Sinopse - Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono – mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear – uma joia de imenso poder –, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda... ou uma tragédia.

"A Rainha de Tearling" é o primeiro livro da série que leva o mesmo nome e é dividida em três partes: Livro I, Livro II e Livro III. A série é uma distopia, onde um acontecimento catastrófico mudou tudo, porém a civilização atual é medieval, mas com uma pitada de inovação.
Kelsea Glynn é uma jovem de 19 anos de idade que foi criada na floresta por Barty e Carlin. Ela sempre soube que é filha da rainha Elyssa e que um dia iria assumir o trono. Por conta disso, sua vida passou através de horas e horas de estudo sobre o reino, sua história e a discórdia de Tearling com o Reino de Mortmesme.
Um dia a Guarda Real de Tearling aparece na posta do casebre, dizendo que é hora da jovem assumir o trono. Porém, nada é fácil para essa princesa. Enquanto ela estava escondida, seu tio Thomas tornou-se regente e está bem confortável com o cargo. Além disso a Rainha de Mortemesne também está confortável com o regente, já que ele é seu fantoche. 
Tearling está a beira do colapso, a população está em constante perigo graças a um tratado que a rainha Elyssa assinou com Mortmesne e a esperança está se esvaindo. Fica perceptível que Elyssa era uma mulher fútil, inapta para governar e que muitos ressentem desse fato. 
"A marca do verdadeiro herói é que a mais heroica de suas proezas é feita em segredo. Nunca ficamos sabendo dela. Contudo, meus amigos, de algum modo sabemos."
Nesse primeiro livro, a trama é um pouco mais lenta, falando da história de Tearling e o passado, quando Elyssa era rainha. Além disso, boa parte dela se passa no trajeto, na saída de Kelsea do casebre até à Fortaleza, local de onde ela irá governar. Apesar de todos os ensinamentos recebido ao longo dos anos, Kelsea não sabe a verdade sobre a sua família e muito menos sobre a forma como eles governaram. 
A Guarda Real de Tearling fez um juramento, mas será que todos permanecerão leais a uma princesa desconhecida?
Em paralelo, temos a visão do Reino de Mortemesne e sua governante, a Rainha Vermelha. Uma mulher que governa com punhos de ferros e é capaz de realizar qualquer coisa para cumprir seus objetivos. 
Como primeiro livro de uma série, é promissor. Alguns leitores podem ter dificuldades, pois a leitura não é muito fluida, graças as inúmeras explicações, mas é um detalhe esperado, pois trata-se de um mundo inédito que necessita dessas explicações.
O livro é voltado para um público mais adulto, pois possui cenas fortes de violência, que causam impacto.
"A grande responsabilidade que herdara, bastante problemática no mundo das ideia, agora parecia intransponível. Mas claro que ela já sabia que o caminho seria árduo."



Para comprar o livro, acesse: http://amzn.to/2oNvUnE

6 Comentários

  1. Apesar deste primeiro livro ter um pouco menos de ação,gostaria de lê-lo mesmo assim.
    E se a história se passa na era medieval,melhor ainda!
    Espero que a autora nos faça sentir como de estivéssemos nesta época.

    A capa também está divina!

    ResponderExcluir
  2. Espero ansiosa para conseguir ler a historia, com tantos acontecimentos nessa era e uma rainha inexperiente será o que vai acontecer, próximas continuações que venham e eu vou ler.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol.
    Estou doida para ler esse livro!
    Gostei de saber que ele é voltado para o público adulto!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito dos romances históricos e fiquei triste por ver que esse é um pouco mais lentinho, mas ainda assim, as cenas fortes devem suprimir essa lentidão e gostaria de ler.
    “Preferi sempre a loucura das paixões à sabedoria da indiferença.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  5. Amo distopias principalmente envolvendo reinado <3 com certeza esse livro vai pra minha lista <3

    ResponderExcluir
  6. Oi!!
    Estou super animada para conhecer essa história!! Adoro romances medievais, e fiquei bem interessada para saber mais sobre essa distopia!!
    Beijoss

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.