Sinopse - Romance de estreia de Osmar Freitas, Maga - Bruxas preferem Bloody Mary tem um enredo instigante, que explora as seculares lendas de vampiros e as traz ao Brasil, a bordo de um vapor de imigrantes italianos do final do Século XIX. Uma história que vai levar o leitor a considerar seriamente a possibilidade de encontrar algo daquele mundo maligno à solta por aí.  Enrico, um jovem professor de italiano, vê sua namorada morrer em condições estranhas. A polícia, entretanto, nada vê de anormal, e Enrico decide investigar por conta própria. Lysandra, sua colega de trabalho, vai com ele e, pouco a pouco, começa a tomar a frente das investigações, empurrada por seus conhecimentos de vampirismo e magia. Mais que esclarecer a morte da garota, Lysandra também procura por explicações que a ajudem a afugentar fantasmas do passado. Juntos, eles se embrenharão por becos de São Paulo, serão apresentados à um mundo paralelo e terão que enfrentar situações inusitadas de tensão e perigo. Em uma delas, alguém pode morrer. 
A trama é narrada em primeira pessoa pela Lysandra, uma protagonista no início de seus vinte anos. A história se passa em São Paulo começa quando ela recebe uma ligação informando-a que o seu amigo e colega de trabalho, o Enrico (Rico) está no hospital com um ferimento na cabeça.
“Minha atenção estava só no Rico. Enquanto decidia o que fazer, em pensamento pedia à Grande Mãe que o salvasse; se ainda houvesse tempo. Toquei-lhe o rosto lívido e depois tomei sua cabeça com a mão direita, a única que ainda obedecia aos meus comandos. Sacudi-a levemente, como faria se quisesse apenas despertá-lo de uma soneca, mas ele estava todo mole e não dava sinais de vida. Devolvi a cabeça ao assoalho e sacudi seu ombro, agora com força, chamando-o, porém ele continuou sem reagir. Rico não respirava, e minha respiração travou também. Meu Deus! Como fui deixar acontecer? Ele já havia sido atacado antes e sobrevivera, e eu devia ter aprendido. E com os pais dele, como vai ser? Senti o peito apertar-se ainda mais. Quem vai dizer que o filho morreu? Por minha culpa. Por conta dessa maldita obsessão. E a irmãzinha, que ele tanto amava? Dio!” (p. 06)
Acontece que o Rico foi encontrado desmaiado ao lado de sua namorada, que encontrava-se morta, no meio do bairro conhecido como cracolândia. Para os policiais, Roberta, a namorada do Rico era uma usuária de drogas e teve uma overdose. Só que existem algumas peculiaridades no caso que não coincidem com essa teoria. Como um estranho anel encontrado no corpo da vítima ou o fato do corpo não ter quase sangue, mas não ter nenhuma gota na cena do crime.
"- Bem... - Victor respirou fundo. - A mais esquisita é que o Negreiro, o perito do IML, disse que o corpo da vítima apresentava pouco sangue. Como não havia sangue no local e ela não tinha ferimentos, achei curioso." (p. 35)
Lysandra tem um passado doloroso. Seus pais se divorciaram quando ela era pequena e ela ficou morando com a mãe, Dirce. Durante a adolescência, ela estudou bruxaria com outras alunas de sua cidade, inclusive sua grande amiga, a Marcela. Para Lysandra, estar ao redor de pessoas que a auxiliavam a compreender o seu dom, era um bálsamo. Enquanto crescia, ela quase não teve contato com o pai, até que um dia sua mãe morre por conta de uma parada cardíaca. Quando a mãe faleceu, ela teve que ir para o Rio de Janeiro, morar com o seu pai Caco, um jornalista que vivia enfiado no trabalho e não tinha tempo para a filha. Quando terminou os estudos, decidiu fazer um mochilão pelo mundo e ao voltar, foi morar em São Paulo, onde trabalha no Instituto de Ensino da Língua Italiana para Brasileiros - IELIB dando aulas de italiano. Aliás, foi assim que conheceu Rico, um italiano que também é professor de italiano no IELIB.
"- Vocês estudavam magia? Na escola? - Rico ficou pasmado. - Que raio de escola era essa? - Deixe-me falar - pigarreei, e me preparei. - Escola é maneira de dizer. Éramos apenas sete alunas em um curso de bruxaria, lá em São Mateus. Frequentei as aulas por pouco tempo, menos de seis meses, e só concluí os módulos iniciais. Acabei abandonando após a morte da minha mãe."
Para Lysandra, o que aconteceu com Rico e sua namorada despertam lembranças do passado e ela sente-se compelida a investigar e descobrir a verdade. Enquanto mergulha nesse mundo, Lysandra vai descobrindo mais sobre si mesma.

