Sinopse - Leah Smith finalmente vive um momento muito especial. Conquistou aquele que considera o “homem da sua vida”, mas não está completamente feliz. Leah se sente insegura, como se fosse sempre a segunda opção e sua vida atual, como um castelo de cartas, pudesse desabar a qualquer momento... E, mais do que sentir, ela sabe que Caleb nunca a olhou com aquele brilho especial que dirigia a Olivia. Então, se por um lado se sente vitoriosa, por outro, percebe quanto é desgastante e trabalhoso manter a sua conquista. Agora, oficialmente casada com Caleb, ela vai até as últimas consequências para manter unidos os pedaços de uma vida construída por segredos, mentiras e trapaças. E, quem sabe, amor. Mas não é assim que devemos fazer para lutar por quem amamos?


A trilogia "Amor e Mentiras" desperta um sentimento ambíguo durante a leitura. Ao mesmo tempo em que observamos protagonistas que beiram a insanidade nós ficamos impacientes para ver o que acontece em seguida.
O segundo livro é narrado em primeira pessoa, sob a perspectiva de Leah Smith. Leah é uma garota mimada, que conheceu Caleb após ele e a Olivia terem terminado. Quando se conheceram, Caleb não ficou encantado pela protagonista e isso a deixou mais decidida a conquistá-lo. Na verdade, essa é uma característica de Leah: quanto mais alguém a rejeita, mais ela fica determinada. Isso se deve provavelmente a sua dinâmica familiar, pois os pais deixam claro sua preferência pela sua irmã Court.
"Eu não era uma garota de compromissos até que Caleb me rejeitou..." (p. 66)

"A Perversa" tem início com o nascimento de Estella, filha de Leah com Caleb. A partir desse evento, os capítulos vão alternando entre presente e passado e Leah vai contando os acontecimentos sob sua perspectiva.
Quem leu o primeiro livro, percebeu que Leah engravidou de propósito para manter Caleb após sua perda de memória. Só que Leah fica decepcionada ao dar a luz a uma menina e deixa isso perceptível a todos. Além do mais, ela não quer ser mãe em tempo integral. Ela quer que sua vida continue a mesma, com muita bebida, festas e irresponsabilidades.
Só que para manter Caleb, ela precisa de um alter ego. Alguém que fique em casa enquanto o marido viaja a trabalho, que cuide da casa, da filha e se dedique integralmente a família. Mas por quanto tempo Leah conseguirá manter essa máscara?
Nesse ambiente, o leitor fica com os sentimentos conflitantes. Leah tem uma personalidade horrível e em muitos momentos atua de forma desprezível. É o tipo de personagem que faz com que o leitor xingue bastante durante a leitura. Porém, há também todo passado dela, assim como o seu casamento.
Leah passou a vida toda sendo rejeitada e até mesmo o seu casamento com Caleb é complicado. Ela não é apenas a segunda opção de Caleb, como fica claro que esse "príncipe" pelo qual ela e Olivia se apaixonaram, é um cara completamente passivo-agressivo. A forma como Caleb lida com os conflitos demonstra que os três personagens são obcecados, desleais e cruéis.
Um dos destaques do livro é exatamente a história familiar de Leah e a dinâmica dela com seus pais e irmã. A autora inseriu uma ótima trama secundária que tem um desfecho impactante.
Enquanto Leah é a vilã clássica, que faz de tudo para conseguir o que quer, sem nunca assumir as responsabilidades por seus atos, Olivia se responsabiliza por tudo e tem baixa auto estima (o que explica a forma como ela se vê no primeiro livro). A grande questão é como Caleb se enxerga (questão essa que será respondida no último livro da trilogia).
"- Eu não vou magoá-la. Tomarei conta de você. Acredita em mim?

- Sim - menti". (p. 167)
Implacável, cruel, manipuladora, irresponsável e vingativa são apenas alguns dos adjetivos que podemos relacionar à Leah!
"O ódio é um sentimento muito prodigioso, é quente e opressivo como o fogo. Começa por queimar a razão que Deus lhe deu até que não fique nada senão um monte de cinzas em seu lugar. A seguir, elas tomam conta de sua humanidade, línguas quentes lambendo os poucos fios de inocência restantes até que eles se derretam e se transformem em algo feio. Depois, nos escombros do que você era, o ódio planta uma semente de amargura. A semente cresce e vira uma trepadeira, e a trepadeira a sufoca quando você a toca". (p. 252)
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina perfeitamente com a capa do livro anterior. Foi encontrado um único errinho de digitação na página 103, mas nada que interfira na compreensão do texto.
"Fizemos amor. Era a primeira vez em minha vida que alguém fazia amor comigo. Sempre fora apenas sexo. Eu me apaixonei seriamente naquele dia". (p. 73)

