Sinopse - O irmão mais novo da família McCabe usa a espada e a sedução para salvar o clã… e selar seu coração. Por conta do coração jovem e negligente de Caelen McCabe, seu clã quase foi destruído. Agora, priorizando a lealdade à família, ele se compromete a se casar com a noiva rejeitada pelo irmão, Alaric, e, assim, salvar a aliança instável entre os dois clãs. Embora a linda Rionna McDonald seja a esposa perfeita para qualquer homem, Caelen não confia em nenhuma mulher, principalmente naquela doce tentação que o atormenta com um desejo ardente. Como um carneirinho sacrificado no jogo de poder de seu pai, Rionna vai cumprir sua função, mas jura impedir que seu coração e seu orgulho sejam humilhados. Apesar de tudo, o calor do toque de Caelen derrete suas defesas e ela almeja as carícias sensuais de um marido que proteja suas emoções tão ferozmente quanto protege o próprio clã. Contudo, quando chega a batalha final pelo legado McCabe, o espírito guerreiro de Rionna emerge, fazendo-a provocar a ira do pai, a fúria dos inimigos e pôr a própria vida à prova a fim de mostrar a Caelen que o amor de sua esposa é precioso demais para ser menosprezado.
CONTÊM SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES 
Esse é o último livro da trilogia McCabe e tem como protagonistas Caelen e Rionna. Narrado em terceira pessoa, a história irá dar continuidade a última cena do livro anterior, onde Caelen toma o lugar de seu irmão para casar-se com Rionna diante do Rei David.

Rionna está temerosa e humilhada ao mesmo tempo. Temerosa em ter Caelen como marido e líder do Clã McDonald, pois apesar de ser o caçula, ele é aquele que mais a assusta por sua personalidade feroz; humilhada porque ela já foi trocada duas vezes entre os irmãos, como um produto qualquer e se esse casamento não der certo, o seu clã estará em apuros.
"Seu clã poderia ser grande - seria grande - sob a liderança certa. Nunca o foi sob a liderança de seu pai. Ele enfraquecera o nome McDonald a ponto de terem de implorar por ajuda e se aliarem a um clã mais forte." (p. 10) 
As terras do clã McDonald são um ponto estratégico para os McCabe por conta de sua localização próxima à Neamh Alainn, herança de Mairin e objeto de cobiça de Duncan Cameron. Porém, a má administração feita pelo pai de Rionna deixou os McDonalds na miséria, uma situação lamentável para as famílias. 

Rionna não é uma jovem comum. Sendo a única herdeira de seu pai e sabendo o quanto o próprio pai e líder era corrupto, tudo o que ela quer é que seu clã esteja e segurança e abastecido. Mas ela também se preocupa consigo mesma e teme que Caelen poderá magoá-la profundamente. Rionna aprendeu a lutar desde cedo e sente-se mais confortável em calças em meio aos guerreiros do que em vestidos e cuidando do lar. 
"Era ruim o suficiente que ele pensasse ter sido um nobre sacrifício casar-se com a noiva descartada de seu irmão, e ainda tinha de ser um babaca insuportável e presunçoso." (p. 50)
Caelen não queria uma esposa. Após ter sofrido uma grande traição, tudo o que menos deseja é uma mulher, muito menos uma que não seja feminina e que prefira uma espada a ficar em casa. Então, logo depois do casamento, Caelen com a companhia de Gannon, mudam-se para o clã McDonald, onde ele terá que liderar homens desconfiados que podem traí-lo em um piscar de olhos. Seu objetivo é transformá-los em soldados aptos para guerrear contra Duncan e colocar um ponto final nessa discórdia que já tirou inúmeras vidas. 

Apesar de não querer uma esposa, Caelen sente-se muito atraído por Rionna, mas logo de início tenta mudá-la, iniciando uma guerra de vontades que colocará em risco os corações dos protagonistas.
"Ele a humilhara. Não apenas com palavras, mas com ações. Provara a sua incapacidade, e ela cometera o pecado de se permitir se distrair." (p. 35)
Esse livro encerra a trilogia de forma coesa e surpreendente. A autora trabalhou muito bem com as pontas soltas e também explicou a origem da briga entre os McCabe e Duncan Cameron. 

O romance também foi muito bem desenvolvido. Rionna e Caelen tem química e o relacionamento tem altos e baixos, momentos fofos e frustrantes e outros calientes. Outro detalhe importante é que os demais casais, aqueles que foram protagonistas nos livros anteriores, são presença constante na história, assim como personagens que já são conhecidos dos leitores. 