O texto é muito bem construído e a linguagem combina com o perfil da personagem que se encontra no início dos vinte anos. As referências também são atuais, falam de redes sociais, da série Crepúsculo e tantas outras que permitem ao leitor se identificar com a história.

O enredo tem o tema sobrenatural como ponto de partida e até mesmo tem um narrador oculto, que demonstra certa obsessão por uma jovem chamada Mina, mas é também um enredo que fala sobre descobrimento e amadurecimento pessoal, a descoberta de sentimentos inesperados e a jornada pessoal de Lysandra.

O autor Osmar Freitas trabalhou muito bem o tema sobrenatural em meio a grande cidade de São Paulo. É bem intrigante ler sobre vampiros e bruxas em um território nacional. A escrita é leve e fluida, de forma que o leitor consegue alternar a narrativa de Lysandra com a do narrador misterioso sem problemas. Além disso, o leitor se diverte com alguns pensamentos da protagonista ao mesmo tempo que torce para que ela consiga enfrentar o que irá surgir em seu caminho.
"- É porque sua missão ainda não lhe foi revelada. Quando isso ocorrer, você compreenderá. Missão é contrapartida ao dom, Maga. Todos nós temos uma e não podemos fugir dela. É claro que também nos foi concedido o livre arbítrio para escolher como e quando nos dedicaremos a ela, mas livre arbítrio não significa poder recusar nossa missão ou anular o dom que recebemos, nem permitir que seja suplantado por interesses menores, pessoais." (p. 78)


Para comprar o ebook, acesse.

12 Comentários

  1. Esse livro não é pra mim, não sou muito ligada nesses temas sabe? Fantasia passa longe, mesmo eu tendo dado umas chances ao longo desse mes.
    Achei legal o fato do ambiente ser nacional, não vemos muito esse tema ligado ao Brasil ne? Deve ser interessante esse fato ;)

    ResponderExcluir
  2. Carolina!
    Muita informação no livro, né?
    Ainda assim fiquei um tanto intrigada com a morte e com o tom sobrenatural que a história traz.
    E ainda o amadurecimento da personagem, sempre bom ver que a protagonista busca um crescimento pessoal.
    Desejo uma semana tranquila!
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Nossa mas que historia mais incrível e com tantos mistérios ainda para serem resolvidos,vai entrar para lista de desejados sem duvida, uma mistura com vampiros e bruxas adorei a criatividade e considerando que seja nacional agora mesmo que quero conhecer.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia este livro, mas gosto muito de conhecer novos livros e autores nacionais, e após ler sua resenha não tive dúvidas em relação a querer ler este livro e adicionei ele em minha lista de leituras, a história parece ser muito boa e estou ansiosa para lê-lo.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Que história incrível. Gostei bastante da trama dele, um mistério que tem que ser resolvido e também mistério sobre a vida dela, é incrível como o autor consegue entreter o leitor com essa leitura, amei a resenha dele e me pareceu bem interessante.

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol ;)
    Adoro livros sobrenaturais e amo conhecer novos autores nacionais! Parece ser um livro bem diferente.
    Muito obrigada pela indicação, já vou colocar ele na lista de leitura!
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Olá! A história parece ser cheia de mistérios e suspenses hein, do jeito que eu gosto, adoro fantasias, e é sempre interessante poder conhecer novos autores nacionais, dica anotada!

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol.
    Essa é a primeira vez que vejo falar do livro mas já estou encantada adoro tema Sobrenatural e saber que o autor trabalhou isso muito bem Já me deixou animada Adorei a premissa os personagens me parece bastante interessante Além de que eu amei essa capa, enfim não vejo a hora de ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. O que mais me interessou foi saber que ser trata de bruxas e que acontece em São Paulo,é a primeira vez que vejo falar desse e por ser nacional vou querer ler, esse ano estou tentando ler mais nacionais e fico feliz com a sua dica.

    ResponderExcluir
  10. Não sou muito chegada a livros sobrenaturais, porém achei muito interessante essas referências tão atuais e o cenário também, nosso Brasil <3

    ResponderExcluir
  11. Gostei do livro,pois trata- se de um livro sobrenatural, mas que também tem um certo mistério e é investigativo.
    Apesar de contar com uma trama com vampiros, achei diferente dos tantos livros que existem por aí.
    E ainda é de um autor Nacional.
    Gostei!

    ResponderExcluir
  12. Adorei o tema do livro e fui comprar o e-book no site da Amazon. Descobri - meio sem querer rsrs - que o livro Maga está em oferta nestes dias. Paguei só R$ 1,99. Não sei até quando vai a promoção... E já comecei a ler. Valeu pela dica!
    Pra quem quiser, o link da pagina da Amazon é http://amzn.to/2rSZqux

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.