Sinopse - Elizabeth, condessa de Rothford, foi condenada a um casamento arranjado com um rico – e entediante – comerciante de cevada. Pra fugir desse destino, a garota assume a identidade de uma de suas criadas e foge em uma carruagem em direção à floresta de Adoria. Lá, Elizabeth, que agora atende por Adelaide, é acolhida na Corte de Luz, uma espécie de internato que capacita jovens de baixa renda e as transforma em verdadeiras damas da sociedade. A condessa disfarçada de serviçal sai-se muito bem nas atividades da escola e, em pouco tempo, chama a atenção de Cedric, o filho do dono do lugar. Uma poderosa atração nasce entre Cedric e a misteriosa Adelaide, colocando não só o disfarce da garota em risco, mas também um grande segredo que o rapaz procura esconder a todo custo.
"A corte de Luz" é o primeiro livro da série The Glittering Court, nova série da autora Richelle Mead. A história é narrada em primeira pessoa pela protagonista, Elizabeth, a condessa de Rothford. Conforme a sinopse explica, Elizabeth é proveniente de uma família importante, mas que financeiramente encontra-se com grandes problemas. Para resolver o problema financeiro, sua avó, lady Alice Witmore, a matriarca da família, a obriga a se casar com Lionel Belshire, o barão de Ashby. Lionel é um primo distante e sua avó é uma mulher controladora que deixa claro no primeiro encontro entre eles que Elizabeth viverá "sob sua supervisão". Como se isso não bastasse, Lionel é um homem que não passou uma boa primeira impressão. 

Elizabeth é órfã e foi criada por sua avó. Tendo pais frívolos, que não souberam administrar a fortuna da família, tanto a protagonista como sua avó tiveram que fazer algumas concessões para administrar o pouco que tinham. Apesar das dificuldades, as duas viveram um bom tempo com as aparências em perfeito estado, mas agora que Elizabeth precisa assumir sua responsabilidade, ela decide que casar-se com Lionel não está em seus planos.

Apesar de compreender a sua resistência, o leitor percebe que a protagonista também tem um lado frívolo e mimado.

Conforme a sinopse explica, Elizabeth foge de Osfrid e decide assumir uma nova identidade para estar na Corte de Luz. Com o nome de Adelaide, a protagonista mergulha em uma escola que forma jovens de baixa renda em damas da sociedade. 

É lá que ela conhece Cedric, o filho do dono do local. Cedric é um rapaz gentil, inteligente, mas um pouco sem sal. Apesar do cenário e das descrições maravilhosas, o casal não demonstra muita química e suas interações são um pouco forçadas.

A premissa do livro é muito boa e existem partes muito interessantes que irão prender a atenção durante a leitura, o que deixa a expectativa para os próximos livros muito alta.

O trabalho editorial foi muito bem feito e a Editora Planeta conquistou os leitores com essa capa.


Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2hQeGkH

6 Comentários

  1. Estou aqui de boca aberta, sabia?
    Acostumada a ler os livros de vampiros da autora, ver que ela trouxe uma fantasia sim, mas misturada a um romance de época e com uma mitologia diferente, já me deixou encantada.
    Pena que o início é mais lento, mas ainda assim acredito que seja uma boa leitura.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “A poesia contém quase tudo que você precisa saber da vida.” (Josephine Hart)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Também não fiquei muito impressionada com a leitura desse livro, ele realmente tem um enredo muito promissor, mas acho que a autora não conseguiu desenvolvê-lo muito bem, a história ficou meio corrida e com alguns buracos, um casal definitivamente sem química, tomara que os próximos livros da série sejam melhores.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu estava muito curiosa pela trama desse livro. Eu já tenho na minha lista de leitura, a trama é envolvente, tem uma história bem promissor é um entendo ótimo.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Adorei a ssa do livro mas achei um pouco cliche. A garota que foge da vida antiga e se envolve com um cara misterioso. Me lembra muito o livro Kiss of Deception

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Eu não conheço a escrita da autora, e para ser sincera não acho que esse livro vá me prender. Normalmente eu me encanto mais com os personagens, acho que se eles não são interessantes a história acaba ficando chata (isso é meio óbvio né, rs) e li por aí que o casal mal tem química! ... Espero que o desenvolvimento da personagem principal melhore nos próximos livros, vou esperar para dar uma chance a leitura!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carol.
    Eu gosto muito da escrita da autora e já garanti meu exemplar desse livro.
    Só quero terminar outra série dele que estou lendo para depois começar essa!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.