Sinopse - Na corte inglesa medieval, a amável lady Madelyne sofre com os caprichos de seu perverso irmão, o barão Louddon. Para se vingar de um crime revoltante, o barão Duncan ataca as terras de Louddon com seus guerreiros. Madelyne foi o prêmio que ele capturou, porém, ao contemplar a orgulhosa e bela dama, ele jura arriscar sua vida para protegê-la. Apesar de seu tosco castelo, Duncan demonstra ser um gentil cavalheiro. Mas quando, afinal, a nobre paixão domina a ambos, Madelyne se entrega com toda a alma. Agora, por amor, Madelyne enfrentará qualquer coisa, tão corajosamente quanto seu senhor, o poderoso e combativo Lobo.
"Esplendor da Honra" é narrado em terceira pessoa e se passa no ano de 1099, inicialmente na Inglaterra. Tudo começa quando Duncan, um guerreiro e suserano conhecido como o Lobo é capturado após ter acordado verbalmente com o barão Louddon que entraria em suas terras sozinho para conversarmos.
O Barão Louddon não é um homem honrado que tem um cargo importante junto ao rei e se aproveita disso.
"A vingança de Duncan era um castigo adequado aos pecados de seu irmão. A justiça estava sendo feita naquela noite escura por um bárbaro em trajes de cavaleiro, um radical que, segundo o modo de pensar de Madelyne, ousava ignorar a influente amizade de Louddon com o Rei da Inglaterra." (p. 25)
Por conta disso, ele captura Duncan e o deixa exposto ao frio, para que morra de causas naturais e parte para o castelo para conseguir um álibi. Louddon não contava com a força de sua meia-irmã, lady Madelyne, que estava preparando a própria fuga. Ao ver o prisioneiro, ela resolve ajudá-lo. Dizem que um único ato de bondade pode mudar o mundo e foi exatamente isso o que aconteceu. Duncan tinha um plano que envolvia vingança, "Olho por olho", mas ao ver o comportamento de Madelyne, decide alterar um pouco os planos.
Duncan, a princípio, não acredita que uma dama fugiria do conforto e assim como ele, seu irmão Gilard não acredita na jovem. Mas uma virada inesperada durante o trajeto, tira todas as dúvidas desses irmãos e Duncan se vê agindo de forma protetora e possessiva em relação à Madelyne.
Madelyne acredita que Duncan, o poderoso Barão das Terras de Wexton, a deixaria ir embora após a sua ajuda, mas não poderia estar mais enganada.
Ao chegar nas terras do barão, Madelyne conseguiu ver a verdadeira face de Louddon. Ele atacou a irmã de Duncan, Adela, desonrando-a e deixando marcas emocionais profundas.
A história de Madelyne não é bonita. Quando sua mãe morreu, o seu pai e Louddon começaram a atormentá-la. Louddon gostava de vê-la em pânico, sem contar que a observava dormir. Durante a infância, ela foi morar com o seu tio materno, o Padre Berton. Padre Berton é um senhor bem idoso, mas que a tratou como uma filha e durante anos, foi o único apoio que a jovem teve. Por conta de sua criação, Madelyne ama mitologia e ler. Conhece diversas histórias, mas é totalmente inocente quanto ao mundo.
Duncan não é chamado de Lobo à toa. Ele é feroz, protetor e territorial, mas também não está acostumado a ser um homem carinhoso, nem mesmo com sua própria família. Ele se distancia emocionalmente, pois acredita que assim poderá liderar melhor. Porém, Madelyne irá mostrar a ele o quanto está enganado.
"Ele não parecia ser o tipo de homem que ria - que sorria sequer... Ele parecia tão duro e impassível quanto sua posição determinava. Era acima de tudo um guerreiro, um barão, e ela deduziu que o riso não tinha lugar em sua vida." (p. 13)
A trama "Esplendor da Honra" é simplesmente deliciosa. Há vários momentos hilários em que o leitor se surpreende com a pureza e a alegria que a presença de Madelyne causa no clã. Claro que também há momentos de tristeza e de perdão.
"Esplendor da Honra" é um livro indispensável para aqueles que são fãs de romances históricos, pois tem todos os elementos para fazer o leitor se apaixonar: uma mocinha resiliente e carismática, um guerreiro teimoso e honrado, uma família ímpar e unida e um enredo de tirar o fôlego.
"Duncan a ouviu. Um sorriso lento se formou em seu rosto. O que Lady Madelyne desejava não era importante para ele. Sim, ela lhe pertencia agora, quisesse ou não." (p. 31)


Para comprar o livro pela Amazon, clique aqui

7 Comentários

  1. Boa tarde!
    Gostei da premissa do livro, acho que gostaria de ver como não só Duncan, mas também todo o clã teriam suas vidas mudadas por Madeleyne, que parece ser uma ótima pessoa, mesmo tendo sofrido muito.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    A trama do livro é muito boa. A história se passa em época medieval se não me engano é isso é interessante, a bondade da personagem foi incrível, gostei bastante disso pote o cara não soube agradecer por isso. Ela é uma pessoa muito boa e poderia mudar o jeito de toda sua família.

    ResponderExcluir
  3. Carolina!
    Amo os romances históricos e se ainda posso dar boas risadas e aproveitar um enredo bem escrito, com dramas que serão superados e um grande amor no final, porque não ler, né?
    Quero demais.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “É preciso já ser sábio para amar a sabedoria.” (Friedrich Schiller)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  4. Olá Carol ;)
    Comprei o primeiro livro porque vi muitas resenha positivas, e fiquei super interessada!
    Acho essas capas lindas, e amo livros de época S2
    Acho que vou adorar a Madelyne, por ela gostar de ler *-* que apesar de ter sofrido, ainda ´´inocente quanto ao mundo, como você disse.
    O livro segue a fórmula dos "romances com clãs", mas parece uma história linda!
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro esses romances históricos, mas acredita que comecei a ler esse e a leitura não me prendeu? Não sei se comecei no momento errado, mas pretendo começar em outro momento porque tudo que adoro está nessa sinopse, isso de casamento meio que arranjado me fascina e o amor crescendo aos poucos deixa a gente babando pela história. Então pretendo ler sim!!

    ResponderExcluir
  6. Amo romances históricos e vou adorar mesmo esse livro e já apaixonar, achei a capa linda e seu eu tiver a chance de ler esse livro eu não vou dispensar kkkk, acho que seria uma agradável leitura para o final de semana.
    Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá! Adoro romances históricos, e esse está cheio de intrigas, vingança, diversão e amor, enfim é incrível, o final não poderia ter sido mais perfeito, essa capa então... é linda!!!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.