Sinopse - Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Em novembro, Mia viajará novamente para Nova York por motivos profissionais, mas dessa vez o trabalho é diferente. Ela precisará entrar em contato com celebridades — sorte dela que alguns dos amigos que fez em sua jornada estão prontos para ajudá-la!
CONTÊM SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES

No penúltimo livro da  série "A Garota do Calendário", a história de Mia Saunders finalmente está entrando nos eixos. Por conta da publicidade que ganhou ao acompanhar celebridades de várias áreas, Mia acabou sendo convidada para estrear um quadro em um programa televisivo. Além disso, o relacionamento com Wes está tendo grandes progressos após todo o tormento que ele passou. 
Por conta do seu novo programa, Mia e Wes vão passar o mês em Nova York e para a surpresa do casal, eles receberão algumas visitas.
O interessante desse livro é observar como Mia encontrou o caminho para o seu futuro, seja profissionalmente, como romanticamente. Além disso, Mia é uma jovem que cresceu cuidando da irmã mais velha e tendo apenas como apoio a melhor amiga. Após anos sentindo-se solitária e responsável pelos outros, nesse livro ela percebe que tem o apoio incondicional e que a família não precisa ser formada apenas pelos laços sanguíneos.
“Todo dia eu me surpreendia com o quanto amava minha vida e como minha sorte tinha mudado de forma exponencial desde que eu começara a minha jornada, quase um ano antes.
O relacionamento de Wes e Mia também mudou bastante. Em janeiro, a impressão que tive durante a leitura era de que o relacionamento era baseado em atração física, principalmente por parte de Wes. Agora, seja por conta do trauma que ele passou ou por qualquer outro motivo, vemos uma interação mais terna, romântica e menos sexual.
O enredo fala do amadurecimento pessoal da Mia, de suas novas conquistas e de seus planos para o futuro. Sem dúvida, é uma grande melhoria na construção do enredo quando comparado aos últimos, mas saí um pouco da ideia geral da série.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa combina com as capas dos livros anteriores.
“Realmente, acho que é por isso que eu sou grata este ano. Pelo amor. Em todas as suas formas.” 

Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2ytwuIX


Confiram as resenhas dos livros anteriores:
A garota do calendário - Janeiro - Livro 01 - clique aqui
A garota do calendário - Fevereiro - Livro 02 - clique aqui
A garota do calendário - Março - Livro 03 - clique aqui
A garota do calendário - Abril - Livro 04 - clique aqui
A garota do calendário - Maio - Livro 05 - clique aqui
A garota do calendário - Junho - Livro 06 -  clique aqui
A garota do calendário - Julho - Livro 07 - clique aqui
A garota do calendário - Agosto - Livro 08 -  clique aqui
A garota do calendário - Setembro - Livro 09 - clique aqui
A garota do calendário - Outubro - Livro 10 - clique aqui

6 Comentários

  1. Oi Carol.
    Já li a série toda, eu até gostei, mas achei desnecessário ter 12 livros. Eu sei q a ideia era 1 livro por mês, mas a autora começou a divagar na história.
    Nesses últimos 2 livros foi interessante ver a mudança da interação entre Wes e Mia, além da aparição das pessoas que Mia conheceu e pelas quais sente carinho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Carolina!
    Quer dizer que Mia dá uma de cupido com seu acompanhante? Pelo menos está fazendo o bem, né?
    E que final será esse tão intrigante? Fiquei curiosa.
    Desejo uma semana carregadinho de luz e paz!
    “ Inteligência não é não cometer erros, mas saber resolvê-los rapidamente.” (Bertolt Brecht)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Nunca fui muito fan de A Garota Do Calendário. Na verdade não sou muito fan desse gênero. Nem da pegada erotica. Ja tentei ler os livros varias vezes mas nunca desceu

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol!
    Da série eu só li "janeiro" e "fevereiro" e gostei bastante, imaginei mesmo que a Mia ficaria com o Wes e desde o começo já torcia por isso, mas ao contrário de você eu não tive a impressão de que o relacionamento dos dois era só físico, sentia que havia algo mais, mas é mto bom saber que evoluíram ...
    Espero ler os próximos em breve!
    Beijos ��

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu obtenho o primeiro livro da série, não li ainda mas leio varias resenhas e sempre dizem pontos positivos que me faz querer ler ainda mais. Eu gostei desse livro, mostra uma evolução incrível da personagem. Estou ansiosa para inicia a leitura!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  6. Olá! Nos dois últimos meses é possível acompanhar o crescimento da Mia, e do seu relacionamento com Wes também, a série é longa (tem seus altos e baixos), mas acho que vale a pena.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.