Sinopse - Em 1890, depois de um escândalo que afetou sua reputação, Charlotte Pauly deixa Berlim e vai lecionar para a pequena Emily, em Chalk Hill, uma mansão vitoriana nos arredores de Londres. Charlotte logo percebe uma estranha atmosfera na antiga casa. A menina de 8 anos é sempre atormentada por pesadelos e visões fantasmagóricas da mãe, que se afogou no rio da propriedade em circunstâncias misteriosas. Quando Charlotte tenta saber a respeito da morte de Lady Ellen, o pai de Emily, Sir Andrew, reage com hostilidade. Com tudo envolto em um grande mistério, somente com a ajuda de Tom Ashdown, um jornalista londrino designado para investigar o caso, é que Charlotte poderá verificar o que há por trás dos fenômenos sobrenaturais que assolam a mansão e descobrir uma trágica verdade escondida nas paredes de Chalk Hill...
"Mistério em Chalk Hill" é narrado em terceira pessoa e apresenta três histórias diferentes que vão se unir em uma única trajetória, que leva os personagens à Chalk Hill.
Charlotte Pauly é uma preceptora alemã que saí do seu país após ter se envolvido em uma situação problemática, que poderia manchar sua reputação. Viajar até a Inglaterra dá a jovem a oportunidade de ter um recomeço, uma chance de demonstrar seu talento como professora e se afastar de fofocas. 
"E o que ela estaria buscando? Quem parte para o exterior em geral quer deixar algo para trás." (p. 13)
Seu novo patrão é Sir Andrew Clayworth, um deputado no Parlamento que divide seu tempo entre Londres e sua residência no vilarejo de Westhumble, a Chalk Hill. Sir Andrew é um homem sério e taciturno, que perdeu a esposa a apenas alguns meses e é pai de Emily, uma garotinha de oito anos de idade.
Em paralelo, vamos conhecendo a história de Thomas Ashdown. Ashdown é um crítico das artes para um grande jornal londrino, que também sofreu uma grande perda, com o falecimento de sua amada esposa. Após sua morte, Ashdown começou a questionar o sobrenatural e acabou se envolvendo com a Society for Psychical Research. A Sociedade é composta por diversos membros acadêmicos como professores e cientistas que investigam médiuns e indivíduos que se dizem conectados com o outro lado. 
Chalk Hill é uma enorme residência, mas que esconde inúmeros segredos. Os poucos empregados do local são proibidos de mencionar o nome da falecida lady e Nora, a babá de Emily, demonstra resistência à chegada de Charlotte. Em contrapartida, Charlotte fica cada vez mais curiosa com o mistério do local, principalmente porque isso afeta Emily, sua tutelada.
Emily é uma garotinha tímida e inteligente, mas que vive afirmando que a sua mãe a visita a noite, dizendo que em breve irão se reunir. Além disso, alguns episódios bizarros acontecem no casarão, como barulhos, sensações frias e um clima de desconforto permanente ronda Chalk Hill.
"Os olhos de Emily eram mais azuis do que tudo o que já tinha visto. Os cílios longos e pretos pareciam os de uma boneca, e o rosto era pálida, salpicado de ligeiras sardas. Reconheceu de imediato uma criança incomum." (p. 37)
"Mistério em Chalk Hill" é um livro que chama a atenção do leitor do início ao fim. O clima de suspense, mesclado com o sobrenatural leva o leitor a um constante estado de tensão. O enredo é coerente, bem construído e repleto de personagens suspeitos, o que torna a leitura ainda mais instigante.
O cenário por si só é um grande protagonista. O vilarejo pequeno, a enorme casa que range, a propriedade cheia de cantos suspeitos e assustadores.
Os personagens são ricos, com personalidades fortes e cheios de falhas. Sua humanidade transparece em cada página, deixando os medos e receios chegarem aos leitores.
Em relação à revisão, diagramação e layout a Editora Jangada realizou um ótimo trabalho. A capa combina muito bem com o clima do livro e com o enredo.
"Desde que havia chegado a Chalk Hill, ela sempre deparava com portas fechadas, encontrava resistência, e o pouco que tinha ficado sabendo nesse meio-tempo coletara de diversas fontes e com muito esforço." (p. 278)


Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2yGd73a

6 Comentários

  1. Carolina!
    Gosto muito também dos livros históricos, porque geralmente são bem ambientados e trazem um carga dos fatos acontecidos na época.
    Aqui me parece que ainda colocaram um pouco de mistério, trazendo grande suspense ao livro e gostaria de poder ler.
    Um feriado alegre e feliz!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia este livro, mas achei bem diferente a história, por apresentar três histórias diferentes que vão se unir em uma única trajetória, gosto de histórias de suspense e mistério, então sem dúvidas pretendo ler este livro.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol.
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas estou curtindo muitos suspenses nos últimos tempos e já anotei a dica!!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas lendo sua resenha estou apaixonada por essa trama!
    Toda essa mistura de histórico, com sobrenatural e mantendo um suspense é meu estilo favorito de leitura.
    Adorei a dica!

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Ola!
    Já tinha lido resenha desse livro, a trama do livro e envolvente, um pouco de mistério e suspense no ar. Gosto desse género, sempre me deixa curiosa com o que acontecera.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  6. Olá! Não conhecia esse livro, mas achei bem interessante esse enredo parece ser muito intenso, adoro livros com mistérios, e fiquei bem curiosa para desvendar esse, já tenho um palpite do que aconteceu, pela sinopse e a sua resenha, com certeza vou ler para descobrir se acertei.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.