Sinopse - Guerreira especialista em balas e lâminas, Renata é superior a qualquer homem - vampiro ou mortal. Mas a sua arma mais poderosa é o seu extraordinário dom psíquico - uma dádiva rara e mortífera. Agora um estranho ameaça sua independência ganha a tanto custo, um vampiro de cabelos dourados que a atrai para um reino sombrio... e prazer para lá da imaginação. Viciado em adrenalina, Nikolai distribui sua própria justiça pelos inimigos da Raça - e sua última presa é um assassino implacável. Uma mulher atravessa seu caminho: Renata, a guarda-costas sedutora e calma. Mas os poderes de Renata são testados quando uma criança que ama é ameaçada, e ela é forçada a pedir ajuda a Niko. Quando os dois unem esforços, quando o desejo alimenta as chamas de uma fome mais profunda, a vida de Renata é cercada por um homem que oferece o delicioso prazer de um vínculo de sangue... e uma paixão que pode salvá-los ou condená-los para sempre...


É nesse livro que observamos que não existe uma linha divisória clara entre a Raça e os Renegados. Nem todos os vampiros da Raça são bondosos. É claro que foi mostrado a ganância e a avareza nos outros livros da série, mas em "O véu da meia noite" vemos uma maldade mais profunda, personagens que beiram ao sádico, que não respeitam a vida humana, a vida de outros membros da Raça ou a vida de Companheiras.
Após os desdobramentos do quarto livro, a Ordem decidiu procurar Sergio Yakut, um vampiro da primeira geração. Yakut vive isolado com o seu clã, que é composto por seu filho Alexei, um sujeitinho desprezível, alguns vampiros que atuam como guarda-costas e Renata. 
Renata é uma companheira de raça excepcional, que possuí um poder psíquico extraordinário, mas também age como uma guerreira. Mais do que capaz de lutar, essa personagem desperta no leitor diversos sentimentos: compaixão, inspiração e a necessidade profunda de protegê-la. Se no interior Renata passa uma atitude fria, é quando ela está cuidando de Mira que vemos seu verdadeiro caráter. Como acontece com a maioria das companheiras, a vida de Renata não foi fácil. A única pessoa em quem ela confia é Jack, um homem que dirige um refúgio para meninos, a "Casa da Anna". 
Mira é uma criança de 8 anos de idade, com um poder extraordinário que infelizmente cobra um preço muito alto para a garota. Vivendo com Yakut, Mira tem em Rê (é como Mira chama Renata), a mãe inexistente. E Renata é capaz de virar uma leoa para proteger Mira.
"Nikolai observou a jovem garota - uma menina de um metro de altura que, de alguma maneira, tinha assustado um vampiro da Raça em meio a uma missão para matar um dos membros mais formidáveis da Raça. Devia ser brincadeira". (p. 35)
A Ordem envia Niko para Montreal, na tentativa de realizar um contato com Yakut. Niko é um personagem que até o momento não havia chamado muito a atenção, mas que nesse livro mostra uma personalidade mais do que cativante. Niko é o tipo de pessoa que gosta de arriscar-se, de sentir a adrenalina em alta e que tem um histórico familiar conturbado. Fica claro que ser um guerreiro não é apenas uma obrigação para ele, Niko gosta do que faz.
A interação entre os dois é construída de modo gradual, pois estão em lados opostos quando se conhecem e as informações que tem um do outro são escassas. A química entre eles é envolvente, do tipo relacionada totalmente à luxúria, mas fica claro que não é apenas sexo, existe um sentimento envolvido. O interessante sobre esse casal é que diferentemente da maioria dos livros anteriores, o relacionamento deles é mais igualitário. Niko sabe desde o início que Renata é uma guerreira e mesmo querendo mantê-la protegida, aceita muito bem esse lado dela.
Novos personagens irão surgir nesse núcleo de Montreal, como o fiscal da população vampírica de lá, o Edgar Fabien.
Em paralelo a essa trama, temos acontecimentos importantes em Berlim, relacionado à Andrea Reichen e sua "namorada" Helene.  
Esse livro é recheado de ação, romance e cenas hots como os livros anteriores, mas também traz uma lição sobre segundas chances.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa segue o esquema das capas dos livros anteriores, porém a escolha de um casal tão jovem (parecem adolescentes) não combinou com a descrição dos personagens.
"- Agradável - disse ele, lançando um olhar irônico sobre o ombro largo. - Não aceitaria agradável?- Essa nunca foi uma de minhas especialidades". (p. 192)


Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2xJURmo


Confiram as resenhas dos livros anteriores:
O Despertar da meia-noite - Livro 03
A Ascensão da meia-noite - Livro 04 

5 Comentários

  1. Carolina!
    Nossa! Fiquei até assustada com tanta maldade demonstrada nesse exemplar...
    Fala sério que o nome do cidadão é Yakut? Vixe!
    Bonito ver o amor de Renata por Mira.
    Bom ver que Niko aparece mais aqui.
    Pelo visto tem muita ação e trechos hots que adoro!
    “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Gosto de livros com histórias de vampiros, então acredito que irei gostar dos livros desta série Midnight Breed, que bom que este livro tem muita ação e que traz uma lição sobre segundas chances, pretendo ler O Véu da Meia-Noite.

    ResponderExcluir
  3. Achei que não ia gostar muito da série, mas fiquei bem empolgada após todas as resenhas.
    Todo esse clima sobrenatural com romance parece ser sensacional.
    Ótima resenha!

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá! Essa é a capa que eu menos gosto, realmente o Nikolai parece um adolescente nessa capa, o romance entre ele e a Renata é maravilhoso, e a Mira que é uma fofa, e ainda veremos mais dela em outro livro ao longo da série, como nos outros volumes há muito tensão, momentos hot, mistérios e novos inimigos.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu ultimamente estou gostando muito de livros que envolve vampiros. Esse me deixou super curiosa com a história, não conheço muito a história do começo do livro mas tenho super curiosidade a isso. Estou curiosa para ler!

    Meu blog:
    Tempos LiteráriosOlá!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.