Sinopse - Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.

Crash é narrado em primeira pessoa por Lucy, uma jovem de 17 anos de idade que está passando as férias de verão no lago Saphire. Ela vai iniciar o último ano do ensino médio em uma escola nova, saindo de uma escola particular de elite para mergulhar em uma nova realidade.
Na verdade, todo o seu último ano tem sido uma nova realidade para ela e sua família. Após um evento terrível seus pais não são mais os mesmos. A mãe amorosa tornou-se alguém fria e as duas brigam constantemente e o seu pai vive em um mundo próprio, passando a maior parte do dia desligado do mundo ao seu redor.
Com tantas mudanças em sua vida, a única coisa que Lucy não abriu mão foi continuar suas aulas de balé na Academia da Madame Fontaine, pois é o único local onde ainda se sente normal, já que a dança é sua grande paixão.
Lucy está na praia quando conhece Judy e apesar de se sentir muito atraída por ele, logo de cara vê que ele é confusão na certa e é totalmente arrogante.
Os dois acabam se esbarrando em outros lugares, mas sempre acontece algo relacionado à Judy, algo que coloca Lucy em perigo. Mesmo vendo essas situações de risco, Lucy acredita que vale a pena investir nesse rapaz atormentado.
"Alguma coisa resistia e se recusava a ouvir minha intuiçã. Alguma coisa queria Jude Ryder em minha vida, independentemente das consequências ou do desfecho da história." (p. 23)
Quando as aulas começam na Southpoint High School, Lucy é imediatamente taxada como uma garota fácil, por conta de sua conexão com Judy. E é aí que Judy começa a agir como um troglodita, ameaçando bater em todos que coloquem a reputação de Lucy em risco.
A história gira em torno do relacionamento dos dois, mas também da dinâmica familiar de Lucy e o grande acontecimento que criou essa ruptura na família. A autora também colocou a história familiar do Judy em evidência, mas faltou um pouco de desenvolvimento nessa parte, provavelmente por ter sido narrado pela Lucy.
A narrativa de Lucy é interessante, pois seus pensamentos são recheados de bom humor e comentários engraçados. Ela está sempre envolvida em projetos sociais, abrigos e 
O livro é bom, mas não é espetacular. Existem vários elementos que podemos considerar clichês e até mesmo previsíveis, porém também existem elementos que irão fazer o leitor refletir e se emocionar.
A Editora Planeta realizou um trabalho excelente na revisão, diagramação e layout e a capa combina com a protagonista. 
"Então era esse o momento mágico pelo qual eu havia esperado durante a maior parte de uma linda tarde de verão? Que desperdício. Não havia nada além daquele olhar penetrante, nada além de um... um... lance oportunista de verão." (p. 13)


Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2unNcd4

7 Comentários

  1. Oi, Carol.
    Pena que o livro não foi tãao bom assim.
    Mesmo assim vou deixar a dica anotada e vou recomendar para minhas primas que leem tudo quanto é história que mencione o balé!! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. A estória me parece realmente bem clichê, pois essa receita de livros já conhecemos, garoto malvado e mocinha ingênua que tenta salvar o mocinho da vida que leva.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  3. Carolina!
    Achei até interessante todo enredo, mas um romance adolescente americano com o astro do futebol e com a bailarina, já aí tem uma divergência, né? Ela toda delicada e ele todo brutamontes (a priori). Mas, ainda sim, deve ser um daqueles livros gostosinhos de ler e se divertir.
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá! !

    Li esse livro em e-book algum tempo atrás.. Gostei bastante mas não é um dos meus favoritos..
    Primeiro, o livro é muito clichê ( e olha que eu gosto de livros clichês ) mocinha do bem se apaixona pelo badboy.

    Segundo, acho os personagens muito imaturos ( tudo bem que eles são jovens )

    Apesar disso tudo, o livro é bom .
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Que interessante esse livro!
    Já tinha visto ele, porém não tinha lido nada sobre ele. A história dele é bem interessante, é muito triste ver como as coisas mudam na família, aquilo que éramos acostumando a normalidade acaba sendo algo novo e estranho. Gostei do personagem masculino, com sua forma de ser e de querer proteger a garota, gostei dessa parte dela mas a parte rude e bem estranha mas acho que tem motivo pra isso né.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Não conhecia o livro, o enredo não chamou muito minha atenção, não me incomodam os clichês, (eu até curto), mas por se tratar de uma trilogia, prefiro esperar até que todos os livros estejam publicados, pois minha ansiedade não me permitiria esperar pela continuação.

    ResponderExcluir
  7. oie
    nao sou muio de ler este genro ate pq nao gosto muito nao mechamou aa atenção mais talvez um dia eu leia ne qum sabe sua resenha e mravilhosa como sempre haha
    beijos

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.