Sinopse - A isolada e pacata cidade de Beldon, Wisconsin, fica chocada quando o corpo de uma estudante do ensino médio é encontrado no Lago Algonquin. Assim como todos na comunidade, Daniel Byers, de 16 anos, acredita que o afogamento de Emily Jackson foi um trágico acidente. No funeral dela, contudo, ele tem uma apavorante visão – uma distorção da realidade: a garota se levanta do caixão, agarra-lhe o braço e pede que ele descubra a verdade sobre sua morte. Convencido de que a aparição era mais do que mera alucinação, Daniel começa a investigar em busca de respostas. A verdade pode ser mais aterradora do que ele pensa. Todos são suspeitos. Mais horripilante do que isso, está perdendo a capacidade de distinguir entre realidade e distorção. À beira da loucura e sem saber como lidar com sua mente cada vez mais dilacerada, Daniel precisa desvendar depressa o mistério, pois pode haver um assassino à solta em Beldon. Que pode matar novamente. Repleto de reviravoltas e narrado num ritmo alucinante, Distorção inaugura uma fascinante trilogia de romances policiais para jovens adultos do aclamado Steven James, um mestre do suspense.
"Distorção" é o primeiro livro da trilogia Blur e tem como protagonista, Daniel Byers, um jovem de 16 anos de idade que vive em uma cidadezinha pequena em Wisconsin. Daniel é um adolescente típico. Filho do xerife da cidade, é um dos jogadores dos times de futebol e de basquete da escola e tem uma grande afinidade com a matemática. Seu melhor amigo é Kyle Goessel, músico e com uma mente mais artística.
A história tem início com o velório de Emily Jackson. Emily era uma caloura na escola de apenas 14 anos de idade, que aparentemente morreu afogada em um acidente. A morte de alguém tão jovem causa grande comoção na cidade. Emily não era uma garota popular, na verdade não tinha amigos na escola e não conseguia se incluir nos grupos já formados. Sua existência na escola era praticamente invisível...
"Sempre que ele a via, ela estava sozinha. E agora estava morta. Uma garota de quem ninguém parecia querer se aproximar quando estava viva. Mas agora o estacionamento estava cheio de carros. Agora todos tinham vindo ver a Emily. Agora que ela estava morta." (p. 13)
Para prestar seus respeitos à família de Emily, seu pai e Daniel comparecem ao velório quando algo surpreendente acontece: ao se aproximar do caixão, Daniel vê Emily, que o avisa de que sua morte não foi acidental. Esse evento, que será chamado de Distorção (quando a realidade se mescla com algo irreal) desencadeia em Daniel a necessidade de investigar o que realmente aconteceu com Emily.
Em um misto de investigação e sobrenatural, Daniel, com ajuda de Kyle e Mia, vão se envolver em uma aventura letal.
"Era quase como se ele tivesse saído de sua vida normal e aterrissado num lugar em que o tempo era fluido e podia avançar e retroceder, abrindo caminho entre as estações, levando-o com ele." (p. 171)
A premissa do livro é muito boa, pois trabalha um tema diferente e cheio de mistérios. As distorções não são bem explicadas no primeiro livro, o que é plausível, já que o protagonista não faz ideia do que elas são ou como acontecem. É verdade que alguns tópicos ficam sem explicação durante a leitura, mas como se trata do primeiro livro de uma trilogia, a expectativa é de que nos próximos livros todas as dúvidas sejam esclarecidas.
Daniel é um bom protagonista. É o típico adolescente bonzinho que está passando por problemas familiares e que está tentando descobrir se está enlouquecendo ou não. Por se tratar de um livro com um protagonista jovem, a linguagem da história é simples e fluída, além de fazer referências culturais atuais. Além da trama principal, o livro trata de outros assuntos, como o bullying e as complexas relações familiares como divórcio e abandono.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora Novo Século realizou um ótimo trabalho. A capa chama a atenção e combina perfeitamente com o conteúdo.
"Alguns diziam que estava tudo só na cabeça dele, mas ultimamente o que isso importava? A coisa não ficava menos real." (p. 31)
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2yi9381

5 Comentários

  1. Carolina!
    Gosto de livros onde os protagonistas tem poderes ou são ligados ao sobrenatural como é o caso de Daniel aqui, espero apenas que por ser tão jovem, ele aprenda a lidar com esse dom dele e consiga desvendar o mistério da morte de Emily.
    Um feriado alegre e feliz!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia este livro, mas após ler a sinopse e sua resenha fiquei bem curiosa para ler ele, parece uma história de investigação e repleta de mistérios, sem dúvidas pretendo ler a Trilogia Blur.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, mas gostei muito da premissa.
    Adoro todo esse universo meio sobrenatural, e pelo visto o livro já começa bem agitado.
    Por ser primeiro livro da serie imagino que algumas coisas tenham ficado em aberto mesmo.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Ola!
    Gostei do livro, tem uma premissa muito boa!
    A trama é bem envolvente, faz o leitor fica curiosa com a morte da garota, totalmente um mistério. Gostei do livro!

    Meu blog:
    https://tempoliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá! Gostei muito do Daniel, apesar de ser um personagem bem jovem, ele é tão honesto e aberto sobre as coisas que ele estava vendo e o que estava acontecendo com ele, um livro cheio de mistérios, adorei essa mistura de investigação com o sobrenatural.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.