A Leia.Seja. é uma campanha realizada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros para valorizar o livro e seu papel transformador na sociedade.

Hoje, dia 23 de abril, é o dia mundial do livro e nada melhor do que falarmos sobre os livros que marcaram a nossa vida para comemorar esse dia tão maravilhoso.

Cresci ouvindo meus pais lendo as histórias da Disney quando era criança. Na época (já faz um tempinho), os livros vinham com uma fita cassete (pois é, eu cresci nesse período), onde o livro era narrado de forma espetacular. Era absolutamente maravilhoso acompanhar as imagens com uma narrativa envolvente, sons ambientes e muito mais. Foi assim que eu mergulhei no mundo literário.

Durante a adolescência eu tive a sorte de estudar em uma escola que ficava apenas a cinco minutos de distância da biblioteca pública. Praticamente todos os dias depois das aulas, eu passava na biblioteca e levava um livro para casa. Foi nesse momento que eu conheci Stephen King, Sherlock Holmes,Robin Cook e Agatha Christie, autores que me acompanham até hoje. 

Também foi durante a adolescência, na época do vestibular que eu me envolvi com os clássicos tanto nacionais quanto internacionais: Clarice Lispector, Luís de Camões, João Guimarães Rosa, Jane Austen e tantos outros.

Os anos foram passando, eu continuei lendo e abrindo a imaginação. Comecei a seguir blogs literários, editoras e me tornei uma leitora assídua.

Fanpage: www.facebook.com/leiaseja/

Espero que tenham gostado do post e que nos contem a história de vocês!

5 Comentários

  1. Oi Carol.
    Adorei saber sobre como você se tornou leitora. Que linda a sua história.
    Eu também tinha essa coleção de livros da Disney. Adorava as ilustrações.
    Eu lia um pouco na escola, mas fui pegar gosto pela leitura mesmo quando estava na faculdade quando uma amiga me emprestou a saga Crepúsculo em 2012. Desde então, não parei de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol,
    Que delícia... Também peguei a época dos fitas cassetes e amava, tem histórias que levo comigo até hoje!
    Eu comecei lendo gibis, amava, logo depois, na escola, lia os do Pedro Bandeira, gostava tanto que teve alguns que reli mais de quatro vezes em um ano, até porque as opções eram poucas! Com isso veio Crepúsculo, Harry Potter, Percy Jackson e assim foi indo, aaaah, não posso esquecer dos romances de banca kkkk ou posso dizer, os cinquenta tons de banca!!! Li muitos e muitos deles, e isso me abriu ainda mais para os romances que hoje é meu gênero mais do que favorito!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu não cresci tendo o hábito da leitura. Por volta dos meus 11 anos, eu li poucos livros, por incentivo de uma das minhas tias, que me emprestou eles (e um, ela me emprestou de um primo meu), embora ela não seja uma leitora assídua.

    No entanto, eu não me tornei de fato, uma leitora assídua. Comecei a ler pra valer quando eu tinha 14/15 anos, e desde então, não parei de ler!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu comecei a ler aos poucos, quando criança gostava muito dos livros infantis (quem não, né) e conforme fui crescendo, foi aumentando meu amor pelos livros, e depois de ler O menino no Espelho (minha primeira grande leitura), não parei mais, adoro as possibilidades que só um bom livro pode nos trazer.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Carol.
    Adorei saber mais sobre sua trajetória com os livros!!
    Que bela história de amor!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.