Resenha Batman: Criaturas da Noite - Lendas da DC # 2 - Marie Lu

Sinopse - As criaturas da noite estão caçando a elite de Gotham. Bruce Wayne é o seu novo alvo. Bruce Wayne está prestes a completar 18 anos e herdar a fortuna de sua família, além do controle das indústrias Wayne. No entanto, no dia do seu aniversário, ele faz uma escolha impulsiva e é condenado a prestar serviço comunitário no Asilo Arkham, uma mescla de prisão e hospital psiquiátrico onde estão detidos os criminosos mais desequilibrados da cidade. Lá ele conhece Madeleine, integrante das Criaturas da Noite, um grupo radical que deseja acabar com a elite de Gotham. Até então, a moça se recusava a confessar seus crimes ou informar à polícia os futuros ataques que planejavam, mas ela resolve se abrir para Bruce Wayne, dando início a um perigoso jogo de sedução e inteligência. Será que o jovem Wayne vai conseguir convencê-la a revelar todos os seus segredos ou ela está apenas manipulando-o para arruinar Gotham? Enquanto o golpe final das Criaturas da Noite se aproxima, Bruce percebe que não é tão diferente de Madeleine. E, mesmo longe de se tornar o Cavaleiro das Trevas, precisará provar que está preparado para deter uma das maiores ameaças que Gotham já presenciou.
"Batman: Criaturas da Noite" é narrado em terceira pessoa e tem como protagonista o conhecido Bruce Wayne, prestes a completar 18 anos de idade. A história começa com Bruce a caminho de uma festa beneficente em comemoração do seu aniversário. Lá ele encontra várias pessoas, inclusive seus melhores amigos, Diana e Harvey. Infelizmente nem todos os presentes são pessoas que deixam o jovem Bruce feliz, como por exemplo, Richard Price, o filho do prefeito de Gotham. Richard e Bruce foram amigos por vários anos, mas após perceber que Richard estava se aproveitando de sua boa vontade, os dois foram se distanciando.

Após uma situação incomoda na festa, Bruce vai embora mais cedo e presencia uma perseguição da polícia. Ao perceber que a polícia não conseguirá prender o bandido, ele se envolve na situação e acaba sendo sentenciado a cinco semanas de condicional e serviços comunitários.

Gotham está sofrendo com os ataques das Criaturas da Noite, um grupo que tem como alvo os milionários da cidade. Primeiramente, eles acessam todas as suas contas bancárias e depois o atacam fisicamente. A brutalidade dos ataques tem deixado os cidadãos assustados e o grupo parece estar cada vez mais eficiente.

A responsável pela sua condicional é a detetive Dracon, uma mulher séria e que acredita que Bruce é mais um daqueles jovens ricos mimados. Sua condicional o leva a trabalhar no Asilo Arkham, realizando trabalhos de limpeza. Arkham é um local que abriga os piores criminosos na cidade. É lá que Bruce descobre que a polícia prendeu uma jovem, mais ou menos da sua idade, que faz parte das Criaturas. Infelizmente, a polícia não consegue fazer a jovem falar uma única palavra, o que os deixa frustrados. Mas para a surpresa de todos, a misteriosa jovem, conhecida como Madeleine, fala com Bruce.
"Se o local é uma prisão, diziam os críticos, deveria ser chamado como tal. Se de fato fosse um hospital, deveria ser estruturado como uma enfermaria, uma instituição de saúde mental ou um centro de reabilitação. Em seu formato único de tratamento, o Asilo Arkham parecia o resquício de uma época mais sombria, pertencente ao passado." (p. 41)
Bruce fica intrigado com a jovem e não consegue acreditar que alguém tão jovem é capaz de ter cometido os crimes tão vis pelos quais está sendo acusada. Determinado a descobrir a verdade, Bruce mergulha em um jogo de gato e rato, sem ter a mínima ideia se ele é a caça ou a presa.

Para os fãs de Batman, esse livro é uma leitura imperdível. Vemos esse personagem consagrado em fase de amadurecimento, tentando se encontrar no mundo como pessoa, avaliando quem são os seus verdadeiros amigos e como será sua postura diante dos problemas que enfrenta.

