Sinopse - O sexto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Mia vai passar o mês de junho em Washington com Warren, um coroa rico que precisa de uma mulher a seu lado para tratar com políticos e investidores. O acordo entre eles não envolve sexo — já com Aaron, o filho de seu cliente, Mia não pode garantir.
Chegamos à metade da série A Garota do Calendário e dessa vez Mia estará indo para Washington D. C., lidar com políticos e seus acordos realizados nos bastidores.

Warren Shipley é um senhor de certa idade, com muito dinheiro, mas que precisa de uma garota troféu ao seu lado. Entendam bem, Warren não quer dormir com Mia, ele quer passar a impressão de que está dormindo com ela. Segundo ele, a maior parte dos políticos de Washington D. C. tem namoradas, amantes e até mesmo esposas jovens e isso é essencial para ele se entrosar e conseguir fechar os acordos que necessita. Então ele propõe que Mia tire umas "férias" em sua casa e que compareça aos eventos ao seu lado. 

O objetivo de Warren é conseguir algumas autorizações para transportar itens que irão ajudar pessoas necessitadas, ou seja, ele quer investir do próprio bolso em um negócio para ajudar os menos abastados. Diante desse cenário, podemos perceber que Warren é uma pessoa legal, mas existe o aspecto amoroso de sua vida.
"O mundo seria muito melhor se todos dissessem o que pensam e vivessem de acordo com a regra de ouro." (p. 39)
Ele é um viúvo que tornou a casa um mausoléu em homenagem a esposa, mas está saindo com alguém (uma senhora de idade apropriada para ele) e não assume o relacionamento. Mia, conhece a pessoa com quem ele está saindo e imediatamente se encanta por ela. Então, decide bancar a cupido e fazer com que Warren tire esse relacionamento do armário.

Warren tem um filho, o Aaron, que é conhecido por ser o mais novo senador da Califórnia. Aaron é bem apessoado, sabe ser bem carismático e olha para Mia como se ela fosse um pedaço de carne. Mas ele esconde segredos sombrios...

A trama também fala um pouco sobre a irmã de Mia, a Maddy e a melhor amiga da protagonista, que está sempre ao seu lado para ajudar e falar sobre os homens gostosos que ela conhece.

Nesse sexto livro, Mia está um pouco mais reflexiva, já que tem bastante tempo livro. Ela começa a avaliar o seu futuro e a possibilidade de ter um relacionamento com o Sr. Janeiro.
"Pensei muito sobre o que Ginelle havia dito ao telefone. Eu amava Wes? Claro, eu tinha sentimentos muito fortes por ele. Mais do que jamais admitiria, mas tinha medo de chamar aquilo de amor. Com Alec, Mason, Tony, Hector e até mesmo Tai, essas três palavras - eu te amo - saíam com facilidade da minha boca. Com Wes, não. Por quê? O que me impedia? Acho que, em algum lugar lá no fundo, eu sabia que, se dissesse, os sentimentos de esperança e lealdade se construiriam. Eu não seria capaz de passar por novas experiências, terminar o ano com um cara novo a cada mês e pagar a dívida do Pops." (p. 99 )



Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2sDyJ9T

Confiram as resenhas dos livros anteriores:

7 Comentários

  1. Olá !!
    Eu tentei, juro que tentei começar a ler essa série .. Mas nao consigo gostar de Mia, ahh sei lá meio imatura ..
    Não gostei !

    Mas pra quem gosta !
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Carolina!
    Ainda não comecei a leitura dessa série.
    Quer dizer que Mia dá uma de cupido com seu acompanhante? Pelo menos está fazendo o bem, né?
    E que final será esse tão intrigante? Fiquei curiosa.
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol!!
    Gostei muito da resenha mais infelizmente não consigo gostar dessa série!! Então eu passo a indicação!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carol.
    Eu li todos os livros dessa série e, apesar de ter me animado no começo, já estava muito brava quando cheguei ao final!! Ainda nem consegui fazer as minhas resenhas! Rs...
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Interessante que mia quer ser cupido, gostei desse lado dela. Eu não li nenhum livro no momento, apesar de ter o primeiro livro. Esse deve ser um livro super legal e bem fofo. Já quero conhecer mas sobre a vida de Mia.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Li a série completa, mas confesso que não gostei muito de alguns meses, acho que é normal por ser uma série com tantos livros (o que para mim foi desnecessário), junho foi um mês Ok, acho que o que mais se aproximou da realidade, mas o que me decepcionou na série é que a Mia é uma personagem muito rasa e indecisa.

    ResponderExcluir
  7. ola, por ser um livro mais para adultos nao leio sabe mais passo a dica
    obgda
    beijos

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.