Sinopse - Empoderamento define. É por isso e a partir daí que a história de Nina — e de Nico, de Marcela e de Noah — existe. Nina não é uma mulher de tipos. E não apenas por causa dos seus noventa e dois quilos. Nina tem atitude e amor-próprio. Talvez não nessa ordem, mas quem se importa? Ao namorar Marco, ela achava que estava subindo mais um degrau rumo ao topo de sua autoestima. É claro que alguns sinais lhe alertavam do contrário, só que o ego pode ser bastante ensurdecedor quando nos convém. Depois de se dar conta da farsa que era o seu relacionamento, Nina deixa sua vida em São Paulo e parte rumo a Buenos Aires, para um mês regado a argentinos sedutores e muito doce de leite. Ela só não esperava que o país dos hermanos pudesse lhe trazer muito mais do que uns quilinhos extras.
"Poder Extra G" é narrado em primeira pessoa por Nina, a protagonista da história. Nina é uma mulher bem resolvida, que tem um ótimo trabalho e uma melhor amiga, mas que estava em um pseudo relacionamento que era cheio de gatilhos para minar sua confiança. Isso porque Marco era um homem que vivia de aparências e tinha vergonha de Nina. A situação chegou a um ponto que Nina finalmente deu um basta e foi para Buenos Aires, em uma viagem de redescobrimento e recomeço.
Nina é uma narradora hilária, que deixa claro seus gostos culinários e seu amor por medialunas e alfajores, deixando claro que não abre mão das delícias de doce de leite por ninguém. Enquanto chafurda um pouco no término do relacionamento, ela conhece Nico. Nico é um argentino que sabe do que gosta e o que ele gosta é de mulheres voluptuosas e espirituosas.
Ao mergulhar nesse relacionamento com Nico, Nina vai conhecer mais sobre si mesma e também sobre um relacionamento saudável e repleto de aceitação e amor. 
Nina é uma mulher com um grande amor pelos doces, por novelas mexicanas e por sua família e aqueles que considera seus amigos. Suas narrativas são bem detalhadas e o leitor sente-se no local, apreciando a boa comida oferecida e aos seus sentimentos em relação ao Nico e sua família.
O livro tem um toque de novela mexicana, pois trabalha com um contexto de um ex maquiavélico e um passado pitoresco, que incluí até mesmo um vilão inescrupuloso. Além disso, há todo o núcleo familiar de Nico, que tem suas histórias próprias e que vão se entrelaçando com o drama da protagonista.
Nina é uma ótima protagonista, pois consegue equilibrar os momentos tensos com muito humor e bom senso. Nico é o homem dos sonhos de todas as mulheres: é educado, super romântico, mas totalmente passional entre quatro paredes.
"Eu não queria me apaixonar. Não estava pronta para isso. Mas eu tinha pouco tempo na Argentina e nunca havia conhecido um homem como Nico... Era como se ele se sentisse honrado por poder desfilar comigo. E aquele era exatamente o tipo de sentimento e consideração que eu vinha esperando de um homem nos últimos anos." (p. 14)
A mãe de Nico é uma estilista voltada para modelos plus size (o que é perfeito para Nina) e seu irmão Noah tem seus próprios problemas de auto-confiança para lidar. Juntando-se a eles temos Marcela, a melhor amiga de Nina e uma devoradora de homens. O quarteto é diversão garantida para os leitores, que vão se apaixonar profundamente por cada um desses personagens. 
Mais para frente no livro, existem alguns capítulos narrados por outros personagens, para dar uma perspectiva pessoal em algumas situações.
"Poder Extra G" é um romance com cenas sensuais, mas também tem lições valiosas sobre empoderamento pessoal, autoconfiança e aceitação do próprio corpo. 
Em relação à revisão, diagramação e layout a Astral Cultural realizou um ótimo trabalho. A capa é simples, mas perfeita para o conteúdo. 
"- Mas eu não podia me deixar levar pelos achismos das outras pessoas - confessei. - Eu olhava no espelho e via uma mulher linda, corajosa, inteligente e com um coração puro, ao menos na maior parte do tempo. Eu precisei ignorar todas essas pessoas para poder provar o meu valor, mostrar todo o meu poder." (p. 44)

Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2x8d2o0

5 Comentários

  1. Eu li e adorei. Bem divertido e interessante de ler.

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carol.
    Tenho o livro aqui na estante, mas ainda não me animei a ler.
    Me dá até arrepio essa coisa de empoderamento... Sei lá... Acho meio bizarro essa preocupação com tanto poder assim!! Rs...
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei bastante desse livro, tem uma lição muito maravilhosa por trás da história da personagem. A trama é bastante envolvente, tem uma personagem bastante maravilhosa com sua personalidade que encanta. Já tinha lido resenhas desse livros e sempre vejo as pontos positivos sobre ele, eu com certeza quero desfrutar dessa leitura.

    ResponderExcluir
  4. Carolina!
    Muitas coisas dentro de um enredo, hein?
    Já me identifiquei com a protagonista porque vestia 56 e agora visto 46, por problemas de saúde tive de mudar alimentação radicalmente, me sinto bem agora e me sentia bem antes, nunca tive problemas por causa disso.
    Ser gorda nunca me fez me sentir diminuída.
    E gosto de chick-lit.
    Gostaria de ler.
    “Conhecimento sem transformação não é sabedoria.” (Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Tudo bem?
    Gostei da capa e da resenha, mas confesso que não me interessei pela leitura, o que é uma pena :/
    Dessa vez vou deixar passar a dica, beijos.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.