Era uma vez o fim do mundo. Florestas foram queimadas, lagos e rios secaram, oceanos transbordaram. Uma peste febril se espalhou pela Terra, dizimando famílias inteiras. Homem matou homem. A violência reinou. Não havia mais lugares seguros. Então, surgiu o CRUEL. Pesquisa após pesquisa, essa organização não mediu esforços para encontrar respostas... para encontrar a cura. O CRUEL fez testes em crianças. Algumas delas, além de imunes, eram especiais... como Thomas e Teresa. Juntos eles foram designados a trabalhar em um experimento: o Labirinto. Mas, ao que parece, nem tudo foi dito. Segredos e mentiras irão perturbar Thomas. Quais relações de lealdade são realmente verdadeiras? O código da febre é a aguardada prequel da saga Maze Runner. Prepare-se, porque nada será como antes. Todas as respostas serão reveladas.
Nós já ouvimos a história do ponto de vista dos clareanos. Já ouvimos a história do ponto de vista da população que encarou a tempestade solar e a disseminação do vírus. Agora é hora de ouvir o ponto de vista do CRUEL. Em “O Código da Febre”, James Dashner conta o início da história da tão macabra, fria e científica instituição de pesquisa, e em como Thomas, Teresa e seus amigos se envolveram nos acontecimentos da saga Maze Runner.
É de fato muito interessante poder acompanhar o dia a dia do submundo nos porões do CRUEL. A história passa pelo recrutamento dos imunes, a construção do labirinto, a criação dos verdugos e a participação dos nossos protagonistas nesse trabalho. Fala sobre como se formou a liderança do CRUEL, e como estabeleceram os planos para os experimentos com a “ruína universal” em busca da cura para o fulgor. Também conta como todos se conheceram, dando ao leitor a oportunidade de conhecer melhor cada personagem em sua vida “pré-labirinto”. É interessante também observar a evolução de Thomas e Teresa, até que chegar o momento de adentrar o labirinto, e a participação de personagens icônicos como a Dra. Paige.
Já fazia muito tempo que eu havia lido todos os livros da saga, então foi realmente uma experiência nostálgica ver aparecendo, um por um um, cada personagem da história. Foi como matar saudades de pessoas queridas. Pessoas pelas quais aprendemos a torcer, enquanto acompanhávamos as suas mazelas. No livro também é possível ver acontecer, em mais detalhes, diversas das coisas que foram passadas por alto nos livros seguintes; muitas referências. Fica garantido um monte de “ah, eu lembro disso! Nooossa!”.
Apesar de não ser uma história que traz mais tanto suspense, porque quem já leu todos os livros já sabe o que vai acontecer no final, o autor traz revelações bombásticas, além da loucura zumbi que só cranks enfurecidos podem proporcionar. Confesso que achei alguns dos acontecimentos narrados um pouco forçados, mas nada que tire o brilho de mais essa experiência com esta tão impactante e intensa saga. Afinal, é uma boa ficção.
Como um bom prequel, “O Código da Febre” traz uma leitura interessante e agradável, e realmente voltada para quem já leu toda a série. Vale a pena para quem é fã da saga e quer se sentir dentro dos acontecimentos que resultaram nas intensas histórias de Maze Runner, das quais gostamos tanto.

Resenhado por: Adriano de Oliveira

10 Comentários

  1. Oi, Adriano, tudo bom?
    Não li nenhum dos livros da série, muito embora esteja em minha lista. Assisti ao primeiro filme e, confesso, fiquei um pouco decepcionada. Diga-me: o livro é melhor? Quero começar a ler em breve. E, mais uma pergunta: seria legal começar por esse livro aqui ou pelo primeiro da série, porque você disse que esse conta o início da história, como se fosse um prólogo estendido, certo? Ou não? Ah, desculpa por tanta pergunta, mas é que realmente quero começar a leitura e estou com essas dúvidas. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Hey,

    Eu só li o primeiro livro da série, mas adorei que tem um livro do ponto de vista dos "vilões" assim que eu ler todos os livros lerei esse <3

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Eu sou louca apara ler a saga Maze Runner, confesso que ainda não tive a oportunidade, achei a premissa desse livro bem interessante, o que me chamou bastante a atenção, adoro quando tem ela revelações que nos tira do chão, enfim adorei.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Não li nenhum livro infelizmente mas assisti ao filme e gostei bastante, quem sabe eu dou uma chance aos livros e continue minha saga depois com os filmes, adoro revelações bombásticas e quero ficar mais por dentro do assunto.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Adriano,não li essa saga. Para ser bem sincera,na época em que se falava muito dessa história,não me interessei muito.Talvez por ler livros de gêneros bem diferentes desse.
    Mas agora estou em uma fase de desejar tramas diferentes das que estou acostumada.

    Muitas aventuras essa saga promete,então vamos lá! :)

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Só li o primeiro livro da serie Maze Runner, mas lendo a resenha dessa historia, esse é um livro que quero muito ler, sempre fiquei muito curiosa para saber como era o antes dos personagens entrarem no labirinto, principalmente Thomas, espero que mostre um pouco da construção dele e principalmente dos outros personagens também, bem curiosa para poder ler !!

    ResponderExcluir
  7. Oláa! Infelizmente, nunca tive interesse nessa série. Ainda fui assistir ao filme no cinema, mas não gostei. Enfim, mas é interessante que esse livro seja com o ponto de vista do vilão, muito peculiar.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Adriano!!
    Não li nenhum dos livros da série, e para falar bem a verdade também não conhecia nada da estória e também não sabia da existência do filme.
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Adriano!
    Não tive oportunidade de ler nenhum dos livros da série, mas já assisti o filme e é bem empolgante, e acredito que o livro seja ainda mais, porque traz detalhes que por vezes o filme não mostra.
    Bom ver todas as personagens de volta e o delírio zumbi.
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  10. li todos os livros, mas esse não entendi. A personagem que se apresenta como vilã no final é quem liberta eles no final da saga??? A não ser que façam outro só para explicar mais coisas.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.