelo que notei. Com certeza vou adorar ler.
    Beijos;

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.