Sinopse - Lívia é uma psicóloga dedicada e tenente da aeronáutica. Vítima de um relacionamento abusivo no fim da adolescência, ela não se sente capaz de se relacionar de maneira saudável com outra pessoa. No entanto, um de seus primeiros pacientes é seu colega de farda Rodrigo Guerra, um piloto suspenso pelo comandante da base por arriscar sua vida e o equipamento com manobras ousadas demais no ar. Agora, ela não consegue evitar a eletricidade que percorre seu corpo toda vez que encontra Rodrigo, e o resultado dessa complexa relação entre terapeuta e paciente é imprevisível.Prazer em Julgamento, primeiro livro físico da escritora Nina Müller, fala da redescoberta da sexualidade e do prazer de uma mulher abalada pelos traumas do passado.
"Prazer em Julgamento" é narrado em primeira pessoa pelos protagonistas Lívia e Rodrigo. Lívia é uma jovem proveniente de uma família amorosa, mas que durante a faculdade teve um relacionamento sério que a marcou profundamente. Lívia foi abusada tanto fisicamente quanto emocionalmente e manteve isso escondido da família por estar envergonhada da situação em que se envolveu.
"Ele me humilhava. Era sempre assim. Ele me batia em locais estratégicos para não deixar marcas visíveis. Ninguém desconfiava que eu fosse agredida por ele. Nem meus pais, nem minha irmã Milena, nem meus amigos. Para todos, éramos o casal perfeito." (p. 08)
Cinco anos se passaram desde o seu relacionamento com Israel e agora a protagonista é uma mulher mais forte, segura e confiante, mas que se recusa a se envolver novamente com outro homem. Rodrigo Guerra é um piloto que ama fortes emoções. Tem um temperamento forte, é decidido e implacável quando está frente a frente com o que deseja. E tudo o que ele deseja no momento é ser reintegrado para que volte a pilotar. Para isso, precisa passar por algumas sessões com a terapeuta e receber alta. Rodrigo só não esperava encontrar a mulher que mudaria a sua vida do outro lado do divã.
Lívia, infelizmente, é a representação de milhares de mulheres que sofrem diariamente dentro de seus próprios lares. O medo, a incerteza, a sensação de impotência diante de situação tão terrível são bem demonstrados no livro.
Rodrigo possui várias características da família Guerra: certa arrogância, sensualidade e a capacidade inata de irritar o sexo oposto quando deseja.
"Meu coração se acelerou e as sensações me inundaram por completo. O que eu sentia por ela ia muito além da atração física e do desejo. Era algo que eu ainda não sabia decifrar." (p. 125).
Os personagens tem personalidades bem construídas. São duas pessoas fortes, mas que ao mesmo tempo são extremamente vulneráveis. Além dos protagonistas, temos outros personagens que trazem leveza e momentos de humor ao enredo. A escrita da autora Nina Müller é leve e fluida e os diálogos dos personagens são concisos. 
"Prazer em Julgamento" é um romance entre duas pessoas que precisaram se encontrar para se tornarem inteiras novamente. É um livro que possui cenas hots, mas que também fala de assuntos sociais importantes, como a violência doméstica.
Em relação à revisão, diagramação e layout, o selo Essência realizou um ótimo trabalho.
"Olhei para Rodrigo e abri um sorriso nervoso. Ele se aproximou um pouco mais, quase fechando a distância entre nós dois. Fiquei em alerta. O safado era alto, másculo, e eu era baixinha. Eu me senti um animalzinho indefeso e acuado que estava sendo espreitado pelo seu caçador." (p. 37)
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2zEVaye


Confiram as resenhas dos livros anteriores:
Amor em Julgamento - Livro 01
Desejo em Julgamento - Livro 02 

5 Comentários

  1. Carolina!
    Gosto demais de livros narrados em primeira pessoa, principalmente quando vemos as duas versões.
    Nossa! A vida de Lívia deve ser dolorosa, mas é bem como falou, representa a vida de muitas mulherres na nossa realidade, infelizmente. E bom ver que esse tema foi abordado.
    E gosto quando as personagens tem personalidades bem constrídas.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.” (George Lord Byron)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito de ler livros hot, mas me interessei na premissa e gosto bastante quando temas atuais e importantes como violência doméstica são abordados.
    Fico feliz por ser mais uma boa leitura nacional!

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Fico super contente em encontrar autoras nacionais por aqui, já conheço o trabalho da Nina, por meio de uma plataforma na internet, e gosto bastante. Bacana o livro tratar de um assunto que infelizmente é tão corriqueiro, relacionamento abusivo. Os irmãos Guerra conquistaram meu coração desde o primeiro livro, mas confesso que tenho uma quedinha maior pelo Rodrigo.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gostei dessa trama, o tema que é abordado e muito interessante, a forma da personagem superar esses problemas que há passado, tenta leva a vida em frente e esquece o passado, realmente é uma fase que a mulher passar e deixa muita marca em si mesma. Eu gostei da trama e estou bem ansiosa e curiosa por essa leitura.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  5. Gosto sempre de conhecer novos livros da literatura nacional, e eu não conhecia este livro.
    Que bom que os personagens tem personalidades bem construídas, e que a história tem outros personagens que trazem leveza e momentos de humor no enredo, gosto de livros de romance, e após ler sua resenha acabei adicionando este livro em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.