Resenha Nacional A Senhora dos Mortos - As Crônicas dos Mortos # 3 - Rodrigo de Oliveira


Sinopse - Um ser humano dotado de um dom extraordinário, ao ser contaminado por zumbis, se transforma no maior flagelo da humanidade. Sua memória, dos últimos momentos humanos, está mais viva do que nunca. E, agora, tudo o que ela quer é vingança e destruição. Aqui se desenrola a jornada de uma líder do mundo zumbi, formando o seu exército a partir da cidade de Canela, e atacando os focos de resistência em Porto Alegre rumo à São José dos Campos. E, a cada lugar por onde passa, cresce o número de seguidores. ... Assim começa uma vertiginosa corrida contra o tempo para impedir que sua força se torne indestrutível, decretando o fim dos humanos na Terra. Aqui os sobreviventes do apocalipse zumbi tentarão coordenar uma ação conjunta para tentar descobrir algum ponto fraco e destruir A Senhora dos Mortos antes que seja tarde demais. Se lutar contra bandidos bem armados em A Batalha dos Mortos foi tenso, aqui você vai descobrir o que é enfrentar um ser dotado de poderes para destruir o que restou de uma terra já arrasada.
CONTÊM SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES
Após os acontecimentos do último livro, "A Senhora dos Mortos" irá apresentar ao leitor a trajetória destrutiva de Jezebel, a irmã gêmea de Isabel. As gêmeas possuem algumas habilidades inusitadas, como mover alguns objetos com a mente ou ler a mente de outra pessoa, o que é uma grande vantagem em um mundo dizimado pelos zumbis. Enquanto que Isabel conseguiu abrigo no Condomínio Colinas que está sob a liderança de Ivan e Estela, Jezebel não teve a mesma sorte. Ela estava cercada de zumbis e Ivan tomou uma decisão que mudou o rumo de tudo: ao não ajudá-la, Jezebel transformou-se em um zumbi especial, provido de inteligência e com os poderes ampliados. 
Jezebel tornou-se "algo" cheio de ressentimento, raiva e sentimentos de vingança. Mais do que isso, Jezebel acredita que tornou-se um Deus, capaz de controlar os outros zumbis e seu objetivo é massacrar a raça humana. 
Em São José dos Campos, no Condomínio Colinas, Ivan e Estela estão lidando com problemas. Estela está com seis meses de gestação, uma gestação de risco que a obriga a ficar em repouso absoluto, enquanto que começam a surgir indivíduos insatisfeitos com a liderança do casal no meio dos três mil sobreviventes que vivem no complexo.
Conhecemos nesse livro Fábio Zonatto, um franco atirador que acabou perdendo sua amada família no início do apocalipse. Sua paranoia e falta de compaixão o tornam um homem duro, sarcástico e invejoso daqueles que ainda tem seus amados ao redor.
Gisele é uma personagem que vem crescendo a cada livro. Após sofrer no cativeiro e ser violentada inúmeras vezes pelo maligno Heraldo, a jovem está abrindo seu coração, tentando vencer seus medos com a ajuda dos médicos e de Isabel. É uma trajetória árdua, mas muito bonita, pois demonstra a esperança em meio a tempos sombrios.
Mariana é outra personagem que se destaca nesse livro. Vemos sua trajetória dolorosa, quando precisou machucar pessoas amadas que haviam se transformado, mas mais do que isso, ela precisou ser corajosa o suficiente para tomar uma decisão que a marcou para sempre. Agora é uma hábil soldado, capaz de entrar em uma luta e sair vencedora. 
Isabel está sofrendo a perda da irmã e do namorado. Sua dor a leva a culpar Ivan. Afinal, a decisão final em relação ao resgate foi dele. Seu conflito interno começa a deixar a personagem amargurada.
Alternando entre a trajetória de destruição da Jezebel e a história de alguns dos personagens, "A Senhora dos Mortos" apresenta um enredo recheado de ação, mas que também debate sobre a humanidade em si. Vemos muitos personagens que mesmo em meio a um mundo caótico e apocalítico, lutam pelo poder, são gananciosos e infligem o mal por prazer. 
"Ela apenas começava sua vingança, a cada avanço do seu exército se multiplicava numa proporção incontrolável. A desvantagem dos zumbis, sua falta de organização fora resolvida com sua liderança. O pequeno equilíbrio, que permitiu a sobrevivência dos humanos, fora derrubado. E daqueles sobreviventes, nenhum foi poupado." (p. 15)
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: http://amzn.to/2CKQGr1







Confiram as resenhas dos livros anteriores:
* Elevador 16 - Conto - clique aqui
* O Vale dos Mortos - Livro 01 - clique aqui
* A batalha dos mortos - Livro 02 - clique aqui

12 comentários

  1. Olá! Esta aí um enredo que não chama muito minha atenção, não sou grande fã de zumbis, acho bacana um autor nacional que aborde esse tema, pois demonstra que temos bons autores para todos os gostos e públicos, mas essa é uma série que eu não leria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elizete, tudo bem? Quem sabe as próximas resenhas tenham uma temática que te agradem mais.
      Bjkas

      Excluir
  2. Oi Carol.
    Faz tempo que não leio nada sobre zumbis. Achei bem inteligente o autor tornar a Jezebel um zumbi mais poderoso. Isso pode mudar um pouco as coisas.
    Parece que nessa continuação podemos acompanhar o amadurecimento de vários personagens e isso é sempre algo positivo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela, tudo bem?
      Sim, o autor trouxe um diferencial, uma "evolução", por assim dizer nesse livro.
      Bjkas

      Excluir
  3. Olá!
    Gosto muito de coisas que envolve zumbis, principalmente filme. A trama é bem envolvente, mostra uma premissa boa e mendeixou bem curiosa.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lily, tudo bem? Que bom que gostou. Quem sabe você não lê a série e vem nos contar sua opinião?
      Bjkas

      Excluir
  4. Sou super fã de zumbis e desde o lançamento desta série sempre tive MUITO interesse em poder realizar a leitura, pois sempre li resenhas muito positivas sobre ele.Ainda não tenho nenhum dos livros, mas quero muito poder iniciar este ano, primeiro quero terminar a série de TWD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelli, tudo bem? Zumbis é sempre um tema que se destaca, não é? Quem sabe você não lê a série e vem nos contar sua opinião?
      Bjkas

      Excluir
  5. Oi Carol!
    Conheço um pouco sobre a série e sei que ela tem vários fãs, como não gosto de histórias com zumbis (seja em cinema ou livros) não tenho a intenção de ler, mas não dá para negar como é bem escrito, e o autor também soube mostrar como a humanidade lida com o caos. Outro ponto que achei legal foi a ambientação ser feita no Brasil, um ponto positivo para a história.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória, tudo bem? Quem sabe as próximas resenhas tenham uma temática que te agradem mais.
      Bjkas

      Excluir
  6. Carolina!
    Embora não tenha lido nenhum dos livros dessa série, já tive oportunidade de ler um outro livro do autor e fiquei estarrecida, imagino que esse siga a mesma escrita e proporcione ao leitor muita 'bagaceira' e a ira de Ivan.
    Quero poder ler.
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, se tiver a oportunidade, leia mesmo essa série. Acho que é uma série nacional de zumbis muito boa.
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.