Confiram a resenha de A Oportunista - Livro 01

35 Comentários

  1. Não conhecia a trilogia "Amor e Mentiras" mas fiquei surpreendida em saber que a Leah é inversão de qualquer protagonista. Achei bem interessante a narrativa e o enredo em que o livro foi desenvolvido! Espero ter a oportunidade ler ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaqueline, tudo bem com você?
      Espero que realize a leitura e venha nos contar o que achou ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  2. Carolina!
    Que mulherzinha maquiavélica e mais que mimada. Para não dizer inconsequente ao tentar atingir seus objetivos, já que teve um filho apenas para 'prender' Caleb, horrorosa!
    Não li a trilogia, mas também nem sei se quero ler, viu?
    Desejo uma semana de luz e paz!
    “A dúvida é o princípio da sabedoria.” (Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Tenho mutia vontade de ler essa trilogia, pois sei que a história e arrasadora. Vejo que essa vila veio para conseguir o que quer, não vai medir esforços para isso. Da para notar que essa será uma leitura intrigante, muito envolvente, com personagens cativantes. Essa trilogia esta com certeza na lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana, tudo bem com você?
      Espero que realize a leitura e venha nos contar o que achou ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  4. Nunca havia ouvido falar sobre a trilogia "Amor e Mentiras", mas te garanto que estou com ódio da Leah, sério, só li a resenha e essa personagem me tirou do sério.
    Sabemos o motivo dela agir assim, mas não sei se conseguiria aturá-la até o último livro. Porém, essa trilogia apresenta uma personagem principal fora da zona de conforto que muitos leitores estão acostumados a ler, e isso com certeza instigará vários leitores.
    Esses livros apresentam histórias bastante envolventes e curiosas, por mais rancor que eu tive na Leah na primeira impressão, com certeza leria a trilogia completa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nicoli, tudo bem com você?
      Realmente a Leah tem um comportamento terrível e deixa o leitor totalmente indignado. Porém, ao ler a trilogia, você irá perceber que ela não é a única...
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  5. Oi, Carolina!!
    Não conhecia essa trilogia Amor e Mentiras. Mas fiquei bem surpresa quando percebi que a protagonista principal é uma vilã bem mimada e que usa métodos anti-éticos para atingir seus objetivos!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marta, tudo bem com você?
      A Leah realmente é capaz de fazer tudo para conseguir o que quer e talvez seja por isso que a leitura do livro dela é tão interessante.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  6. Oii !! eu já tinha visto a resenha dessa trilogia num blog, mas só do terceiro livro, e confesso que não fiquei nem um pouco com vontade de ler, um livro desses me dá nos nervos durante a leitura, gosto de livros leves e etc, não um livro tão pesado carregado de mentiras, ódio e ainda mais com uma protagonista vilã, mimada e que usa métodos anti-éticos pra conseguir o que quer, e que ainda engravida de próposito!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel, tudo bem com você?
      Que pena que esse gênero literário não desperte o seu interesse. Espero que nossas próximas postagens tragam livros que você goste ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  7. eu continuo sem vontade de ler essa série, pois essa dela fazer de tudo para ficar com o rapaz para mim não beira a insanidade já é insano...
    eu não gosto dessa ideia de os fins justifica os meios que a protagonista usa e por causa disso eu não tive vontade de ler o primeiro livro e em consequencia esse continua na minha lista do não...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, tudo bem com você?
      Que pena que esse gênero literário não desperte o seu interesse. Espero que nossas próximas postagens tragam livros que você goste ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  8. Novela mexicana em forma de trilogia. Amei a resenha e estou achando muito interessante.... O fato dos personagens serem tão vis e cruéis jó adiciona mais a trama

