Sinopse - Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

"Mil Beijos de Garoto" é sem dúvida, uma das minhas leituras favoritas de 2017. A história gira me torno de dois personagens, Rune e Poppy, que se conheceram aos cinco anos de idade. A trama é narrada em primeira pessoa e os capítulos alternam as perspectivas entre os dois.
Tudo começa quando aos cinco anos de idade, Rune precisa mudar-se com a família de Oslo para Geórgia, por conta de uma oportunidade de emprego para o pai. O pequeno Rune contestou claramente seu desgosto, mas foi ao observar sua vizinha pulando a janela do quarto, toda bagunçada e com um sorriso no rosto que o seu coração acalmou. Foi naquele momento que o destino de Rune e Poppy se entrelaçou.
"E então éramos Poppy e eu desde aquele dia. Poppy e Rune. Melhores amigos até o infinito. Era o que eu pensava. Engraçado como as coisas mudam." (p. 12)
Desde pequenos, a conexão entre os dois foi tão forte que eles se tornaram inseparáveis. Brincavam juntos, estudavam juntos e viviam juntos. Conforme foram crescendo, a amizade tornou-se algo mais e os sentimentos fluíram naturalmente. A amizade tornou-se amor e a conexão entre eles ficou ainda mais profunda.
Rune se tornou um jovem protetor, que se encantava com a natureza livre e artística da sua Poppymin, enquanto que ela se tornou uma luz do sol, brilhante e inspiradora, capaz de acabar com a escuridão de qualquer um.
Então, quando aos quinze anos de idade Rune descobre que precisa voltar com a família para Oslo, o mundo do casal desaba, mas eles mantêm a convicção de que poderiam fazer dar certo o relacionamento, mesmo à distância. A separação deles muda o comportamento de Rune, que começa a se ressentir com a família e a cair em uma espiral de destruição, principalmente quando Poppymim para de mandar notícias. A jovem e a sua família saem da Geórgia e ninguém sabe o que está acontecendo.
Dois anos se passam e Rune é um homem completamente diferente. Amargurado, bravo, sombrio e incapaz de fazer uma conexão com outro ser humano. E agora ele estará em Geórgia mais uma vez...
Poppy passou por tanta coisa nesses dois anos e as únicas pessoas que sabem a verdade são seus familiares. Agora ela está preparada para voltar à rotina, ir a escola e voltar para casa. Mas Poppy não estava preparada para rever seu Rune. Ainda mais que ele não era mais o seu Rune. O Rune que voltou é assustador e destrutivo.
"Não sou mais o garoto que você conheceu. Eu estava cheio de tanta raiva quando fui tirado de você que, depois de um tempo, essa era a única coisa que eu sentia. Eu tentava esconder de você quando conversávamos, lutei contra isso, sabendo que eu ainda tinha você comigo, mesmo estando a milhares de quilômetros de distância. Mas quando você se afastou, eu não ligava mais. Deixei que ela me consumisse. E ela me consumiu tanto desde então que se transformou em mim." (p. 158/159)
Rever Poppy faz com que Rune queira machucá-la tanto quanto ela o machucou. Mas quando ele souber a verdade, tudo o que acreditava irá ganhar uma nova perspectiva.
A história de Rune e Poppy é uma história de encontros e desencontros, recomeços e perdão. "Mil beijos de garoto" fala sobre aproveitar a vida ao máximo, sobre o amor incondicional e a família.
É difícil descrever em palavras os sentimentos que esse livro evoca. O leitor passa por uma montanha russa emocional, onde, em uma página está sorrindo e na seguinte, se debulha em lágrimas.
"Mas se passaram apenas segundos até que minha mãe, depois de me ver, corresse para onde eu estava e eu caísse em seus braços. Onde parti meu coração por causa do coração que havia acabado de partir. Aquele que eu sempre me esforcei para proteger." (p. 134)
A construção da personalidade de Poppy é extraordinária. Ela é positiva em todas as situações, encara tudo com naturalidade e aproveita ao máximo cada minuto da sua vida. É impossível não se apaixonar pela Poppy e por seu amor a vida.
Rune é um jovem que sente tudo, mas ao invés de dar vazão aos sentimentos, deixa eles o consumirem pouco a pouco. Tudo vai se mantendo em seu interior, até chegar um momento em que tudo se torna demais. Sua intensidade é palpável e salta das páginas. Quando Rune ama, é para sempre. Quando Rune sofre, é devastador. E quando Rune perdoa, é libertador...
A editora Planeta realizou um trabalho extraordinário na revisão, diagramação e layout. A capa é fofa e combina perfeitamente com o conteúdo e com o título. O livro ainda conta com uma playlist no final do livro.
"Minha cabeça pendeu para a frente. E chorei. Chorei lágrimas que não havia percebido que ainda tinha. Era minha reserva, a última onda da devastação que eu sentia. As lágrimas que reconheciam a verdade que eu não queria aceitar." (p. 159)

Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2s9GhVE

8 Comentários

  1. Esse livro ta tá sendo super comentado ne? Tanto que participo de outros tops comentaristas e ele tá sendo um prêmio bem requisitado.
    Também não é pra menos ne? A sinopse é linda e nos remete ao primeiro amor e ao amor verdadeiro. Só posso me encantar com todas as resenhas que já li e torcer pra conseguir ler esse livro ainda esse ano :)

    ResponderExcluir
  2. Olá! Já passei por esse livro algumas vezes, confesso que ainda não encontrei o momento certo para começar a leitura, já que eu sei que durante a história meu psicológico não será mais o mesmo (estoque de lencinhos já está abastecido). Adoro a escrita da autora, pois é de uma verdade que te deixa sem chão, ela consegue fazer com que você sinta e reflita o que os personagens estão passando, e ao final de cada história é como se você também crescesse e ficasse mais forte, assim como eles. Ansiosa para iniciar esse livro, e conferir essa playlist.

    ResponderExcluir
  3. Tô com esse livro mas ainda n li
    tenho dois na frente mas espero lê-lo em breve!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Carolina!
    Ai que saudade do meu primeiro amor há mais de 40 anos atraás...kkkk
    Tudo tão puro, simples, sem complicações, o sentimento de podermos enfrentar tudo...
    Acredito que o amor dos protagonistas vá nessa linha e tenham de provar para tudo e todos que se amam realmente.
    Uma maravilhosa semana!
    “Todo homem, por natureza, quer saber.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Está todo mundo falando de quando maravilhoso é esse livro e eu só fico mais ansiosa !!
    A história parace ser incrível !!
    Quero ler ainda esse ano 😓
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carol.
    Estou doida para ler esse livro!
    Sua resenha me deixou ainda com mais vontade!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carol!!
    Já algumas resenhas sobre esse livro e até o momento ainda não li esse livro, mas sei que todos que leram esse livro adoraram a estória e choraram muito!! Eu estou louca para ler esse livro também e me emocionar com esses dois protagonistas!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Sabe esse é uns dos livros que realmente quero ler. A história desse dois casais me fez me apaixona e lembra do primeiro amor, primeiro beijo e etc. o livro tem uma pemissa maravilhosa e quero muito entra em cada página é aproveitar e delicia a leitura maravilhosa.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.