"Apaixonada por um Highlander" é um romance histórico que faz o leitor refletir sobre a importância de ser fiel a si mesmo, a não ceder às pressões sociais para mudar quem é.
"A terceira vez era para dar sorte, certo?" (p. 08)


Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2DWKYDT






Confiram as resenhas dos livros anteriores:
* Atraída por um Highlander - Livro 01
* Seduzida por um Highlander - Livro 02

16 Comentários

  1. Oi Carol.
    É bom saber que o último livro fechou bem a trilogia.
    Ainda não li essa trilogia, mas estou lendo a outra trilogia de highlander da autora e gosto bastante da escrita e dos personagens.
    Em seguida irei ler essa trilogia!
    Adoro quando os outros casais dos livros anteriores aparecem nos próximos livros! Dá para matar um pouquinho de saudades deles.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela, tudo bem? A autora realmente terminou muito bem a trilogia. Espero que leia e venha nos contar o que achou ;)
      Bjkas

      Excluir
  2. Oi, Carol.
    Adorei a sua resenha e agora fiquei bem mais tranquila em investir nessa trilogia!!!
    Já está na lista de desejos!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Fico feliz em saber que gostou da resenha ;) Muito obrigada!
      Bjkas

      Excluir
  3. Carolina!
    Muito bom ver uma série terminar com todas as pontas soltas sendo explicadas, um romance coeso, onde há química entre os protagonistas e ainda traz os protagonistas antigos.
    Amo a autora e seus romances históricos.
    Um carnaval de alegria e moderação e bom final de semana!
    “Quer você acredite que consiga fazer uma coisa ou não, você está certo.” (Henry Ford)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudynalva, tudo bem?
      Acredito que você irá gostar bastante dessa trilogia. Tem todos os elementos históricos que o tornam apaixonante.
      Bjkas

      Excluir
  4. Olá! Realmente essa trilogia é maravilhosa, li os três livros e acho difícil decidir qual é o meu favorito, Caelen e Rionna vão construindo seu romance aos poucos, e isso é muito lindo, mas como você disse tem alguns momentos bem frustrantes, fechou com chave de ouro essa trilogia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elizete, tudo bem?
      Realmente fica difícil escolher apenas um desses irmãos.
      Bjkas

      Excluir
  5. Oi, Carolina!
    Gosto de protagonistas como a Rionna, lutadora que se sente mais confortável em calças em meio aos guerreiros do que em vestidos e cuidando do lar, espero que ela não mude seu jeito de ser só porque Caelen não a aceita do jeito que ela é, aliás, já não simpatizei com o protagonista, não gostei dessa atitude dele, vamos ver se ele conseguirá ganhar a minha simpatia durante a leitura... Valeu pela dica. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Any, tudo bem? Sempre fico feliz quando leio sobre uma mocinha que se mantem fiel a si mesma, mesmo em uma sociedade que não valoriza o sexo feminino.
      Bjkas

      Excluir
  6. Oi Carol! Confesso que estou bem perdida sobre estas série novas....Estou evitando iniciar alguma, antes de poder finalizar algumas que já tenho completa e faltar ler. Sobre esta já ouvi falar e já tenho o primeiro livro na lista de desejados. Bacana saber que gostou do final dela, dá ainda mais vontade de ler ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelli, tudo bem?
      Essa trilogia foi completamente publicada, então acho que fica mais fácil iniciá-la ;)
      Bjkas

      Excluir
  7. Olá!
    Já vi os livros dessa série e são muitos maravilhosos. Eu estou desejando muito ler, as histórias do clan são interessante, só o fato de tratarem a mulher como objeto nessa época que não me agrada muito mas tem uma premissa boa.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lily, tudo bem? Espero que você tenha a oportunidade de ler essa trilogia e venha nos contar sua opinião.
      Bjkas

      Excluir
  8. Oi Carol!
    Li pouca coisa sobre Highlanders e estou bem curiosa quando a essa trilogia. O último livro tem uma história clichê, casal que não quer ficar junto, mais tem uma atração enorme e acaba se apaixonando, acho que o diferencial é que esse ligou todas as pontas soltas e conta mais sobre os dois clãs não é? Minha curiosidade maior é sobre eles, e claro, saber como esse casal vai ficar junto no fim das contas, rs.
    Amei essa capa, da trilogia ela é a mais bonita.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória, tudo bem? A premissa é um pouco clichê mesmo, mas não é assim em casamentos arranjados de época? Ou o casal irá se detestar a vida inteira ou irá tentar desenvolver um relacionamento...
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.