O único detalhe que senti falta foi de uma maior presença do Alfred Pennyworth, o querido guardião do protagonista. Ele tem uma maior participação apenas após a página 150 e é um pouco breve. Lucius Fox, mentor do Bruce na Wayne Tech é um personagem presente na história, com suas invenções incríveis e sábios conselhos.

A forma como a autora Marie Lu desenvolve o grupo Criaturas da Noite faz com que o leitor reflita sobre assuntos sociais atuais, como a dificuldade de acesso a atendimento médico para aqueles que não tem condições de pagar tratamentos ou a forma como a justiça funciona de forma diferente para aqueles que são abastados.

Em relação à revisão, diagramação e layout a Editora Arqueiro realizou um ótimo trabalho. A capa combina perfeitamente com o conteúdo e sem dúvida se destaca. Internamente, existem alguns detalhes no início de cada capítulo que enriquecem ainda mais a trama.
"Os morcegos de Gotham voavam à noite; ao parar e olhar para cima, ele viu uma colônia circundando o horizonte, ávida para dar início à caçada noturna." (p. 103)

Detalhe do início dos capítulos.
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2FxxjoF






Confiram a resenha do livro anterior:
* Mulher-Maravilha: Sementes da Guerra

14 comentários

  1. Olá!
    Bom, não sou muito de livros assim, mas esse me chamou atenção pela história, um mistério bem intrigante e ação. Gostei bastante!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lily, espero que nossas próximas resenhas tragam livros que te agradem mais ;)
      Bjkas

      Excluir
  2. Olá! Apesar do Batman não ser meu super herói preferido, estou muito curiosa para ler esse livro, essa série está muito legal, e os livros mostram outro lado dos heróis, seu amadurecimento em uma fase tão complicada como a adolescência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elizete, qual é o seu herói favorito? Fiquei curiosa rs
      Bjkas

      Excluir
  3. Oi Carol!
    Sim, para os fãs esse livro é um prato cheio sobre a vida de Bruce, e mesmo não sendo meu primeiro herói favorito, achei ótimo o trabalho que a autora fez, nos deixando conhecer como a história do Batman começou. Uma pena Alfred ter aparecido pouco, acho ele tão peculiar!
    Já tenho o primeiro livro da série, o que fala da Mulher Maravilha, ainda não li, mas acredito que irei gostar.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória, qual é o seu herói favorito? Fiquei curiosa rs
      Eu senti falta do Alfred no livro, acho que ele deveria ter um maior espaço na história.
      Bjkas

      Excluir
  4. Oi Carol.
    Não sou muito fã do Batman, então não fiquei curiosa para conhecer essa história.
    Mas, é bom saber que a trama é bem desenvolvida.
    Que pena que o Alfred Pennyworth não está tão presente na história. Ele é um personagem muito importante na vida de Bruce.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela, tudo bem?
      Achei que foi uma boa obra que fala do início do personagem. Afinal, ele ainda não tem a maturidade adquirida com o tempo, mas tem o seu senso de certo e errado.
      Sim, eu fiquei triste com a curta participação do Alfred.
      Bjkas

      Excluir
  5. Este é um livro que já esta na minha lista de desejados!Gosto bastante do personagem e estou cheia de expectativa para poder ler algo que somente vejo.Queria ler mais sofre Alfred.Espero poder conferir em breve! Adoro esta capa ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelli, tudo bem?
      Espero que consiga realizar a leitura e venha nos contar sua opinião ;)
      Bjkas

      Excluir
  6. Carolina!
    Sou super fã do Batman e você está bem adiantada, não é? Lançamento do mês já resenhado, bacana.
    Uma pena que o Alfred tenha ficado um tanto relegado nesse livro.
    E gostei muito de ver que o livro fala do início quase do Batman, ainda com 18 anos e tentando se fortalecer e impor, adorei.
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, tudo bem?
      Tive uma folguinha e consegui adiantar a leitura assim que o recebi rs.
      Bjkas

      Excluir
  7. Oi, Carol.
    Meu livro chegou ontem e estou animadíssima para conhecer essa história!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Acredito que irá gostar bastante do livro ;)
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.