Resenha Um Beijo à Meia-Noite - Contos de Fadas # 2 - Eloisa James


Sinopse - Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível. E irritante. A atração entre eles é imediata e fulminante, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo. Um beijo à meia-noite é um conto de fadas inspirado na história de Cinderela. Com um estilo que combina graça, encanto e sedução, Eloisa James escreve uma narrativa envolvente, com direito a fada madrinha e sapatinho de cristal.
Kate é uma jovem que teve uma vida difícil. Sua mãe foi uma mulher de saúde frágil, que vivia mais tempo acamada do que circulando pela casa. Quando ainda era jovem, sua mãe faleceu e seu pai surgiu apenas alguns meses depois com uma nova esposa: Mariana. Não muito tempo depois Kate também perdeu seu pai e Mariana não hesitou em rebaixar o status da jovem na casa.

Apesar de ter sido rebaixada socialmente, tanto os empregados da casa quanto os arrendatários das terras a respeitam profundamente e Kate não conseguiu ir embora sabendo que se deixasse Mariana administrar tudo, tantas pessoas acabariam perdendo seus lares, seus empregos e a pouca estabilidade que possuíam. Então, ela ficou. E aprendeu a administrar as terras, manter os criados empregados e a atender as necessidades dos arrendatários, mesmo quando Mariana gasta todo o dinheiro em roupas caras e extravagantes ou a destrata, dia após dia.

Kate tem uma meia-irmã, a Victoria. Victoria é uma jovem muito bonita, que chama a atenção, mas é um pouco frívola e sem noção. Victoria e o jovem lorde Dimsdale estão romanticamente envolvidos e a jovem está em uma situação complicada, que se descoberta, poderá ser arruinada. Para que o casamento dos dois seja apressado, Dimsdale precisa da aprovação de um tio distante, para que possa receber sua herança integralmente.

Acontece que esse tio distante é o príncipe Gabriel, conhecido por suas conquistas, principalmente de mulheres comprometidas.

Victoria e lorde Dimsdale precisam passar alguns dias no castelo do tio, mas na última hora Victoria feriu o rosto e Mariana exige que Kate se passe pela meia-irmã, cause uma boa impressão e garanta a benção do tio de Dimsdale. Para salvar a reputação de Victoria, Kate aceita o plano maluco da madrasta e vai com Dimsdale direto para a toca do leão.
"Agora, uma nova forma de humilhação: ser vestida como cordeiro quando se sentia um patinho feio. Ela ia superar." (p. 34)
Gabriel Augustus-Frederik William von Aschenberg of Warl-Marburg-Baalsfeld é um príncipe sem pátria, graças a um de seus irmãos, o herdeiro do trono do pai, que acabou se convertendo e expulsando todos os pecadores de seu reino. Ao expulsá-los jogou no colo de Gabriel toda a responsabilidade de cuidar de sua enorme família disfuncional. Gabriel é visto como libertino, conquistador e frívolo, mas poucos são aqueles que sabem o sacrifício que está realmente fazendo para manter a família unida. Gabriel está abrindo mão de seus sonhos para casar-se com uma princesa que tenha um dote grande o suficiente para manter o castelo em funcionamento.

Quando as festanças começam e os convidados chegam em seu castelo, Gabriel sente-se atraído pela pretendente de seu sobrinho, mas é repelido e surpreendido pela inteligência, sagacidade e praticidade de Kate. Quanto mais ela tenta repelir o príncipe, mais ele quer conhecê-la. Mas Kate sabe que mergulhar nessa aventura poderia estragar a reputação de Victoria e destruir o seu coração. Afinal, Gabriel está prometido a uma princesa.

Inspirado em Cinderela, "Um beijo à meia-noite" é um livro delicioso de se ler. Kate é uma protagonista cativante, forte e com uma personalidade apaixonante. Gabriel tem malícia, é engraçado, nada sutil e muito, muito carismático. Com personagens secundários marcantes, como Wick, o fiel escudeiro de Gabriel e Henri, a fada madrinha mais moderna e assanhada de todos os tempos, a história tem muito humor, romance, confusões, reviravoltas e um final de tirar o fôlego!


Confiram as resenhas dos livros anteriores:
Quando a Bela domou a Fera - Livro 01 


Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2BBonPE

3 comentários

  1. Carolina!
    Gosto muito das releituras, embora a Cinderela não seja uma das minhas favoritas...
    É a primeira resenha que leio desse livro e gostei...
    Ganhei ele e estou aguardando chegar para ler!
    Desejo uma ótima semana!
    “ Bendita seja a data que une a todo mundo numa conspiração de amor.” (Hamilton Wright Mabi)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carol.
    Eu adorei esse livro. Me diverti demais com a leitura e achei uma releitura super fofa!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  3. Preciso muito ler esse livro porque quando ele quando a Bela domou a fera eu descobri que era o segundo livro da série que só anteciparam lançamento para lançar junto com filme da Bela e a Fera com Emma Watson mas o primeiro livro da série mesmo é esse da Cinderela

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.