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaynara, tudo bem com você?
      Adorei seu comentário: novela mexicana em forma de trilogia rs
      Fico feliz que tenha gostado da resenha.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  9. Oi!
    Quando vi essa serie logo fiquei bem interessada por ela mas lendo alguns resenhas vi que não é muito o tipo de livro que irei gostar, os personagens são interessantes e cheio de conflitos, mas também acho que ele acabaram me irritando muito ao longo da historia, por isso essa é uma serie que eu ainda não pretendo ler !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem com você?
      Que pena que esse gênero literário não desperte o seu interesse. Espero que nossas próximas postagens tragam livros que você goste ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  10. Esse livro parece muito bom!
    Gosto quando os livros apresentam histórias secundárias, mas claro que não é só jogar lá e pronto, uma história a mais pra encher linguiça, mas uma história que faça parte e tenha um propósito no final. Fiquei curiosa para conhecer esse drama familiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta, tudo bem com você?
      Realmente não é uma trilogia que segue o padrão "normal", mas é muito boa.
      Espero que realize a leitura e venha nos contar o que achou ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  11. Nossa, a personagem teve um filho só pra segurar o marido, isso é bem novela mexicana kkk A Leah deve ser mesmo bem irritante. Como que pode fazer uma coisa dessas para segurar o marido. Agora eu fiquei com vontade de conhecer a Leah e saber o que ela passou na vida e o que ela vem tramando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rossana, tudo bem com você?
      Mesmo parecendo um enredo de novela, ainda é uma situação que realmente acontece com frequência.
      Espero que realize a leitura e venha nos contar o que achou ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  12. Essa série é demais, li A Oportunista, e amei. Quero dar continuidade a série, assim que possivel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula, tudo bem com você?
      É o tipo de livro que foge do comum e mesmo assim o leitor fica viciado nele, não é?
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  13. Eu simplesmente estou amando as resenhas ! Esse conteúdo que foge da mesmice que estamos acostumados a ler!
    Sensacional!

    ResponderExcluir
  14. Nossa pelo visto esses três são completamente insanos e sem noção, como assim dar um jeito de engravidar, estou curiosa para ler e ver no que vai dar essa loucura toda, e esse Caleb nem parece ser um cara legal e essas duas loucas por ele.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  15. Olpa!
    Olha esse enredo, que que isso. Coisa mais sem noção! Porém como é sem noção eu já gosto. louca pra ler.

    ResponderExcluir
  16. Li o livro anterior A Oportunista!! Leah Smith foi bem sacana com a Olívia, ela é muito má, mas por outro lado, o Calebe é um frouxo!! Ele poderia ter se livrado da Leah e perdoado a Olívia!! Agora vamos conhecer a história da perversa Olívia!! Ansiosa para ler!!

    ResponderExcluir
  17. Oi.
    Não vejo a hora de conhecer a história pelo ponto de vista da "vilã", parece ser bem interessante, uma pessoa capaz de qualquer coisa para ter o que quer, realmente diferente de tudo i que ja li.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Que massa esse misto de antagonismo com a personagem! Deixa um sabor de querer saber o que vai acontecer no desenrolar da trama!
    Quero ler!

    ResponderExcluir
  19. Paula de Sá

    Eu não conhecia a trilogia, mas já tinha visto as capas. Achei muito boa a resenha! Quero ler e quero ganhar o sorteio!

    ResponderExcluir
  20. Patricia Queirozdomingo, março 05, 2017

    Já estou com raiva da Leah por ela ter engravidado p/ segurar o Caleb. Imaginei Leah super forte, decidida, e aii, foi muito baixo. Pelo visto Caleb ainda não recuperou a memoria, já que Leah é sua segunda opção. Que curiosidade.

    ResponderExcluir
  21. Não conhecia a trilogia! mas estou mais e mais interessada nesse e nos outros dois livros, acho que vale a pena lê-los. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  22. Já li muitas críticas positivas quanto a essa trilogia. O que mais percebi até agora é que os personagens são bem peculiares, com uma personalidade bem singular e atitudes que confundem um pouco. Até agora não sei se os protagonistas são maus ou bons no final das contas. Só lendo mesmo para tirar minhas próprias conclusões, e realmente parece o tipo de livro que você passa 90% da leitura xingando ose personagens e até a autora. Rsrs.

    ResponderExcluir
  23. AI JESUS SÓ ME DEIXOU AINDA MAIS CURIOSA
    COmo assim, ela queria um menino? Bem, aparentemente ela queria mesmo era prender o cara, queria engravidar pra isso mas não queria filho nenhum eiuheuiehiueh
    realmente os 3 são muito doidos e eu fiquei imaginando como a Leah vai lidar com isso, com um filho pra criar e a vontade de continuar suas festas e bebedeiras.

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  24. Este também tem cara de ser bem legal. A trama deste romance também parece ser bem envolvente. A Leah tem cara de ser mercenária. O pouco que vi aqui já fiquei com raiva dela.Ansiosa pra saber mais.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.