Sinopse - Christopher Ulric é o conde de Kent e alfa da alcateia inglesa. Ele encontrou sua companheira em um baile, mas as coisas não saíram como deveriam.Resignado, ele voltou para casa e se dedicou inteiramente a sua produção de vinhos, mas o que não esperava é que Evellyn, sua corajosa companheira, cairia em seus braços novamente. Em meio aos dramas e perigos, ela descobre quão brutal seu lobo pode ser. Será que Christopher conseguirá convencê-la a se transformar em loba, para que possam viver sua história?
 "O Conde Lobo" é narrado em terceira pessoa e se passa inicialmente em Londres, no ano de 1870, quando Christopher Ulric, alfa da alcateia de Kent, junto com o seu beta Thomas em uma festa da sociedade londrina e encontra sua companheira: uma humana deslumbrante de apenas 18 anos de idade.
Apesar do júbilo de ter encontrado sua alma gêmea, ele sofre um grande baque ao descobrir que ela já é casada com um homem 25 anos mais velho.
Três anos se passam e a história migra para o condado de Kent, onde Evellyn se vê em frente a um casarão abandonado e caindo aos pedaços, acompanhada de sua criada Maggie. Acontece que o marido de Evellyn faleceu, o que seria algo fantástico para a protagonista se não fosse seu enteado. Após um casamento horrível, com um marido infiel e bruto, Evellyn estava a um passo de conseguir sua liberdade, mas seu enteado Rupert fez de tudo para que ela se casasse com ele. Controlando os bens do pai, ele "generosamente" cede a mocinha uma propriedade para que ela tenha sua desejada liberdade. 
Mal sabia Rupert que ele acabou jogando Evellyn direto nos braços de seu companheiro, pois a propriedade fica bem no meio das terras do conde de Kent, Ulric.
Ao perceber que sua amada está perto e é viúva, ele fará de tudo para mostrar a Evellyn que ela pode encontrar sua liberdade e sua felicidade ao lado dele.
O conto é um ótimo complemento para a série, pois traz elementos que não são vistos na história central e personagens tão carismáticos quanto aqueles que vamos acompanhando nos livros principais.
Evellyn é uma jovem inteligente, que está determinada a alcançar sua liberdade. Cansada de ser uma mercadoria, primeiro por parte do pai, depois do marido e agora pelo enteado, a protagonista de 21 anos de idade quer ser dona do seu próprio caminho.
O condado de Kent é o local onde a alcateia de Ulric mora, então observamos seu cotidiano, seus hábitos e a forma como eles são leais e amorosos.
"Eles ficaram aturdidos, se olhando por um momento longo, porque estavam espantados com o que um simples beijo poderia causar e Evellyn, nunca tinha sido beijada daquela maneira e pensou que somente ele poderia fazê-lo." (p. 73)
A revisão, diagramação e layout foi muito bem feito. Apenas um errinho foi encontrado na página 125. A capa é simplesmente deslumbrante.
"E pela primeira vez, ele a viu rir livremente, com o rosto iluminado. Sua risada era deliciosa, e atingiu seu coração em cheio, como uma carícia." (p. 85) 






Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2Gl2Adx

Confiram as resenhas dos livros anteriores:
* A Herdeira - Livro 01 - clique aqui
* O Despertar - Livro 02 - clique aqui
* Quando os lobos choram - Livro 03 - clique aqui
* O Alfa de Alamus - Livro 04 - clique aqui
* O lobo solitário - Conto - clique aqui
* O Regresso - Livro 05 - clique aqui

7 Comentários

  1. Olá! Já li tantas resenhas dessa série, que está difícil esperar a chegada dela na minha lista, acho que vou ter que iniciá-la o mais rápido possível, gostei bastante dessa mistura sobrenatural e romance de época, apesar de jovem, Evellyn já sofreu bastante, o que, infelizmente, era bem comum para as mulheres daquela época, a capa é realmente linda.

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não sabia sabe sobre esta série ( mesmo), creio que por envolver lobos, não é um tipo de tema que me desperte a curiosidade.E aparentemente é uma série grandinha. Mas de fato a capa é linda.

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol.
    Não fiquei interessada em ler esse conto, pois não li nenhum dos livros anteriores e estou um pouco saturada de fantasias com lobos.
    É bom saber que é um conto que agregou detalhes e curiosidades à série em geral, como o condado de Kent e a personalidade de Evellyn.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Carolina!
    Nossa! Como amo os livros com lobos e saber que Ulric vai ter a oportunidade de conhecer melhor sua amada eterna e Evellyn de ser explorada, achei fantástico.
    Não li a série e fiquei curiosa.
    Um maravilhoso final de semana!
    “Acredite que você pode, assim você já está no meio do caminho.” (Theodore Roosevelt)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler a série Os Lobos de Ester, mas confesso que a trama de  O Conde Lobo não me atraiu, não fiquei curiosa para saber mais sobre a história de Christopher e Evellyn, mas quem sabe depois de ler os outros livros dessa série eu acabe me interessado e decida ler esse conto?!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol!
    Você já havia me surpreendido com uma das resenhas anteriores, a época em que esse livro se passa, na minha visão, é muito bonita, e claro, são lobos protagonistas, como não se encantar com algo tão diferente? De fato, a capa está deslumbrante, não só isso, a história toda conseguiu me conquistar.
    Amei ❤️
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não sou muito de contos, mas alguns me agrada bastante. Esse tem uma premissa muito boa e me deixou bem curiosa para o final da trama.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.